terça-feira, março 13, 2007

POEMA

Ar que respiro
De onde vens?
És bom o suficiente
Para entrar no meu retiro?

Ar que respiro
Andam-te a bater?
És forte para combater
A quem te quer mal?

Ar que respiro
Tens medo de morrer?
Não achas que deves
Ter direito a continuar a viver?

Ar que respiro
Precisas de ajuda?
Queres que alguém
Te ajude e te dê ternura
?


Bernardo P. Medina Moura
03/2007

2 comentários:

GMaciel disse...

Bravo! Gostei do que li, o tema e como o desenvolves está excelente.
Quero ler mais, Bernardo.
beijos e força
;)

Bernardo Moura disse...

Obrigado Graça!
Beijos