quarta-feira, março 28, 2007

DÚVIDA


Existe uma empresa que funciona da seguinte forma.
Para nos tornar-mos clientes dela temos de ter uma garantia bancária de 3.000,00€, que se reflecte num pagamento trimestral ao banco de mais ou menos 25€.
Após aceitarem-nos como clientes começam aenviar o material que lhes apetece e facturam logo, só na altura da retoma de materiais não vendidos é que fazem o devido crédito.
Todas as semanas, tem que se pagar com um cheque traçado e escrito na zona “a ordem” …-Não à ordem.
Esta empresa está sempre a cometer enganos nos créditos e depois exige ao cliente que mandem os pedidos de correcção via fax e só ai vão analisar o suposto erro. Após analise é que efectuam o crédito passado umas boas semanas.
Estão constantemente a faltar na entrega de artigos que são de colecção e obrigam os clientes a gastar fortunas em telefone.
Enviam muito material danificado e quando é mandado para trás argumentam que não tinham entregue assim o artigo, ou seja que o cliente é que danificou o artigo.
Esta empresa tem o monopólio do mercado em que está inserida.
O que é que o cliente deve fazer?

9 comentários:

Paulo disse...

A melhor entidade de defesa do consumidor é a DECO.
Já percebi que não queres divulgar o nome, mas não podes dar uma pista quanto ao tipo de serviço que essa empresa presta?

Bernardo Moura disse...

Para já não.Porque ficaria logo a saber o nome da empresa e não o posso dizer.
A DECO infelizmente nada fará porque existem muitos interesses para que esta empresa funcione.
Abraço

Ferreira dos Santos disse...

O cliente pode mandá-los à merda?
abraço

Paulo disse...

Sendo assim, nada melhor que pedir aconselhamento jurídico ;)

Bernardo Moura disse...

Caro António o cliente até pode mandá-los prá puta que os pariu mas fica é sem os artigos porque eles têm o monopolio destes artigos.
O problema reside aí.
Abraço

Bernardo Moura disse...

Caro Paulo,
é o que escrevi ao António, o problema reside no facto de terem o monopolio dos artigos e o cliente não poder recorrer a mais lado nenhum a não ser deixar de ser cliente deles e não apostar mais na venda desses artigos.
Abraço

lino disse...

E era isso que talvez devesse fazer. Afixando na loja um cartaz bem grande a dizer. "Não vendo artigos da empresa... porque:
Envia artigos estragados e diz que fui eu;
Faz-me pagar esses artigos com língua de palmo;
etc"

Miss Alcor disse...

Eu também ía sugerir a DECO, mas já vi que não!
E uns cocktails Molotov nos vidros!!! Achas que pode resultar? (desculpa lá, mas estas cenas enervam-me...!)

Bernardo Moura disse...

É uma situação muito complicada.
Vou avaliar a fundo os Prós desta empresa e talvez o "cliente" a mande dar uma volta.
Abraços