segunda-feira, março 16, 2009

BOTA SENTIDO



Os cães nem sempre mijam na rua.
A cinza nem sempre cai no cinzeiro.
As cabras nem sempre fazem "mée".
A minha cadela mia quando se espreguiça. Isso preocupa-me.
Os dentistas nem sempre são maus.
Nem sempre há coisas para dizer.
Jogar ás damas é divertido. Mesmo que percamos com miúdos de 5 anos.
Por vezes a carne de porco sabe a vaca.
Ás vezes dói a barriguinha.
As salsichas de soja sabem MAAAAAAAAL.
Nem toda a gente sabe pintar.
Nem todos os carros são verdes.
Nem tudo o que luz é ouro. Ás vezes é lâmpada.
Se a vida te dá anões, faz construções.
Quem tudo quer, não é burro.
Entre marido e mulher, mete o que te apetecer.
Em casa de ferreiro, tudo porreiro (pá).
Em Abril, construção civil.
Indo eu, indo eu, a caminho de Viseu, encontrei um passarinho, que me cagou e me f...lixou.
Onde cabem cinco, cabem cinco.
Em casa onde não há pão, não vale a pena ter manteiga.
Diz-me com quem andas, dir-te-ei que não me interessa.
Há mar, há mar, há ir e afogar.
A galinha da vizinha é melhor que a vizinha.
A vozes loucas, XANAX com elas.
Ladrão que rouba ladrão é um bocado cagão.
Mais vale um pássaro na mão, do que dois a cagar.
Finalizando, vou andando, que esta vida é um putedo, senhor Alfredo!






Oh meu Deus, escrevi um palavrão...... Foda-se!





Dois! Merda!


Aaaargh, ca****.



Parou.

Silenciou.

Publicou.

Desligou.

12 comentários:

stériuéré disse...

Foscasssssssss

Não tá aqui mentira nenhuma!
Davas uma óptima politica!
Xanax com elas !

Jg disse...

Gostei do texto Andreia.

Jg disse...

Gostei do texto Andreia.

cassamia disse...

ahahahya

tu não te passa o quanto me ri, por dois motivos andreia, primeiro claro pelo que escreves, que sempre me entusiasma pelo que lá escondes e subentendes, depois porque a puta da mania que tenho, por defeito de profissão, de ser detectora de erros ortográficos, esteja onde estiver, me levou a uma situação que já vivi contigo e com o teu amigo claudinho mas que nao sei porquê nao apareceu no teu blog A Tua Amiga.
no blog do claudinho ele corrigia-te por causa de um 'à' que tu tinhas escrito, dizendo ele que deveria ter sido escrito'hà', acusando-te de perderes tempo e mandando-te para a escola, dando uma de superior nojento como só ele sabe fazer. mas não é que o energumeno também errou? ahahaha quanto me ri.
teve depois um gajo que o corrigir a ele, pelo que com o rabo entre as pernas o claudinho deve ter engolido o que te disse e a vergonha de conseguir ainda ser mais burro que duas portas ahahahaha
prontus, este testamento é puke gosto mesmo munto de te ler com ou sem à/hà ahahahahaha

Alexandre disse...

Bom texto ;)

Mais vale um pássaro na mão que dois a cagar. Demais :)

isis erzsébeth báthory disse...

é mesmo isso, bota sentido...

Horushu disse...

Muito, muito giro! Tudo de bom, Andreia.

Miriamdomar disse...

Eu nunca boto sentido !
É melhor assim ,sentido desta maneira!
Tem mais piada! eheh:))

Diabba disse...

:D

Mais um bocadinho e esgotavas os palavrões! (bocadinho se conheceres poucos) hihihihi

enxofre

Horushu disse...

"A galinha da vizinha é melhor que a vizinha."
Hehehe está demais!
Tudo de bom,
Jorge

luatriste disse...

"casa onde não há pão não vale a pena ter manteiga",Bem podes sempre ter fiambre ou queijo,mas realmente é melhor com manteiga!
Fizeste-me rir com este post,era mesmo o que estava a precisar!
Beijinho.

Luana disse...

Gostei de tudo mas a que achei mais piada foi:"Mais vale um pássaro na mão do que dois a cagar"
tá bem fixe ehehe!Bjo