segunda-feira, julho 30, 2007

Ferocactus Mente Captus

Hoje apresento vos o Ferocactus Mente Captus, vulgo jardim. Está fortemente enraizado na ilha da Madeira, apesar de não ser original da ilha esta espécie é já a mais popular na ilha pois a sua disseminação afastou muitas das espécies autóctones. Não se sabe muito bem como esta planta foi parar ao arquipélago mas tudo indica que tenham sido os primeiros colonos portugueses a levar a espécie para as ilhas, com que objectivo ainda não se sabe.

Este jardim é ao que tudo indica da família do vulgar bush (arbusto) norte-americano(que também não é local), que não sendo muito similares fisicamente o cheiro que emanam é bastante pestilento.




9 comentários:

Bia disse...

Este homem provoca-me náuseas!!! Já nem o posso ver nem ouvir!!
Palhaço!

Bernardo Moura disse...

É uma boa analise. Realmente esta especie é a das especies que não estão em vias de extinção, pelo contrário e é pena.
Ainda bem que não moro nem na Madeira nem nos E.U.A. Claro que não seria pelos seus habitantes mas sim por culpa dos mutantes.

pinguim disse...

Comungo totalmente dos dizeres deste post. "E não se pode exterminá-lo?"

Bernardo Moura disse...

Parece que os madueirênces num quêrem qu`ele suaia.

António Sabão disse...

Pois não, até gostam da "planta":(

Bernardo Moura disse...

É mesmo.:(

RIC disse...

Há muita erva daninha neste mundo!... Isto está a precisar de uma desinfestação em grande e à maneira! Ai está, está!...

Eduardo Ramos disse...

Ferocactus Mente Captus -> Genial!

Mas enquanto houver adubo como o que está à sua direita, da marca Mendes&Cia, não acaba a peste.

Barrigas disse...

Adubo não... estrume, que que enaltece o cheiro da planta.
:)