sexta-feira, julho 06, 2007

POEMA









Breves instantes,
Foram suficientes para mim.
Como aquela fracção de segundo me marcou.
Voltei a olhar mas já lá não estava.
Não me senti desconsolado.
Fiquei satisfeito.
Apenas um olhar.
Apenas um segundo.
Valeu a pena.
Somos feitos destes segundos.
Segundos deslumbrantes.
Que nos estimulam.
Deixam-nos expectantes,
Porque a vida..
A vida é feita de instantes.

3 comentários:

Miss Alcor disse...

Que lindo Bernardo.
E que verdadeiro... são mesmo os pequenos instantes que fazem as nossas vidas. Nunca os grandes feitos, mas as coisas pequeninas!

Anónimo disse...

Acreditas no amor á primeira vista ou seja ao primeiro olhar
touaqui42

Bernardo Moura disse...

Caro touaqui42,
só acredito naquilo que vejo e sinto. Não sei se um dia tal sucederá.
Os meus poemas não são própriamente, "cenas" que passei. Têm sempre a sua parte de ficção.
Abraço