terça-feira, março 06, 2007

ANEDOTA!


A família comia tranquilamente quando, inesperadamente, a filha de 10 anos se sai com esta:
- Tenho uma má notícia... Deixei de ser virgem! E começa a chorar, visivelmente abatida, com as mãos no rosto e um ar de vergonha.
Um silêncio sepulcral. E os pais começam a trocar acusações mútuas...
- Tu, sua filha da pu#$! (Marido dirigindo-se à esposa). Isto é por tu seres como és! Por te vestires como uma pu#$ barata e te arreganhares para o primeiro imbecil que chega aqui em casa. Claro, com este exemplo que a menina vê todos os dias...
- E tu também!!! (Pai apontando para a filha de 25 anos) sempre agarrada no sofá a lamber aquele filho da pu#$ do teu namorado que é mais gay que outra coisa! Tudo na frente da menina!! A mãe não aguenta mais e explode.
Vira-se para o marido e diz:
- E tu meu camelo? Gastas metade do salário com *utas e despedes-te delas à porta de casa? Pensas que eu e a menina somos cegas? E além disto que exemplo é que lhe podes dar se, desde que assinaste a me"#$ da TVcabo, passas todos os fins-de-semana a assistir filmes porno de quinta categoria, com *utas e cavalos e depois acabas por bater dezenas de punhetas com direito a todos os tipos de gemidos e grunhidos? Desconsolada e à beira de um colapso, a mãe, com os olhos cheios de lágrimas e a voz trémula pega ternamente na mão da filhinha e pergunta baixinho:
- Como foi que isso aconteceu, filhinha? E entre soluços a menina responde: A professora tirou-me do presépio! E a virgem, agora, é a Ana e eu vou fazer de vaquinha!!

4 comentários:

Ferreira dos Santos disse...

Muito BOA, amenina!
Então e o logotipo? Ficou pra LOGO?!
abraço

Paulo disse...

Eh eh eh, essa está muito boa!

Se me permites, aqui vai outra:

Uma mulher viajou por dois dias para visitar uma amiga doente e, quando regressa a casa, o filhinho abraça-a dizendo:

- Mãe, mãe, adivinha o que aconteceu?!

-...

- Ontem, enquanto eu estava a brincar dentro do teu armário, o pai entrou no quarto com a nossa vizinha, eles tiraram a roupa, deitaram-se na cama, o pai saltou para cima dela e...

A mãe tapa a boca do filho com a mão e diz:

- Não digas mais nada agora, meu filho. Vamos esperar que o teu pai
volte e repetes isso, OK?

O pai volta do trabalho e a mulher atira-lhe à cara:

- Vou-me embora. Vou fazer as malas e vou-me embora.

- Mas porquê???

A mãe volta-se para o filho e diz:

- Fala, filho. Conta agora aquilo que me contaste antes.

E o garoto:

- Ontem, enquanto eu estava a brincar dentro do teu armário, o pai entrou no quarto com a vizinha, tiraram a roupa, deitaram-se na cama, o pai saltou para cima dela e eles fizeram igualzinho ao que tu e o tio Beto fizeram, quando o pai viajou no mês passado...

Bernardo Moura disse...

Caro F´Santos,
ainda não consegui colocar porque não encontro a zona do "template" em que devo colocar.
Abraço!

Caro Paulo,
Gostei!
Abraço!

Anónimo disse...

Isso é que foi um lavar de roupa suja numa comédia doméstica á portuguesa.
Coitáda da cachopa , de virgem para vaca e ainda leva uma retórica daquelas familiares.
Aquela do menino escondido também está porreira , toma lá que já almoçastes , para a próxima deixas a criança falar até ao fim.
touaqui42