segunda-feira, julho 30, 2007

Noticia cá da terra

Rede traficava haxixe e drogas sintéticas na área de Santo Tirso


"Um grupo de indivíduos despertou na manhã de ontem com a presença de elementos da GNR em suas casas, para procurarem a droga que, alegadamente, sustentaria a sua actividade de tráfico, na área da cidade de Santo Tirso. Na acção policial, a que as autoridades deram o nome de "Operação Esponja", foram detidos seis indivíduos suspeitos de tráfico de estupefacientes e apreendidas doses consideráveis de haxixe e drogas sintéticas.

Os indivíduos, cinco homens e uma mulher, tinham entre 18 e 25 anos e estavam já a ser investigados pelas autoridades há cerca de seis meses. No decorrer da investigação, os militares do Núcleo de Investigação de Crimes de Droga de Matosinhos apuraram que o grupo detido actuava em conjunto no tráfico de estupefacientes, sobretudo drogas sintéticas, e seriam os responsáveis por abastecer as "raves" (festas com música electrónica, que duram até de madrugada e são, maioritariamente, frequentadas por jovens) daquelas drogas. Segundo fonte policial, o grupo detido estava muito bem organizado e estruturado, sendo que cada um dos membros tinha o seu papel na rede. Dois deles eram os cabecilhas que orientavam o tráfico, três procediam à venda dos produtos estupefacientes e o outro seria quem guardava a droga.

Na "Operação Esponja", que teve início às 07.00 horas da manhã de ontem, a GNR efectuou seis buscas domiciliárias, na área de Santo Tirso, das quais resultaram as seis detenções, em flagrante delito. Na acção policial, os militares apreenderam 1950 doses de haxixe, 205 doses de liamba, 72 de cocaína, 870 pastilhas de ecstasy, 2650 de anfetaminas e 360 selos de LSD. Para além da droga, foram também apreendidas 52 munições, duas pistolas de calibre 6.35 milímetros, seis telemóveis, dois mil euros em dinheiro, um veículo ligeiro de passageiros e quatro balanças de precisão.

Segundo as autoridades, a operação, que envolveu 34 agentes dos destacamentos de Santo Tirso, Matosinhos e Gaia, terá sido "um grande golpe no combate ao tráfico de droga naquela região". Os seis detidos vão ser presentes amanhã a tribunal para um primeiro interrogatório judicial, sendo que três dos detidos tinham já antecedentes criminais pela prática do mesmo crime." Elsa Touceira

(noticia jn)


Antes de mais... bom trabalho.
Mas agora é ver quem vai ocupar o lugar destes. É o costume... Ou não funcionasse o tráfico com regras económicas básicas de procura e oferta. Enquanto houver procura vai sempre existir alguém a oferecer... E se para já a procura vai ser muito superior a oferta, com os preços a disparar, logo aparecerão outros miúdos atraídos pelo lucro fácil de distribuir a matéria entre os amigos e conhecidos até serem apanhados.

... é uma observação entre muitas possíveis...

1 comentário:

Bernardo Moura disse...

Infelizmente é assim que funciona e funcionará. A resolução é tão mas tão complexa que teria que estar aqui a escrever um texto que seria massador e que toda a gente já conhece o seu conteudo.
Abraço