sexta-feira, fevereiro 27, 2009

POST ABERTO

ESPAÇO ABERTO!

VALE TUDO!

MENOS PONTAPÉS NOS T..! :)

117 comentários:

Bernardo Moura disse...

Um chinês entra num bar em NY e quando vê o Steven Spielberg, pensa:

- Olha o Spielberg! Gostava de o conhecer...

No entanto, quando o conhecido realizador de cinema passa por ele,
espeta-lhe um valente murro na tromba... Sem mais nem menos!

- Então?!? Mas que foi isso? - pergunta o chinês.

- Vocês, japoneses, mataram o meu avô quando bombardearam Pearl Harbour...
responde o Spielberg.

- Mas eu nem sequer sou japonês. Sou chinês!

- Chineses, tailandeses, japoneses... para mim é tudo a mesma coisa!


O Spielberg já se ia embora quando o chinês se chega ao pé dele e
dá-lhe com uma cadeira nas costas.

- Então?!? Que porra é essa? - pergunta o Spielberg.

- Estúpido americano! Tu mataste a minha avó quando afundaste o Titanic!

- Mas eu não afundei o Titanic. Foi um iceberg!

- Iceberg, Carlsberg, Spielberg... para mim é tudo a mesma coisa!

Andreia Vilhena disse...

Esta manhã, e como é habitual na casa do treinador do Sporting, a mulher do PAULO BENTO diz:


-Acorda Paulo que já são 6.


-O quê? Já marcaram outro?

Andreia Vilhena disse...

Depois de meio século de matrimónio ele morreu.

Pouco tempo depois também ela se foi para o céu ...
No céu encontra o marido e corre rápidamente para ele e diz :
Queriiiiiidoooooo!!! Que bom encontrar-te !!!!

Ao que ele responde :
Não me fodas Cristina! O contrato foi muito claro :
ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE !...

Bernardo Moura disse...

Aproveitando a ausência dos patrões, "Craudete", a empregada africana, fofoca com uma amiga de Angola ao telefone:
- Maria, aqui nesta mansão é tudo fachada, nêga!
- Porquê, Craudete? - pergunta a amiga.
- Nada é dos patrão! Tudo é imprestado!
- Como assim?- pergunta a outra, curiosa.
- A roupa dos patrão não és deles, as dele é de um tal de Armani, a gravata de um tal Pierre Cardin, os vistido dela és de uma tal Fatima Lopes e os carro é da Mercedes... Nada é deles, minina!
- Nossa, Craudete... Qui pobreza!
- O pió di tudo cê inda num sabe... Outro dia o patrão tava no telefone falando que tinha um grande Picasso... Pura mentira, Maria...
É piquinininho, que dá dó!

Andreia Vilhena disse...

Uma solteirona descobre que uma amiga ficou grávida só com uma oração que rezou na igreja de um lugarejo próximo.

Dias depois, a solteirona foi lá nessa igreja e disse ao padre:
- Bom dia, padre.
- Bom dia, minha filha. Em que posso ajudá-la?
- Sabe, padre, soube que uma amiga minha veio aqui e ficou grávida só com uma Avé-Maria.
- Não, minha filha, foi com um padre nosso, mas já o transferimos.

Bernardo Moura disse...

Num tribunal de uma pequena cidade, o advogado de acusação chamou a sua
primeira testemunha; uma avó de idade avançada.
Aproximou-se da testemunha e perguntou:

- D. Ermelinda, a senhora conhece-me?
- Claro. Conheço-te desde pequenino e francamente, desiludiste-me.
Mentes descaradamente, enganas a tua mulher, manipulas as pessoas e falas mal
delas pelas costas. Julgas que és uma grande personalidade quando não
tens sequer inteligência suficiente para ser varredor. É claro que te
conheço.

O advogado ficou branco, sem saber que fazer. Depois de pensar um pouco,
apontou para o outro extremo da sala e perguntou:

- D. Ermelinda, conhece o defensor oficioso?
- Claro que sim. Também o conheço desde a infância. É frouxo, tem problemas
com a bebida, não consegue ter uma relação normal com ninguém e na
qualidade de advogado, bem... é um dos piores que já vi. Não me
esqueço também de referir que engana a mulher com três mulheres
diferentes, uma das quais, curiosamente, é a tua própria mulher. Sim, também o conheço. E muito bem.

O defensor, ficou em estado de choque.
Então, o Juiz pediu a ambos os advogados que se aproximassem do estrado
e com uma voz muito ténue diz-lhes:

-Se algum dos dois perguntar à pxxx da velha se me conhece, juro-vos
que vão todos presos.

Andreia Vilhena disse...

O 'Guarda jóias'!

Uma senhora leva a filha ao ginecologista e pede:
- Sr. Dr. queria que examinasse o 'guarda-jóias' da minha filha.

- O 'guarda-jóias'?!?!?!

O médico acha estranho aquele nome, mas leva a menina para dentro do
Consultório e faz-lhe um exame ginecológico rigoroso.



Acaba o exame e chama a mãe, perguntando-lhe:
- Como é que a senhora disse que aquilo se chamava?



- 'Guarda-Jóias' - responde a senhora.



Diz o médico:
- Qual 'guarda-jóias', qual quê! Aquilo mais parece um guarda-fatos.
Só camisas ... tirei de lá sete!

Bernardo Moura disse...

O marido, ao chegar em casa no final da noite, diz à mulher que já
estava deitada:

- Querida, eu quero amá-la.
A mulher, que estava dormindo, com a voz embolada, responde:
- A mala... ah não sei onde está, não! Use a mochila que está no
maleiro do quarto de visitas.
- Não é isso querida, hoje vou amar-te.
- Por mim, você pode ir até Júpiter, até Saturno e até à p..a que o
p..riu, desde que me deixe dormir em paz...

Bernardo Moura disse...

Miquelina conduzia rua abaixo suando porque tinha uma reunião importante e não conseguia encontrar um lugar para estacionar.

Olhando para o céu disse: "Meu Deus, tem pena de mim. Se me arranjares um lugar para estacionar passarei a ir à missa todos os Domingos até ao fim dos meus dias e não farei mais sexo nem beberei alcool."

Como que por milagre, aparece um lugar para estacionar.

Ela olha então para o céu e diz: "Esquece o que eu disse! Já encontrei um!"

Bernardo Moura disse...

Marido para a mulher, à mesa, na hora do jantar:
- Sirvo-te?

E ela:
- Às vezes...

Andreia Vilhena disse...

Um casal alentejano está deseperadamente a tentar ter um filho.

Já consultaram todos os médicos, fizeram todos os exames, tentaram todos os
métodos... Em vão.

Até ao dia em que ouvem falar de um super professor Americano que consegue
milagres. Eles compram uma passagem para os Estados Unidos e vão consultar o tal professor.

Como eles não falam inglês e nem o professor fala português, este dá a
entender por gestos que quer que eles pratiquem sexo para que ele possa
diagnosticar. Inicialmente com um pouco de vergonha, o casal começa a 'trabalhar'.

O professor examina-os sob todos os ângulos e depois manda-os parar.

Ele vai até à sua mesa e escreve uma receita. Super feliz, o casal volta para casa.

Assim que chega, o marido vai à farmácia e pergunta:
- O senhor tem Triteoterol ?

Perplexo, o farmacêutico responde:
- Triteoterol ?... Triteoterol ?... Não conheço. O senhor tem a receita ?

O sujeito dá a receita ao farmacêutico. Este lê e responde:
- O senhor não leu bem. Está escrito 'Try the Other Hole' (tente o outro
buraco) !!!

Bernardo Moura disse...

Só os salões de beleza é que gostam de mulheres feias.

Andreia Vilhena disse...

Globalização . . .

Pergunta: Qual é a mais correcta definição de Globalização?

Resposta: A Morte da Princesa Diana.

Pergunta: Por quê?

Resposta: Uma princesa inglesa com um namorado egípcio, tem um acidente de carro dentro de um túnel francês, num carro alemão com motor holandês, conduzido por um belga, bêbado de whisky escocês, que era seguido por paparazzis italianos, em motos japonesas. A princesa foi tratada por um médico americano, que usou medicamentos suiços.

E isto é enviado a você por um português, usando tecnologia americana -(Bill Gates), e, provavelmente, você está lendo isso num computador genérico que usa chips feitos em Taiwan e um monitor coreano montado por trabalhadores de Bangladesh, numa fábrica de Singapura, transportado em caminhões conduzidos por indianos, roubados por indonésios, descarregados por pescadores sicilianos, reempacotados por mexicanos e, finalmente, vendido a você por judeus, através de uma conexão paraguaia.


Isto, caros amigos, é GLOBALIZAÇÃO!!!

Bernardo Moura disse...

Um casal, sentado em frente ao advogado.


O advogado: - Que triste, depois de tantos anos de união, o Sr. com 79 anos e a Sra. com 75 anos agora resolvem se separar.
Expliquem-me o motivo, quem sabe poderemos resolver.


Ela: - Ele tem somente uma ereção por ano.

Ele: - E ela quer que eu a desperdice com ela.

Bernardo Moura disse...

TELEGRAMA PARA LUANDA:



Lisboa mandou um telex para o Instituto de Meteorologia e Geofísica de Luanda
avisando:

1 - MANIFESTAÇÃO SÍSMICA.STOP.
2 - 7 DE RICHTER.STOP
3 - EPICENTRO A 3 KM DE LUANDA.STOP
4 - TOMAR PRECAUÇÕES.STOP

Dois meses mais tarde respondem de Luanda:

1 - Obrigado meismo! MANIFESTAÇÃO FOI TRAVADA.
2 - LIQUIDAMOS OS 7, MAIS NÃO APANHAMOS O RICHTER.
3 - O EPICENTRO E SEUS CAPANGAS ESTÃO TODOS DETIDOS. VAO SER FUZILADOS AMANHA.
4 - DESCULPEM SÓ AGORA NOIS RESPONDER, MAS HOUVE AQUI UM TERRAMOTO QUE IA
DANDO CABO DESTA MERDA TODA.

Andreia Vilhena disse...

Um urso e um coelho odiavam-se de morte. De cada vez que se encontravam, insultavam-se de todas as formas possíveis,e atiravam coisas um ao outro, embora o coelho mantivesse sempre a distancia, por razões óbvias...
Um dia, quando brigavam mais uma vez, apareceu uma fada da floresta, que lhes disse:
- Toda a floresta está farta das vossas brigas, vocês não deixam dormir ninguém. Por isso, vou conceder-vos
3 desejos a cada um, com a condição de que não voltem a brigar.
Os 2 aceitaram, não sem antes brigarem mais uma vez, para decidir quem é que começaria a pedir os desejos.
Começou o Urso:
- Quero que todos os ursos da floresta sejam fêmeas!
O Coelho pediu o seu 1º desejo:
- Quero um capacete de mota!
A fada ficou admirada com o pedido, mas concedeu-lhe o desejo.
O Urso pediu então o 2º desejo:
- Também quero que todos os ursos do país sejam fêmeas!
A fada disse:
- Parece que queres ficar entretido... enfim, desejo concedido.
- É a tua vez coelho!
Pede o coelho:
- Quero uma mota!
A fada aceitou, vendo que a sua ideia estava a funcionar.
- É a minha vez! - Disse o urso.
E sem olhar ao que os outros pudessem pensar, pediu que TODOS os ursos do mundo fossem fêmeas.
A fada disse-lhe:
- Agora é que não te podes queixar, vais ser o único macho entre todas as mulheres.
Vamos coelho, é a tua vez...
- O meu último desejo é... - Diz o coelho enquanto punha o capacete e arrancava com a mota.
- QUE O URSO SEJA GAY!!!

Bernardo Moura disse...

Zé: Bença padre.

Padre: Deus o abençoe meu filho.

Zé: Padre, o sr. lembra do João pintor?

Padre: É claro meu filho.

Zé: Pois é Padre, o João veio a falecer.

Padre: Que pena, morreu de quê?

Zé: Olha, Padre. Eu moro numa rua sem saída e minha casa é a última. Ele desceu com o carro e bateu no muro lá de casa.

Padre: Coitado, morreu de acidente.

Zé: Não, ele bateu com o carro no muro e voou pela janela. Caiu dentro do meu quarto e bateu a cabeça no meu guarda-roupa de madeira.

Padre: Que pena, morreu de traumatismo craniano.

Zé: Não Padre, ele tentou se levantar pegando na maçaneta da porta que se soltou e ele rolou escada abaixo.

Padre: Coitado, morreu de fraturas múltiplas.

Zé: Não Padre, depois de rolar a escada ele bateu na geladeira, que caiu em cima dele.

Padre: Que tragédia, morreu esmagado.

Zé: Não, ele tentou se levantar e bateu as costas no fogão que tombou derramando a sopa que estava fervendo em cima dele.

Padre: Coitado, morreu queimado.

Zé: Não Padre, no desespero saiu correndo, tropeçou no cachorro e foi direto na caixa de força.

Padre: Que pena, morreu eletrocutado.

Zé: Não Padre, morreu depois d'eu dar dois tiros nele.

Padre: Filho, você matou o João?

Zé: Uai, o cabrão tava destruindo a minha casa!!!...

Bernardo Moura disse...

Quando Deus fez o mundo, para que os homens prosperassem, decidiu
dar-lhes apenas duas virtudes .
Assim, mandou ao seu anjo-secretário que anotasse quais seriam os dons :
- Aos Suíços, os fez estudiosos e respeitadores da lei.
- Aos Ingleses, organizados e pontuais.
- Aos argentinos, chatos e arrogantes.
- Aos Japoneses, trabalhadores e disciplinados.
- Aos Italianos, alegres e românticos.
- Aos Franceses, cultos e finos.
- Aos Portugueses, inteligentes, honestos e socialistas.
O anjo anotou, mas logo em seguida, cheio de humildade e de medo, indagou:
- Senhor, a todos os povos do mundo foram dadas duas virtudes, porém,
aos portugueses foram dadas três! Isto não os fará soberbos em relação
aos outros povos da terra?
- Muito bem observado, bom anjo! exclamou o Senhor.
- Isto é verdade!
- Façamos então uma correção! De agora em diante, os portugueses, povo do meu coração, manterão esses três dons, mas nenhum deles poderá utilizar mais de dois simultaneamente, para ficarem iguais aos outros povos!
- Assim, o que for socialista e honesto, não pode ser inteligente.
O que for socialista e inteligente, não pode ser honesto.

E o que for inteligente e honesto, não pode ser socialista !!!

Palavras do Senhor!!!...

Andreia Vilhena disse...

Um alentejano chega a um prostíbulo e pergunta:
- Quanto custa uma menina?
- Depende do tempo.
- Bom..., suponhamos que chove.


Numa casa para deficientes, o professor ia a passar no refeitório quando o cozinheiro lhe pergunta:
- Quer uma torta, professor?
- Não, agora não, obrigado! Acabei de comer uma ceguinha!



- Sexo?
- Três vezes por semana.
- Não... eu quero dizer masculino ou feminino?
- Não importa.



Um camionista pára a sua viatura à beira da estrada e dá boleia a uma bela jovem. Depois de conversarem um pouco, ambos decidiram parar para comer qualquer coisa e acabam por ir para o quarto de um motel. Enquanto a jovem se despe, o homem pergunta-lhe:
- Diz-me lá: que idade é que tens?
- Treze.
- ...Por amor de Deus! Veste-te imediatamente e vai-te embora daqui!
- Olha..., outro supersticioso!

Bernardo Moura disse...

Uma mulher mal-encarada, antipática e muito, muito feia entra na loja com
duas crianças. O gerente da loja, querendo ser gentil, pergunta-lhe:

- São gémeos?

A mulher, fazendo uma careta, que faz com que fique ainda mais feia, diz:

- Não, paspalho! O mais velho tem 9 e o mais novo tem 7 anos. Por quê?
Você, realmente, acha eles parecidos, seu idiota?

- Não - diz o gerente - Eu só me custou acreditar que a senhora fosse
comida
duas vezes!!!

Bernardo Moura disse...

O marido ao chegar a casa diz à mulher:

- Querida hoje vou amar-te!

Responde a mulher:

- Quero lá saber, até podes ir a Júpiter, desde que me deixes dormir...

Bernardo Moura disse...

Era uma vez um rapaz que pediu uma linda rapariga em casamento:

- Tu queres casar comigo?

E ela respondeu:

- Não!!!

E o rapaz viveu feliz para sempre: foi à pesca, jogou futebol, conheceu
muitas outras miúdas, comeu-as todas, visitou muitos lugares, estava
sempre
a sorrir e de bom humor, nunca lhe faltava caroço, não discutia nem nunca
brigava, bebia cerveja com os amigos sempre que estava com vontade e
ninguém
mandava nele.

A rapariga teve celulite, varizes, engordou, os peitos caíram, fodeu-se e
ficou sozinha.

Bernardo Moura disse...

Um funcionário da agência funerária está trabalhando à noite, para
examinar
corpos antes destes serem sepultados ou cremados. Examina um corpo,
identificado como José Chagas, que está pronto para ser cremado, e
descobre
que o defunto tem o maior pênis que ele já viu na vida.

- Desculpe, Sr. Chagas, mas não posso mandá-lo para o crematório com essa
coisa enorme. Ela tem que ser conservada para a posteridade!

Com um bisturi, remove o pênis do morto, guarda-o num frasco e vai para
casa

A primeira pessoa a quem ele mostra a monstruosidade é sua mulher.

- Tenho algo incrível para te mostrar, querida. Nem vais acreditar!

Depois, abre o frasco e ao ver o conteúdo, a sua mulher grita,
estarrecida:

- Oh, meu Deus !!!!!O Chagas morreu ?!?!?

Andreia Vilhena disse...

O Príncipe Encantado encontra-se com a Branca de Neve e pergunta-lhe:

- 'Quer casar comigo?'

- 'Claro, majestade', responde a amiguinha dos Sete Anões.

Então o Príncipe Encantado tira o seu membro para fora e pergunta-lhe:

- ' Você sabe o que é isto?'

- 'Seu belo pénis, meu Príncipe', responde ela.

Desolado, o Príncipe Encantado continua a procura:

- 'Vou embora. Preciso de uma mulher inocente'.

O Príncipe Encantado vai então à casa da Gata Borralheira e pergunta-lhe:

- 'Quer casar comigo?'

- 'Claro que sim', responde a bela enteada.

O Príncipe Encantado faz a mesma coisa feita com Branca de Neve,
mostrando-lhe o membro:

- 'Você sabe o que é isto?'

- 'Seu pénis viril, meu Príncipe', responde ela.



- 'Vou embora. Exijo uma mulher casta para minha esposa.', reclama o Príncipe.



Então o Príncipe Encantado se encontra com Capuchinho Vermelho (uma
bela moçoila, recém saída da adolescência) na floresta e pergunta-lhe:



- 'Quer casar comigo?'



- 'Claro, sua Alteza', responde a mocinha.



Então o Príncipe Encantado repete o ritual e pergunta-lhe, tirando o
pénis para fora:



- 'O que é isso que trago aqui', pergunta à Capuchinho Vermelho.



- 'Isso é uma minhoquinha, meu Príncipe', responde ela.



Maravilhado com a cândida e inocente Capuchinho Vermelho o Príncipe
Encantado casa-se com ela. Na noite de núpcias o Príncipe fala para
Capuchinho:



- ' Isto que trago aqui é um pénis, meu amor'.



Ao que ela retruca:



- ' Não, meu belo Príncipe. Isso é uma minhoquinha. Pénis era o do Lobo Mau...'

Andreia Vilhena disse...

Um camionista vê á beira da estrada um pequeno homem verde a chorar.

Ele pára e pergunta-lhe o que se passa:



"Sou verde, venho de Venus, Sou paneleiro e tenho fome"responde-lhe o estrangeiro;



"Bom, diz o camionista, posso dar-te uma sandes, mas para o resto, não posso fazer nada"



Ele dá-lhe a sandes e continua o seu caminho.

Um pouco mais longe, ele vê um pequeno homem vermelho, que também está a chorar.

Ele pára outra vez e pergunta-lhe o que se passa



"Souvermelho, venho de Mars, sou paneleiro e tenho sede..."



"Posso dar-te uma lata de coca-cola, mas para o resto não te vou poder ajudar"



Ele dá a lata de coca-cola e continua o seu caminho...



Um pouco mais longe ele vê um pequeno homen azul.

Ele admira-se um pouco, começa a estar farto e grita:



" Então paneleiro de merda, de que estupido planeta vens?"



E pequeno homem responde:



"Documentos se faz favor..."

Bernardo Moura disse...

Um preto compra a lotaria.
Mais tarde vai conferir, olha para a televisão:
- O número vencedor é o 200345.
O dele é 200345 e ele diz:
- Pôrra pá! Preto nunca ganha, só empata!!!

Andreia Vilhena disse...

Um motociclista vai a 140 km/h numa estrada.
De repente deu de encontro com um passarinho e não conseguiu
esquivar-se:
- Ahhhh!!!
Pelo retrovisor, ainda viu o bichinho dando várias piruetas no asfalto
até ficar estendido. Não contendo o remorso ecológico, ele parou a moto e
voltou para socorrer o bichinho.
O passarinho estava lá, inconsciente, quase morto. Era tal a angústia do
motociclista que ele recolheu a pequena ave, levou-a ao veterinário, foi
tratada e medicada, comprou uma gaiolinha e levou-a para casa, tendo o
cuidado de deixar um pouquinho de pão e água para o acidentado.
No dia seguinte, o passarinho recupera a consciência. Ao despertar,
vendo-se preso, cercado por grades, com o pedaço de pão e a vasilha de
água no canto, o passarinho põe as asas na cabeça e grita:
- PORRA, MATEI O GAJO DA MOTA!!!

Andreia Vilhena disse...

A diferença entre ser sogra do genro e sogra da nora


Duas distintas senhoras encontram-se após um bom tempo sem se verem.


Uma pergunta à outra:
- Como vão seus dois filhos... a Lúcia e o Francisco?
- Ah! Querida... a Lúcia casou-se muito bem. Tem um marido maravilhoso. É ele que levanta de madrugada para trocar as fraldas do meu netinho, faz o café da manhã, lava as louças e ajuda na faxina. Só depois é que sai para trabalhar. Um amor de genro! Deus que o abençoe!
- Que bom, heim amiga, e o Francisco? Casou também?
- Casou sim, querida, mas tadinho dele, deu azar demais. Casou-se muito mal... Imagina que ele tem que levantar de madrugada para trocar as fraldas do meu netinho, fazer o café da manhã, lavar a louça e ainda tem que ajudar na faxina! E depois de tudo isso ainda sai para trabalhar, para sustentar a preguiçosa da minha nora, aquela porca, nojenta!

Andreia Vilhena disse...

Um sujeito entra num bar e diz para o barman:

- Eu queria que o senhor me pagasse uma bebida!

O barman, muito admirado, responde que não. Diz que o bar dele não é a
Santa Casa de Misericórdia.

- Ah! Eu tenho aqui uma coisa impressionante e, se eu lhe mostrar,
você vai-me pagar uma bebida!

O barman, intrigado, pede que ele mostre. Então o cliente tira do
casaco um baralho de cartas, com cerca de 30 cm de tamanho.

O barman fica perplexo e, como nunca tinha visto um jogo de Cartas tão
grande, resolve pagar uma bebida ao homem.

Alguns jogos e copos depois, o barman resolve perguntar ao homem onde
é que ele tinha arranjado tão estranho baralho.

- É que encontrei um geniozinho que concede desejos!

O barman, todo empolgado, pede logo ao homem que lhe mostre o
geniozinho, para pedir alguma coisa.

O homem dá uma lâmpada ao barman, que a esfrega, e, realmente, aparece
o tal génio, dizendo o seguinte:

- Vou conceder-te um único desejo, mas rápido, que eu quero voltar a dormir!

O barman então, sem pensar muito, pede a primeira coisa que lhe vem à cabeça

- Quero um milhão! Um milhão em notas!

O geniozinho estala os dedos e, de repente, o bar fica entulhado de botas.

- Botas??? Eu pedi um milhão em notas e não em botas!!!

E, virando-se para o homem:

- Esse génio é um bocado surdo, não acha??

O homem responde:

- Claro! Ou você acredita que alguma vez eu pedi um "baralho" de 30 cm???

Bernardo Moura disse...

Ultimamente tenho sido industriado num conceito novo sobre a vida que é também uma filosofia de vida: ser "leve". Ser "leve" é o contrário de ser "pesado", é, parece, a capacidade de levar as coisas sempre de uma forma ligeira, de não se preocupar demasiadamente com nada nem dar demasiada importância a coisa alguma. Aconteça o que acontecer, façam o que fizerem, as pessoas "leves" levam tudo na despreocupada: nada deve ser suficientemente grave ou importante para que deixem de rir e de sorrir todo o tempo e em todas as circunstâncias. Trata-se de um conceito moderno e urbano, que a mim me deixa um pouco baralhado, até porque nos últimos anos tenho aprendido a preferir cada vez mais a chuva no campo do que os dias cinzentos na cidade. É verdade que os portugueses sorriem pouco e que sorrir faz bem à saúde e torna as pessoas mais bonitas. Mas lembro-me de a minha mãe dizer que os que vivem eternamente felizes e despreocupados, sempre a rir ou a sorrir, ou são parvos ou são inconscientes. Sim, porque é difícil distinguir onde acabam as virtudes de ser "leve" e começa a estupidez de ser leviano. A fronteira não é clara e há-de ser estreita.
Mas de uma coisa estou certo: só se pode levar as coisas numa "leve" quando se tem condições para tal. Quem vive em quadros de miséria e carência, quem tem da vida urbana uma paisagem de subúrbios desumanizados, quem tem problemas sérios de saúde, quem viu morrer um filho ou alguém muito próximo e amado, quem viu morrer uma após outra todas as ilusões, ou não é "leve" ou anda a Prozac. Poder ser "leve" é um privilégio, não toca a todos.
Mas tenho andado a pensar seriamente no assunto - tentando, claro, pensar de uma forma "leve", para que faça sentido. Muita gente, e leitores meus, acham que eu me indigno vezes de mais com coisas de mais. Não valeria a pena. Há um tipo que escreve sobre mim num blogue e que se irrita sobremaneira com o que ele acha ser a minha indignação permanente e traça de mim um retrato, até físico, que me deixa abalado. Preocupam-me, então, duas coisas: a minha recorrente indignação, tal como ele a descreve, e o facto de a minha indignação acarretar a indignação dele. Vou tentar mudar, a bem dos dois.
Em vez de dizer que as coisas me indignam ou revoltam, vou passar a dizer suavemente que elas me deprimem. Por exemplo: a história de Armando Vara, promovido ao nível máximo de vencimento na Caixa Geral de Depósitos e para efeitos de reforma futura, depois de já estar há dois meses a trabalhar na concorrência do BCP, é uma história que me deprime. Não, não, acreditem que, apesar de isto envolver o dinheiro que pago em impostos, esta história não me revolta nem me indigna, apenas me deprime. E de forma leve. Eu explico.
Toda a 'carreira', se assim lhe podemos chamar, de Armando Vara, é uma história que, quando não possa ser explicada pelo mérito (o que, aparentemente, é regra), tem de ser levada à conta da sorte. Uma sorte extraordinária. Teve a sorte de, ainda bem novo, ter sentido uma irresistível vocação de militante socialista, que para sempre lhe mudaria o destino traçado de humilde empregado bancário da CGD lá na terra. Teve o mérito de ter dedicado vinte anos da sua vida ao exaltante trabalho político no PS, cimentando um currículo de que, todavia, a nação não conhece, em tantos anos de deputado ou dirigente político, acto, ideia ou obra que fique na memória. Culminou tão profícua carreira com o prestigiado cargo de ministro da Administração Interna - em cuja pasta congeminou a genial ideia de transformar as directorias e as próprias funções do Ministério em Fundações, de direito privado e dinheiros públicos. Um ovo de Colombo que, como seria fácil de prever, conduziria à multiplicação de despesa e de "tachos" a distribuir pela "gente de bem" do costume. Injustamente, a ideia causou escândalo público, motivou a irritação de Jorge Sampaio e forçou Guterres a dispensar os seus dedicados serviços. E assim acabou - "voluntariamente", como diz o próprio - a sua fase de dedicação à causa pública. Emergiu, vinte anos depois, no seu guardado lugar de funcionário da CGD, mas agora promovido por antiguidade ao lugar de director, com a misteriosa pasta da "segurança". E assim se manteve um par de anos, até aparecer também subitamente licenciado em Relações Qualquer Coisa por uma também súbita Universidade, entretanto fechada por ostensiva fraude académica. Poucos dias após a obtenção do "canudo", o agora dr. Armado Vara viu-se promovido - por mérito, certamente, e por nomeação política, inevitavelmente - ao lugar de administrador da CGD: assim nasceu um banqueiro. Mas a sua sorte não acabou aí: ainda não tinha aquecido o lugar no banco público, e rebentava a barraca do BCP, proporcionando ao Governo socialista a extraordinária oportunidade de domesticar o maior banco privado do país, sem sequer ter de o nacionalizar, limitando-se a nomear os seus escolhidos para a administração, em lugar dos desacreditados administradores de "sucesso". A escolha caiu em Santos Ferreira, presidente da CGD, que para lá levou dois homens de confiança sua, entre os quais o sortudo dr. Vara. E, para que o PSD acalmasse a sua fúria, Sócrates deu-lhes a presidência da CGD e assim a meteórica ascensão do dr. Vara na banca nacional acabou por ser assumida com um sorriso e um tom "leve".
Podia ter acabado aí a sorte do homem, mas não. E, desta vez, sem que ele tenha sido tido ou achado, por pura sorte, descobriu-se que, mesmo depois de ter saído da CGD, conseguiu ser promovido ao escalão máximo de vencimento, no qual vencerá a sua tão merecida reforma, a seu tempo. Porque, como explicou fonte da "instituição" ao jornal "Público", é prática comum do "grupo" promover todos os seus administradores-quadros ao escalão máximo quando deixam de lá trabalhar. Fico feliz por saber que o banco público, onde os contribuintes injectaram nos últimos seis meses mil milhões de euros para, entre outros coisas, cobrir os riscos do dinheiro emprestado ao sr. comendador Berardo para ele lançar um raide sobre o BCP, onde se pratica actualmente o maior spread no crédito à habitação, tem uma política tão generosa de recompensa aos seus administradores - mesmo que por lá não tenham passado mais do que um par de anos. Ah, se todas as empresas, públicas e privadas, fossem assim, isto seria verdadeiramente o paraíso dos trabalhadores!
Eu bem tento sorrir apenas e encarar estas coisas de forma leve. Mas o 'factor Vara' deixa-me vagamente deprimido. Penso em tantos e tantos jovens com carreiras académicas de mérito e esforço, cujos pais se mataram a trabalhar para lhes pagar estudos e que hoje concorrem a lugares de carteiros nos CTT ou de vendedores porta a porta e, não sei porquê, sinto-me deprimido. Este país não é para todos.

P.S. - Para que as coisas fiquem claras, informo que o sr. (ou dr.) Armando Vara tem a correr contra mim uma acção cível em que me pede 250 000 euros de indemnização por "ofensas ao seu bom nome". Porque, algures, eu disse o seguinte: "Quando entra em cena Armando Vara, fico logo desconfiado por princípio, porque há muitas coisas no passado político dele de que sou altamente crítico". Aparentemente, o queixoso pensa que por "passado político" eu quis insinuar outras coisas, que a sua consciência ou o seu invocado "bom nome" lhe sugerem. Eu sei que o Código Civil diz que todos têm direito ao bom nome e que o bom nome se presume. Mas eu cá continuo a acreditar noutros valores: o bom nome, para mim, não se presume, não se apregoa, não se compra, nem se fabrica em série - ou se tem ou não se tem. O tribunal dirá, mas, até lá e mesmo depois disso, não estou cativo do "bom nome" do sr. Armando Vara. Era o que faltava!



Acabei de confirmar no site e está lá (agora, dia 16/Fev/2009)

Isto está no site institucional do BCP

Vejam bem os anos de licenciatura e de pós-graduação!!!!!





Armando António Martins Vara

Dados pessoais:

Data de nascimento: 27 de Março de 1954

Naturalidade: Vinhais - Bragança

Nacionalidade: Portuguesa

Cargo: Vice-Presidente do Conselho de Administração Executivo

Início de Funções: 16 de Janeiro de 2008

Mandato em Curso: 2008/2010

Formação e experiência Académica

Formação

2005 - Licenciatura em Relações Internacionais (UNI)
2004 - Pós-Graduação em Gestão Empresarial (ISCTE)



http://www.millenniumbcp.pt/pubs/pt/grupobcp/quemsomos/orgaossociais//article.jhtml?articleID=217516
Extraordinário...

CV de fazer inveja a qualquer gestor de topo, que nunca tenha perdido tempo em tachos e no PS !
Conseguiu tirar uma Pós-graduação ANTES da licenciatura...
Ou a pós-graduação não era pós-graduação ou foi tirada com o mesmo professor da licenciatura, dele e do Eng. Sócrates...

Miguel Sousa Tavares

Andreia Vilhena disse...

Um peregrino a caminho de Fátima pernoita na casa duma viúva.

A meio da noite ela vai ter com ele, toda nua!

Ele, com medo de pecar, foge, e vai confessar-se.

O padre diz-lhe que vá para casa comer 5Kg de favas.

- Sr. padre mas eu não sou um cavalo!!! disse indignado.

- Mas és burro! Primeiro "comias" a viúva... E depois é que te confessavas.

Artur Gonçalves Dias disse...

sai um pontapé nos tomates no cú ao léu :D

Saudações

Bernardo Moura disse...

Ministra da Educação vai ter o ordenado penhorado
Por Margarida Davim
O Tribunal obrigou Maria de Lurdes Rodrigues a pagar 10% do salário mínimo, por cada dia de incumprimento de uma sentença judicial. Em causa está um processo interposto por um professor.

Fonte:SOL

Andreia Vilhena disse...

O menino após ter ganho um presente diz para o pai:
- Papá! Olha, sem as mãos!
- Papá! Olha, sem os pés!
- Papá! Olha, sem as pernas!
E o pai, irritado:
- Pára com isso rapaz! Dá cá essa Serra Eléctrica!

Andreia Vilhena disse...

O Joãozinho chega para a mãe e diz:
- Mãe, é verdade que na nossa família todo o mundo morre de repente?
- Mãe... Mãe... Mãeeeenh!!!


- O meu sonho era vir a ganhar 1000 contos por mês como o meu pai.
- Oh, o teu pai ganha mil contos por mês?
- Não , mas ele também tem este sonho.


Um puto mais o pai passam à porta duma hospital. Diz o miúdo:
- Papá, quero uma bola de Berlim!
- Para que é que queres outra máquina de lavar se já tens a tua mãe lá em casa?
A partir desse dia o miúdo nunca mais comeu bananas...
Moral da história: O pai não sabia andar de Skate.

Qual é a melhor forma de caçar coelhos?
Esconder-se atrás duma árvore e imitar o grito da cenoura.

Andreia Vilhena disse...

Como é que explicas uma coisa a uma mulher com os dois olhos roxos?
Não explicas. Já explicaste duas vezes.

João, 5 anos:
- Oh pai, uma garota com 6 anos pode ficar grávida?
- Claro que não! Que raio de conversa e esta?
- Ai a puta da Joana que me fez vender os patins para pagar o aborto!

Três europeus säo capturados por uma tribo de canibais, que concede a cada um deles um último desejo:
INGLÊS: - Quero fumar o meu cachimbo uma última vez.
CHEFE: - OK!
FRANCÊS: - Quero comer bêm pela última vez.
CHEFE: - OK!
PORTUGUÊS: - Quero comer morangos.
CHEFE: - Mas nesta época do ano näo há morangos...
PORTUGUÊS: - Näo faz mal, eu espero!



Um senhor brasileiro, num avião da TAP, com destino a Lisboa:
A aeromoça, pergunta :
- Aceita jantar, senhor?
- Quais as opções? - pergunta ele.
Ao que ela responde:
-Sim ou não.

tronxa disse...

Humor negro:

A mae acabadinha de parir, ve a enfermeira a dar uma palmada no rabu do bébe
Nada de chorar
A enfermeira abana o miudo de pernas para o ar e...
ZERO não chora
depois decide atira-lo contra a parede
NADA!
Agarra nele a manda-o com toda a força para o chão
ZERO! não chora
Por fim, pega no bébe e atira-o pela janela


A mãe em desespero grita:
-Voce matou o meu filho!!!!


Responde a enfermeira a rir-se
- táva a brincar consigo, ele já nasceu morto! ;))



Humor cinza chumbo:

O médico para a enfermeira:
- De quem é essa boquinha?
- Não sei!
- De quem é esse narizinho?
- Não sei!
- De quem é essa orelhinha?
- Não sei!





- É... você tem razão... esse necrotério infantil está uma bagunça!



Continuando na mesma cor:

- Mamã, dá-me uma bolachinha!!
- Vai tu buscar!
- Mas eu não tenho bracinhos...
- Não há bracinhos, não há bolachinhas!!

Luana disse...

A mamã satisfeita com os progressos do menino:
_Ó Carlinhos!Mostra á tia Anica como sabes muito de geografia!...
O que é que tem montenhas e vales,sem deixar de ser redondo como uma bola?O Carlinhos depois de um momento de observação:
_È a tia Anica?...

tronxa disse...

A mulher do Salim morreu e o turco foi botar um anúncio no jornal:
_ Põe aí faz favor: "Sarah morreu".
_ Seu Salim, o senhor pode escrever cinco palavras pelo mesmo preço.
_ Ah é ? Então bota: "Sarah morreu, vendo Corsa 89"!

Luana disse...

Joaninha:-porque é que a mamã não me compra uma boneca nova?
Mãe:-porque as tuas ainda não estão partidas,minha filha.
Joaninha:-Mas também a mamã teve um bébé novo e eu não estou partida!

António Sabão disse...

Heheheheh!!!! Demais!
abr

Alééx disse...

Boas pessoal.
Então, porque deixaram de fazer o post "Pratos do Dia"?
Abcs.

Bernardo Moura disse...

Amigo Alééx,
o post "pratos do dia" não foi esquecido. Apenas não tenho tido o tempo que desejava para me dedicar ao blogue. Em breve voltará!

Ab

Alexandre disse...

Era um dos post's melhores daqui do blog.
As noticias (boas e más) todas colocadas aqui e com uma opinião à frente diferente da nossa.
xD

Marisa disse...

Eu adoro o post aberto :)

Bernardo Moura disse...

O Papa, terminada a sua visita a Portugal, foi de limusina para o aeroporto. Como nunca tinha conduzido um carro daqueles, perguntou ao
motorista se poderia conduzir por uns instantes.
O motorista atrapalhado, lá disse:
- Bem... acho que sim...! - e foi para o banco traseiro da limusina enquanto o Papa ia para o volante.
Na auto-estrada A1, acelerou até aos 180 km/hora... 220 km/hora... 250 km/hora...

De imediato as luzes azuis da patrulha da BT da GNR surgiram no espelho.
O Papa lá encostou e o agente foi ao seu encontro. Quando se debruçou sobre janela e viu de quem se tratava, disse:
- Por favor... Aguarde um momento.... eu preciso ligar para a central.

O agente da BT pegou no rádio e chamou o Chefe, dizendo:
- Eu tenho uma pessoa muito importante que conduzia a mais de 250 km/hora na A1 e preciso de saber o que fazer.

- É o Cavaco? - Perguntou o chefe.
- Não, é ainda mais importante.

- Não é o Sócrates, é???
- Não, ainda mais importante!

- Quem é??? Não é o Victor Constâncio outra vez, pois não?
O agente respondeu:
- Não! É ainda mais importante do que esse...

- Bem, mas então quem é esse VIP??!! - gritou o Chefe já sem paciência.
Ao qual o agente responde:
- Eu não tenho bem a certeza, mas acho que deve ser Jesus Cristo, porque o motorista é o Papa!!!

tronxa disse...

TRRIIIMM.. TRRIIIMM... TRRIIIMM...
Responde o atendedor de chamadas:
"Obrigado por ter ligado para o Júlio de Matos, a companhia mais adequada aos seus momentos de maior loucura."
* Se é obsessivo-compulsivo, marque repetidamente o 1;
* Se é co-dependente, peça a alguém que marque o 2 por si;
* Se tem múltipla personalidade, marque o 3, 4, 5 e 6;
* Se é paranóico, nós sabemos quem é você, o que você faz e o que quer. Aguarde em linha enquanto localizamos a sua chamada;
* Se sofre de alucinações, marque o 7 nesse telefone colorido gigante que você, e só você, vê à sua direita;
* Se é esquizofrénico, oiça com atenção, e uma voz interior indicará o número a marcar;
* Se é depressivo, não interessa que número marque. Nada o vai tirar dessa sua lamentável situação;
* Porém, se VOCÊ votou Sócrates, não há solução, desligue e espere até 2009. Aqui atendemos LOUCOS e não INGÉNUOS! Obrigado!

tronxa disse...

Num manicómio, um maluco está sentado numa cadeira a ler uma revista.
Nisto, aparece outro maluco a correr, com uma pistola na mão.
O maluco pára e diz, ofegante:
- Olha lá... Viste passar aqui... Uma cabine telefónica a correr?
O outro fecha a revista, pousa-a, cruza os braços e diz:
- De cartão ou de moedas

tronxa disse...

Estão 100 malucos num manicómio: 99 a saltar e 1 a bater com a cabeça na parede. Chega o médico e diz para os 99:
- O que é que vocês têm?
E os 99 respondem:
- Somos pipocas.
- E aquele que está contra a parede? - pergunta o médico.
- Aquele ficou agarrado ao tacho.

tronxa disse...

Pensamentos soltos

Se o chefe fosse um arquivo electrónico, a extensão seria .fdp


Se 23% dos acidentes de trânsito são provocados pelo consumo de álcool, isto significa que 77% dos acidentes são causados por pessoas que bebem água!
-Perigosos, esses gajos...


Intelectual é aquele indivíduo capaz de pensar por mais de duas horas em algo que não seja sexo.



Diplomacia é a arte de dizer "lindo cão", até encontrar uma pedra para atirar nele.


A infidelidade e a devolução de um cheque resultam ambos da mesma situação: FALTA DE COBERTURA


Senhor, eu peço a ti uma loira surda-muda e ninfomaníaca, com peitos enormes, que seja dona de uma distribuidora de cerveja e tenha uma casa na praia.

Amém


Eu cavo, tu cavas, ele cava, nós cavamos, vós cavais, eles cavam...
Não é bonito, mas é profundo.


Quantos guarda-chuvas você já perdeu?
Quantos você já achou?
Para onde será que eles vão?


O excesso de sexo provoca amnésia e outras m e r d a s que agora não me lembro.

tronxa disse...

O médico sai da sala de operações e diz ao sujeito:
- Tenho boas e más notícias sobre a sua sogra...
- Ai, doutor... Dê-me primeiro as más...
- Muito bem... A sua sogra ficou paralizada. Você vai ter que cuidar dela nos próximos anos. Vai ter que a alimentar, estar sempre por perto, e inclusivé dar-lhe banho.
- Meu Deus... Então e quais são as boas notícias?
- Estava a brincar! Ela morreu, homem!

tronxa disse...

Uma sondagem recente da Universidade Católica / SIC / Visão, acerca de atitudes comportamentais, concluiu que, afinal, os homens do Porto são, na sua maioria, homossexuais !!!
À pergunta:
"O senhor importa-se que eu lhe meta o dedo no cu ? "
Mais de 92% da amostra respondeu:
"Metes mas é o c*r*lho.. "

eheheheheehh

tronxa disse...

Duas miúdas, uma com 12 anos e outra com 10, estavam à consersa:
- Xiii! Olha lá! Está ali um preservativo na sarjeta! - diz a mais velha.
E a mais nova diz:
- Como assim? O que é uma sarjeta?

tronxa disse...

Um casal entra num conhecido restaurante de Lisboa e encontra-se com um grupo de amigos, um deles dirige-se ao marido:
- Olá Paulo, como estás?
O marido responde:
- Mal, tenho sida. O médico deu-me apenas uns meses de vida.
O amigo despede-se e fica todo encavacado.
A mulher diz ao marido em voz baixa:
- Paulo, não sejas parvo! Como é que dizes às pessoas que tens sida se tu o que realmente tens é cancro nos pulmões?
O marido responde:
- Eu morro de qualquer forma, mas a ti ninguém te come!!!

tronxa disse...

Aquela velhinha vivia sozinha, coitadinha, sem saúde, sem dinheiro, sem amigos... um dia resolveu acabar com a própria vida e ligou para o seu médico para saber qual era a posição exata do coração.
- Dois dedos abaixo do seio esquerdo.
No dia seguinte ela tornou-se primeira página do jornal: "Mulher idosa tenta o suicídio com um tiro no joelho"

tronxa disse...

Dois brancos e um negro estão num andaime, a lavar os vidros de um grande edifício.
De repente, o negro dá um gemido, vira-se para um dos brancos e diz:
- Ai, ai, ai! Preciso cagar, vou cagar aqui mesmo!
- Tás maluco, pá! Vais sujar toda a gente lá em baixo!
- Mas não aguento mais, meu! Não vai dar tempo para descer!!!
- Então, bate na janela e pede à senhora que te deixe usar a casa de banho, aconselha o branco.
E é o que ele faz. Assim que a velha permite a entrada, ele voa p'rá sanita.
Está o negro tranquilo e aliviado, quando ouve uma gritaria sem fim.
Quando sai, vê que o andaime se tinha partido e os dois brancos se tinham espatifado no chão.
No dia seguinte, no velório, estão lá os amigos, as viúvas inconsoláveis e o negro acompanhado da esposa, quando chega o dono da empresa onde trabalhavam.
Imediatamente todos se calam. O empresário começa o seu discurso, dirigindo-se às viúvas:
- Sei que foi uma perda irreparável, mas vou, pelo menos, tentar aliviar tanto sofrimento. Como sei que as senhoras vivem em casas alugadas, darei uma casa a cada uma. Também sei que as senhoras dependem dos autocarros, por isso, darei um carro a cada uma. Quanto aos estudos dos vossos filhos, não se preocupem mais, pois tudo será por conta da empresa até que terminem a Faculdade. E, para finalizar, as senhoras receberão todos os meses 1000 Euros, para compras no mercado.
E a mulher do negro, já meio arroxeada, não se conteve mais e diz ao ouvido do marido:
- E tu a cagar, né???

tronxa disse...

Um gajo estava numa cama de hospital. Não tinha pernas nem braços e comia por um tubo. Na hora das visitas a familia foi
vê-lo.
De repente passa no corredor uma enfermeira toda grossa e o gajo grita:
- Ó ENFERMEIRA, FAZ-ME UM BR*CHE!!
O pai, ao ouvir aquilo diz:
- Meu filho, não devias dizer essas coisas, Deus castiga!
- E faz o quê? Despenteia-me?

(adoro esta!!)

tronxa disse...

Um homem estava em coma há algum tempo. A sua esposa ficava à cabeceira dele dia e noite. Até que um dia o homem acorda, faz um sinal à mulher para se aproximar e sussurra-lhe:

- Durante todos estes anos estiveste ao meu lado. Quando tive o acidente, estavas comigo. Quando a minha empresa faliu, só ficaste tu para me apoiar. Quando perdemos a casa, ficaste comigo. E desde que fiquei com todos estes problemas de saúde, nunca me abandonaste. Sabes uma coisa...?

Os olhos da mulher encheram-se de lágrimas:
- Diz, amor...


- Acho que me dás azar!

tronxa disse...

Advogado: Qual é a sua idade?
Velhinha: Tenho 86 anos.
Advogado: No dia 1º de abril do ano passado, diga-nos, o que lhe aconteceu.
Velhinha: Estava sentada no balanço, na varanda, numa tarde quente de primavera, quando um jovem sorrateiramente senta-se ao meu lado.
Advogado: Você conhecia-o?
Velhinha: Não, mas ele foi muito amigável.
Advogado: O que aconteceu depois?
Velhinha: Ele começou a acariciar a minha coxa.
Advogado: A senhora deteve-o?
Velhinha: Não.
Advogado: Porque não?
Velhinha: Foi agradável. Ninguém tinha feito isto desde que o meu José faleceu à 30 anos.
Advogado: O que aconteceu depois?
Velhinha: Ele começou a acariciar os meus seios.
Advogado: A senhora deteve-o então?
Velhinha: Não.
Advogado: Porque não?
Velhinha: Porque, Meritíssimo, fez-me sentir viva e excitada. Não me sentia assim há anos!
Advogado: O que aconteceu depois?
Velhinha: Bem, eu sentia-me tão quente, que abri as pernas e disse: Possui-me, rapaz!
Advogado: Ele possuiu-a?
Velhinha: Não. Ele gritou: 1º de Abriiiiil! Foi aí que eu dei um tiro no filho da puta!

tronxa disse...

Qual é o problema com as anedotas de advogados?
Os advogados não lhe acham piada e as outras pessoas não acham que sejam anedotas.

tronxa disse...

O Juiz perguntou à prostituta: "então quando é que se apercebeu que tinha sido violada?"
A prostituta respondeu, limpando as lágrimas: "Quando o cheque foi devolvido!!!"

tronxa disse...

Depois dum acidente de trânsito, no tribunal, o advogado do réu começou a inquirir o Sr. Zé:
- O Senhor não disse, no local do acidente, "Estou óptimo"?
O Sr. Zé responde:
- Bem, vou contar-lhe o que aconteceu. Eu tinha acabado de colocar a minha mula favorita na camioneta...
- Eu não pedi detalhes - Interrompeu o advogado. Responda só à pergunta. O senhor não disse na cena do acidente, "Estou óptimo"?
- Bem, eu coloquei a mula na camioneta e quando estava a descer a rua...
O advogado interrompe novamente e diz:
- Sr. Dr. juiz, estou a tentar dar a conhecer os factos neste tribunal. No local do ocorrência, este homem disse ao guarda da GNR que estava bem. Agora, várias semanas após o acidente, processou o meu cliente. Isto é uma fraude. Por favor, poderia dizer-lhe que responda somente à pergunta?
Mas, nessa altura, o juiz estava muito interessado na resposta do Sr. Zé e disse ao advogado:
- Eu gostaria de ouvir o que tem para dizer.
O Sr. Zé agradeceu ao juiz e prosseguiu:
- Como eu estava a relatar, coloquei a mula na camioneta e, quando estava a descer a rua, um outro camião avançou com o sinal vermelho e abalroou-me lateralmente. Fui projectado para fora do veículo, ficando num dos lados da via e a mula foi lançada para o lado oposto.
Muito ferido e sem poder mexer-me, ouvia a mula a zurrar muito.Pelo barulho que fazia, percebi que o seu estado era muito mau.
Entretanto, logo após o acidente, os guardas da GNR chegaram ao local. Ao ouvirem a mula naquele pranto, um deles foi até onde ela estava e, depois de dar uma olhadela, pegou na pistola e deu-lhe três tiros. Depois, atravessou a estrada com a arma na mão, olhou para mim e disse:
- "A sua mula estava muito mal e eu tive que matá-la. E o Senhor como é que está a sentir-se?"
- O que é que o Sr. Dr. Juiz respondia?

tronxa disse...

Dois amigos encontram-se depois de muito anos.
- Casei-me, separei-me e já fizemos a partilha dos bens.
- E as crianças?
- O juiz decidiu que ficariam com aquele que mais bens recebeu.
- Então ficaram com a mãe?
- Não, ficaram com o nosso advogado.

tronxa disse...

Um agente de trânsito pára um advogado que dirigia em excesso de velocidade.
- Posso ver a sua carta de condução?
- Não tenho. Foi suspensa na última vez em que cometi uma infracção.
- Posso então ver o registo de propriedade do veículo?
- O carro não é meu. Eu roubei-o!
- O carro é roubado?
- Sim, é verdade. Mas agora que penso nisso, acho que vi o registo de propriedade no porta-luvas, quando lá pus a minha pistola...
- Tem uma pistola no porta-luvas?
- Sim. Coloquei-a lá depois de matar a dona do carro e colocar o corpo dela no porta-bagagens.
- Tem um corpo no porta-bagagens???
- Sim, senhor.
Ao ouvir isso, o agente chamou imediatamente o seu superior.
O carro foi rapidamente cercado por um cordão policial e o capitão aproximou-se do veículo para controlar a situação.
- Senhor, posso ver a sua carta de condução?
- Claro, aqui está ela. (A carta é válida)
- A quem pertence este veículo?
- É meu, senhor guarda. Aqui tem o registo de propriedade. (O carro é, de facto, do condutor)
- Abra, por gentileza, o seu porta-luvas, lentamente, por favor...
- Sim, senhor. (O porta-luvas está vazio)
- Quer abrir o porta-bagagens, por favor?
- Sim, senhor. (Não tem corpo nenhum)
- Não compreendo. O agente que o mandou parar disse que o senhor afirmou não ter carta de condução, ter roubado o carro, ter uma arma no porta-luvas e um corpo no porta-bagagens!!!
- Ah!! E aposto que ESSE MENTIROSO também disse que eu ia em excesso de velocidade... Só me faltava mais essa!!!

tronxa disse...

e agora, óó!!!!

Bernardo Moura disse...

óóora fazes tu muito bem!

eheheh

tronxa disse...

O fotógrafo tira a fotografia de grupo da professora com as suas crianças de 5 anos. Todos saíram na fotografia e a professora tenta persuadir as crianças a comprarem uma fotografia.
"Imaginem que um dia, quando já forem grandes, vão olhar para esta fotografia e dizer 'Olha, ali está a Catarina; já é advogada' ou então 'Olha o Miguel, já é médico'"
E ouve-se uma vozinha do fundo da sala "Olha, ali está a professora. Já morreu!"

tronxa disse...

Num liceu no Porto estava a acontecer uma coisa muito fora do comum. Um bando de miúdas de 12 anos andava a pôr batom nos lábios, todos os dias e para remover o excesso de batom beijavam o espelho da casa de banho.
O director andava bastante preocupado, porque o contínuo tinha um trabalho enorme para limpar o espelho ao fim do dia e no dia seguinte lá estavam outra vez as marcas de batom no espelho.
Um dia juntou o bando de miúdas e o contínuo na casa de banho e explicou que era muito complicado limpar o espelho com todas aquelas marcas que elas faziam e para demonstrar como, pediu ao contínuo para mostrar como é que ele tinha de limpar o espelho.
O contínuo pegou numa esfregona, molhou-a na sanita e passou-a no espelho.
Nunca mais apareceram marcas no espelho. Há professores e há educadores...

tronxa disse...

Na escola, a professora pergunta ao Joãozinho:
- Joãozinho, eu tenho sete laranjas nesta mão e oito na outra. O que é que eu tenho?
- A professora tem mãos grandes!...

tronxa disse...

José Sócrates, numa das suas múltiplas visitas a escolas, numa delas considerada escola-modelo onde foi distribuir uns computadores aos professores, resolve pôr um problema às criancinhas.
(Desta vez, parece que não houve casting prévio...)
- Meninos, tenho um problema para vocês resolverem. Quem acertar na solução ganha um computador que eu ofereço!!!
Então, é assim:
Um avião saiu de Amesterdão com uma velocidade de 800 km/h; a pressão era de 1.004,5 milibares; a humidade relativa era de 66% e a temperatura 20,4 ºC. A tripulação era composta por 5 pessoas, a capacidade era de 45 lugares para passageiros, a casa de banho estava ocupada e havia 5 hospedeiras, mas uma estava de folga.
A pergunta é... Quantos anos tenho eu?
Os alunos ficam assombrados.
O silêncio é total.
A professora fica estupefacta.
Então, o Joãozinho, lá no fundo da sala e sem levantar a mão, diz de pronto:
- 50 anos, senhor inginheiro!
José Sócrates surpreendido fita-o e diz:
- Caramba! Acertaste em cheio. Vou dar-te o computador! Eu tenho mesmo 50 anos. Mas como encontraste esse número?
E Joãozinho diz:
- Bem, foi muito fácil. Foi uma dedução lógica, porque eu tenho um primo que é meio parvo, e tem 25 anos...

tronxa disse...

A professora pergunta a um aluno:
- Qual é o macho da cadela?
- É o cão.
- Muito bem.
A seguir pergunta a uma menina:
- E tu, qual é o macho da leoa?
- É o leão!
- Sim senhor!
De seguida pergunta a outro miúdo, menos estudioso:
- Qual é o macho da ovelha?
- Hum... Deve ser... O comboio!
- Ui... O comboio? A que propósito?
- Bem... Eu é que no outro dia ouvi o meu avô dizer ao meu pai que andava a pastar as ovelhas e que veio um comboio e que lhe fodeu duas...

tronxa disse...

Numa prova oral do curso de medicina, o professor pergunta:
- Quantos rins nós temos?
- Quatro! - responde o aluno.
- Quatro? - replica o professor, arrogante.
- Traga um feixe de palha, pois temos um asno na sala de aula! - ordena o Professor ao seu auxiliar.
- E para mim um cafezinho! - replicou o aluno ao auxiliar do mestre.
Exasperou-se o professor, e expulsou o aluno da sala.
O aluno ao sair da sala, teve ainda a suprema audácia de corrigir o supremo mestre:
- O senhor perguntou-me quantos rins "nós" temos. "Nós" temos quatro: dois meus e dois seus.
- Tenha um bom apetite, delicie-se com a palha!"

tronxa disse...

Aluno de Direito durante uma prova oral.
- O que é uma fraude?
- É o que o senhor professor está a fazer- responde o aluno.
- O professor fica indignado.
- Ora essa! Explique-se.
- Então, diz o aluno:
- Segundo o Código Penal, "comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar".

tronxa disse...

História verídica (?!) ocorrida numa Faculdade do Porto:
Uma professora universitária acabava de dar as últimas orientações aos alunos acerca do exame que ocorreria no dia seguinte.
Finalizou alertando que não haveria desculpas para a falta de nenhum aluno, com excepção de um grave ferimento, doença ou a morte de algum parente próximo.
Um engraçadinho que estava sentado no fundo da sala, perguntou com aquele velho ar de cinismo:
"De entre esses motivos justificados, podemos incluir o de extremo cansaço por actividade sexual??"
A classe explodiu em gargalhadas, com a professora a aguardar pacientemente que o silêncio fosse estabelecido. Assim que isso aconteceu, ela olhou para o palhaço e respondeu:
"Isso não é um motivo justificado. " - e continuou serenamente:
"Como o exame será de escolha múltipla, você pode vir para a sala e escrever com a outra mão... ou se não se puder sentar, pode responder de pé".

tronxa disse...

Depois da grande campanha do BES com o Cristiano Ronaldo:
"O Cristiano é como o dinheiro, parado não rende!!!"
Vai ser feita uma nova campanha com o Nuno Gomes e tudo trocando apenas uma vírgula de lugar!!!
"O Nuno Gomes é como o dinheiro parado, não rende!!!!"

tronxa disse...

O anúncio surgiu de surpresa no dia de ontem quando a equipa da Ferrari fez saber à comunicação social que pretendia contratar um grupo de jovens do Bairro da Cova da Moura.
A decisão surgiu depois dos responsáveis da equipa terem assistido a um documentário na RTP África em que se mostrava que um grupo de jovens do bairro era capaz de remover 4 pneus em menos de 6 segundos usando ferramentas básicas, ao contrário da actual equipa de mecânicos da Ferrari que apenas consegue fazer 8 segundos contando com milhões de euros de equipamento de ponta!
Esta decisão audaz pode tornar-se um dos momentos decisivos do campeonato, já que actualmente muitas das corridas são ganhas nas boxes, e pode-se tornar uma vantagem em relação às outras equipas.
No entanto a equipa de F1 acabou por ter algumas surpresas. No primeiro treino a nova equipa de mecânicos, não só foi capaz de mudar os pneus em 6 segundos como também repintaram o carro, mudaram o número de série e venderam-no à Mclaren por 8 grades de cerveja, um saco de ganzas e algumas fotos da mulher do Raikonen no chuveiro.

tronxa disse...

Um preto tinha de ir a uma festa de fantasia. Pede então à mulher,uns dias antes, para lhe comprar uma fantasia.
Ao chegar a Casa, à noite, vai ao quarto e vê uma fantasia de Super-Homem em cima da cama.
Muito chateado, diz à mulher:
- "Mas que merda dos fantasia é essa que TU arranjou? Tu já alguma Vez viu Super-Homem preto? Tu vai trocar essa merda já."
No outro dia, foi feita a troca por uma outra fantasia, desta vez de Batman.
À Noite, há novamente gritaria:
-"F....., mulher, TU és burra!!! Tu já viu Batman preto??? Tu vai trocar essa merda outra vez."
Na noite seguinte, quando o marido chega a casa, vai ao quarto e encontra três grandes botões brancos, um cinto branco e um pedaço de madeira comprido. O marido estranha e pergunta:
- "Mas que merda dos fantasia é essa?"
A mulher responde:
- "Tu tira OS roupa, TU cola OS botão nos frente do corpo e TU vai fantasiado de peça de dominó. Se TU não gosta, TU põe OS cinto branco e vai vestido de bolacha Oreo! Se TU ainda não gosta, TU pega nos pau, TU enfia os pau no cu, e TU vai mascarado de Magnum!!!"

tronxa disse...

Duas bichas voltam da Europa de avião quando, no meio da noite, uma delas convida:
- Querido, e que tal se a gente desse uma queca, agora?
- Você está maluca! Isto está cheio de gente...
- Mas estão todos a dormir...
- Sim... mas há as hospedeiras...
- Elas também estão a dormir, quer ver? - e grita:
- Hospedeira...Hospedeira... traga-me um uísque!
Silêncio total. Então a bicha baixou as calças e sentou-se no colo da outra. Algumas horas depois, o dia já estava amanhecendo e a hospedeira vê um dos passageiros a tiritar de frio.
- Meu Deus, o senhor está gelado. Porque é que não pediu um cobertor?
- Eu não sou burro! O sujeito ali atrás pediu um uísque e acabou por levar no cú a noite toda!

tronxa disse...

- Doctor, doctor! Tenho um problema: não sei se sou homosexual e quero saber se me pode fazer um test...
- Bem, vamos a ver.
O médico agarra-lhe num testículo e diz:
- Diga noventa e nove.
- Noventa e nove.
O médico pega-lhe no pénis e diz:
- Diga noventa e nove.
- Noventa e nove.
O médico mete-lhe o dedo no cu e diz:
- Diga noventa e nove.
- Aiiiiiii!!!! Uummmmm.... doooooiiiiissss.... trêsssss.... quaaaaaatrrroooo....

tronxa disse...

Uma zebra nova pergunta à mãe:
- Mãe eu sou uma zebra branca com listas pretas ou preta com listas brancas?
- Oh filha não sei. Vai perguntar ao leão que ele é o rei da selva, deve saber.
A zebra vai ter com o leão e pergunta:
- Rei Leão, sou uma zebra branca com listas pretas ou preta com listas brancas?
- Não sei, vai ter com o mocho, que ele é sábio e deve saber.
E a zebra lá vai ter com o mocho. Chega ao pé do mocho e pergunta:
- Mocho, a minha mãe não sabe, o leão também não... Afinal eu sou uma zebra branca com listas pretas ou preta com listas brancas?
Responde o mocho, com toda a sua sabedoria:
- Claro que tu és uma zebra branca com listas pretas.
- Então porquê, mocho?
- Porque se fosses preta com listas brancas tu dizias:"Esmocho escamarada, mim ser uns zebra esbranca cons lista esprêta ou uns zebra esprêta cons lista brânca?"

tronxa disse...

Chegou às portas do céu um negrão tipo carvão, todo bangão, vestido de fato branco, camisa creme, gravata prateada, sapatos dourados e impecavelmente penteado à Elvis...
São Pedro, meio obtuso com a figura, perguntou:
- Faça favor, quem é o Sr.?
- Leonardo di Caprio - respondeu o black.
São Pedro olhou bem para ele, consultou a lista dos contemplados para entrar no Paraíso. Consultou também o manual de instruções e disse:
- Não se importa de repetir o seu nome, por favor?
O colored, todo empertigado repete :
- Leonardo di Caprio.
São Pedro volta a consultar o manual ... e pedindo licença, vai consultar o Mestre.
Já nos aposentos do Mestre, diz o discipulo :
- Senhor, tenho aqui um problemito ...
- Diga Pedro, qual é a sua duvida ?
- É só para eu confirmar ... O Titanic ... afundou-se ou ardeu ?!?!?!

tronxa disse...

20 de Abril é o dia de pagamento na empresa mais importante de Angola, onde estão todos os empregados em fila para receber o seu ordenado.O capataz, ao entregar os ordenados:
- Manél, oh Manél?
- Tó qui, patrão!
- Trinta quanza...
- Jôsé, eh Jôsé?
- Présente, sénhor!
- Quarenta quanza...
Ao chegar ao fim da fila, vê que falta um empregado. Intrigado, confere a sua lista. Então, torna a chamar o tal empregado:
- Total, eh Total?... Porra, pá, este gajo é o que recebe mais e nunca aparece!

tronxa disse...

Diz uma galinha a outra:
- Estou doente... E tenho febre...
- Ora... Como é que sabes? Por acaso tens um termómetro?
- Não... Mas acabo de pôr um ovo cozido...

tronxa disse...

Um koala estava sentado numa árvore, fumando um charro...
Uma lagartixa que passava, olhou para cima e disse:
- Hei, Koala...tá tudo bem? O que estás a fazer?'
O koala disse:
- Curtindo uma broca. Sobe, pá...
A lagartixa subiu na árvore e sentou-se ao lado do koala, curtindo alguns charros. Após algum tempo, a lagartixa disse:
- Porra, Koala, tenho a boca sêca, vou beber água ao rio....
A lagartixa, desorientada com o fumo, inclinou-se muito e caiu directamente no rio.
Um jacaré, quando a viu cair, nadou até ela, ajudando-a a subir p'rá margem.
Depois, perguntou:
- Então, lagartixa? O que aconteceu?
A lagartixa explicou que ela estava curtindo umas brocas com o koala numa árvore, ficou azambuada e caiu no rio.
O jacaré disse que ia verificar esta história e entrou na floresta, encontrou o koala sentado num galho, ganzado de todo.
O jacaré olhou para cima e disse:
- Ei! Ó tu aí em cima!
O koala olhou para baixo e disse:
- PUT*-QUE-PARIU, Lagartixa. Quanta água é que tu bebeste?!!

tronxa disse...

Quatro lombrigas foram postas em quatro frascos separados.

A primeira lombriga foi posta num jarro com álcool.
A segunda lombriga foi posta num frasco com fumo de cigarros.
A terceira lombriga foi posta num frasco com esperma.
A quarta lombriga foi posta num frasco com terra.

Depois de um dia, estes foram os resultados:

A primeira lombriga em álcool - morta.
A segunda lombriga em fumo de cigarros - morta.
A terceira lombriga em esperma - morta.
A quarta lombriga em terra - viva.

Moral da História:

Enquanto você beber, fumar e fizer sexo, não apanha lombrigas

tronxa disse...

Certo dia andava um elefante pela floresta quando viu uma formiguinha atolada na lama, quase a afogar-se.
O elefante esticou os braços, para a tentar ajudar, mas não chegava lá.
Tentou-lhe atirar o rabo, mas também não dava.
Tentou com a tromba, muito longe.
Finalmente, teve uma ideia. Atirou-lhe o coiso na direcção dela e finalmente conseguiu salvar a formiguinha.
Anos mais tarde, a mesma formiguinha, agora um empresário de sucesso, passeia na floresta com o seu Ferrari.
Nisto, depara-se com o elefante atolado na lama.
O elefante, desesperado, pede-lhe ajuda.
A formiga encosta o carro à poça de lama, vai à mala, tira um corda, ata uma das pontas ao carro e atira a outra ao elefante, que a segura com a tromba.
A formiga mete-se no carro, põe a marcha-a-trás a toda a velocidade e lá consegue salvar o elefante.

Moral de história: Quem tem um Ferrari, não precisa ter o coiso grande.

tronxa disse...

Diz a ovelha para o carneiro:
- Tens tão pouca lã...
E diz ele:
- Então, mas viemos para aqui f........ ou fazer tricot?

tronxa disse...

Um dia, uma senhora chega ao pé de um padre e diz-lhe:
- Padre, tenho um problema. Sou dona de duas araras que só sabem dizer uma coisa.
- O quê?- pergunta o padre.
Só dizem:
- Olá, somos prostitutas. Queres divertir-te?
- Que horror!- exclama o padre.
- Mas, minha filha, vou resolver o seu problema. Se trouxer as araras para minha casa, ponho-as junto dos meus papagaios que só sabem rezar e ler a Bíblia. Com eles, vão esquecer aquela frase horrível e vão aprender a rezar.
A senhora agradeceu e, no dia seguinte, levou as araras para casa do padre. Quando lá chegou, os papagaios estavam a rezar o terço.
A senhora colocou as araras dentro da gaiola dos papagaios. Então, as araras disseram:
- Olá, somos prostitutas. Queres divertir-te?
Um dos papagaios olha para o outro e diz:
- Eh, pá, guarda lá o terço que as nossas preces foram atendidas!

tronxa disse...

Um pato todos os dias entrava numa mercearia e dizia:
- Tem comida para patos?
E o merceeiro respondia-lhe:
- Não, não tenho comida para patos.
Isto repetia-se dia após dia e cada vez incomodava mais o merceeiro.
Certo dia, o pato entra e diz:
- Tem comida para patos?
- Ouve lá, já estou farto de te dizer que não tenho comida para patos! Da próxima vez que entrares aqui e pedires comida para patos, prego-te as patas ao chão!
No dia seguinte o pato volta a mercearia e diz:
- Tem pregos?
- Pregos? Não...
- E comida para patos, tem?

tronxa disse...

Descrição de ocorrências nas participações de sinistro do ramo automóvel em 1998,consideradas as mais 'caricatas&quanto baste!!!'

1. O falecido apareceu a correr e desapareceu debaixo do meu carro.
(das duas uma: ou era atleta ou mágico!)

2. Para evitar bater de frente no contentor do lixo,atropelei um peão.
(o importante é q não acertou no contentor do lixo!!!)

3. O acidente aconteceu quando a porta direita de um carro apareceu de esquina sem fazer sinal.
(autêntico caso de Ficheiros Secretos)

4. A culpa do acidente não foi de ninguém, mas não teria acontecido se o outro condutor viesse com atenção.
(desde que a culpa não seja de ninguém...)

5. Aprendi a conduzir sem direcção assistida. Quando girei o volante no meu carro novo, dei comigo na direcção oposta e fora de mão!
(a culpa aqui também não é de ninguém, mas se o tivessem ensinado a conduzir com direcção assistida isso não teria acontecido!!!)

6. O peão bateu-me e foi para baixo do carro.
(malditos peões, só servem para destabilizar...só para chamarem a atenção... malditos arruaceiros!)

7. O peão não sabia para onde ia, então eu atropelei-o!
(ora lá está! Mais uma vez a tentarem destabilizar! Mas assim ao menos ficou o caso resolvido...hospital com ele!)

8. Vi um velho enrolado, de cara triste, quando ele caiu do tejadilho do meu carro.
(It's raining men...ALELUIA!!!)

9. Eu tinha a certeza que o velho não conseguia chegar ao outro lado da estrada, por isso atropelei-o.
(ora aí está! Tá feita a boa acção do dia)

10. Fui cuspido para fora do carro, quando ele saiu da estrada. Mais tarde fui encontrado numa vala por umas vacas perdidas.
(se as vacas estavam perdidas, ele foi achado ou perdido?!?)

11. Pensei que o meu vidro estava aberto, mas descobri que estava fechado quando pus a cabeça de fora.
(e assim que ele viu as vacas, estas ficaram achadas ou continuaram perdidas?!?)

12. Bati contra um carro parado que vinha em direcção contrária.
(ora aí está uma coisa perigosa! Esses são os piores.... todo o cuidado é pouco quando eles estão parados...sobretudo se vierem em direcção contrária!)

13. Saí do estacionamento, olhei para a cara da minha sogra e caí pela ribanceira abaixo.
(nova campanha da DGV:'Se conduzir, não leve a sogra' )

14. O tipo andava aos ziguezagues de um lado para o outro da estrada. Tive que me desviar uma porção de vezes antes de o atropelar.
(mas o importante é que conseguiu ! Há que ir sempre tentando e ter orgulho na pontaria!)

15. Já conduzia há 40 anos, quando adormeci ao volante e sofri o acidente.
( é perfeitamente natural, então se o senhor conduz há tantos anos deve, com certeza, estar muito cansado!)

16. Um carro invisível veio de não sei onde, bateu no meu carro e desapareceu.
(Mais um caso para Mulder e Scully.... ou então para os Alcoólicos Anónimos...)

17. O meu carro estava estacionado correctamente, quando foi bater de traseira no outro carro.
(eu bem digo que os parados são os piores.... eles andam aí!!!)

18. De regresso a casa, entrei com o meu carro na casa errada e bati numa árvore que não é minha.
(aqui não restam dúvidas....é caso para os Alcoólicos Anónimos!)

19. A camioneta bateu de traseira no meu pára-brisas, em cheio na cabeça da minha mulher.
(e só não foi na cabeça da sogra graças à nova campanha da DGV senão...)

20. Disse à policia que não me tinha magoado, mas quando tirei o chapéu percebi que tinha fracturado o crânio.
(estava agora a lembrar-me...pertenceria o tal tipo dos ziguezagues aos Alcoólicos Anónimos também???)

tronxa disse...

Resposta a um inquérito a 850.000 habitantes em Portugal:

Você pensa que existem demasiados emigrantes em Portugal?

20% - Sim
13% - Não
67% - Oi?!

tronxa disse...

Um homem era muito triste por não ter um braço.
Um dia os amigos tentam convencê-lo a ir a uma discoteca. Relutante, e face à insistência, o homem acaba por aceder.
Quando já estava na discoteca o homem vê outro, sem os dois braços, a dançar.
De repente sentiu uma inspiração divina, ao ver um homem, sem ambos os braços, a dançar tão freneticamente.
Foi ter com ele e disse:
- Meu amigo... que inspiração... eu que não tenho um braço e só por isso não saía de casa... e você, sem os dois, a dançar como dança... sinto-me rejuvenescido!
- Pois, pois! Você diz isso porque não tem a comichão que eu tenho no cú!

tronxa disse...

Um vendedor de aspiradores, que se achava bem espertalhão, entra porta adentro em casa de uma senhora e despeja uns bons 3 quilos de esterco de vaca no tapete da sala e diz:
- Bem minha senhora, pode ficar tranquila que este aspirador - última geração - suga tudo e garanto-lhe: se ele não aspirar, eu como!
A senhora pediu que aguardasse um minuto e voltando em seguida, com uma colher na mão, deu-lhe e disse:
- Então pode começar... Neste bairro à 3 dias que estamos sem energia...

tronxa disse...

Indicações em embalagens....que bonito!!!!

Na embalagem de sabonete Dove:
'INDICAÇÕES: UTILIZAR COMO SABONETE NORMAL'
(Boa! Cabe a cada um imaginar para que serve um sabonete anormal)

-----------##---------------

Em alguns pacotes de refeições congeladas Iglo:
'SUGESTÃO DE APRESENTAÇÃO: DESCONGELAR PRIMEIRO'
(É só sugestão! De repente o pessoal pode estar afim de lambê-la, como se fosse um gelado...)

-----------##---------------

Num hotel que oferecia touca para o duche:
'VÁLIDO PARA UMA CABEÇA'
(Alguém muito romântico poderia colocar a sua e a da amada na mesma touca...)

-----------##---------------
Na sobremesa Tiramisú da marca Tesco, impresso no lado de Baixo da caixa :
'NÃO INVERTER A EMBALAGEM'
(Oops!!! Leu o aviso...é porque já inverteu!)

-----------##---------------

No pudim do Mini Preço:
'ATENÇÃO: O PUDIM ESTARÁ QUENTE DEPOIS DE AQUECIDO'
(Brilhante!!!)

-----------##---------------

Na embalagem da tábua de passar Rowenta:
'NÃO ENGOMAR A ROUPA SOBRE O CORPO'
(Gostaria de conhecer a infeliz criatura que deu origem a este aviso)

-----------##---------------

Num medicamento (pediátrico) contra o catarro infantil, da Boots:
'NÃO CONDUZA AUTOMÓVEIS NEM MANEJE MAQUINARIA PESADA DEPOIS DE TOMAR ESTE MEDICAMENTO'
(Tantos acidentes na construção civil poderiam ser evitados se fosse possível ter esses Hooligans de 4 anos longe dos Catterpillars)

-----------##---------------

Nas pastilhas para dormir da Nytol:
'ADVERTÊNCIA: PODE PRODUZIR SONOLÊNCIA'
(Pode não, deve!!!! Foi para isso que eu comprei!!!)

-----------##---------------

Numa faca de cozinha :
'IMPORTANTE: MANTER LONGE DAS CRIANÇAS E ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO'
(Será que lá os cães e gatos são ninjas disfarçados? Nunca vi nenhum mexer em facas!)

-----------##---------------
Numa série de luzes de Natal:
'USAR APENAS NO INTERIOR OU NO EXTERIOR'
(Alguém me pode dizer qual é a 3ª opção?)

-----------##---------------

Nos pacotes de amendoim da Matutano:
'AVISO: CONTÉM AMENDOINS'
(Mania de estragar as surpresas!)

-----------##---------------

Numa serra eléctrica da Husqvarna:
'NÃO TENTE DETER A SERRA COM AS MÃOS OU OS GENITAIS'
(Sem comentários)

tronxa disse...

Muita gente tem dito que o problema é que o Sócrates viaja demais.
Mas, o problema não é esse!
O problema é que ele volta...

tronxa disse...

Um amigo meu comprou um frigorífico novo e para se livrar do velho, colocou-o em frente do prédio, no passeio, com o aviso:
"Grátis e a funcionar. Se quiser, pode levar".
O frigorífico ficou três dias no passeio sem receber um olhar dos passantes.
Ele chegou à conclusão que as pessoas não acreditavam na oferta. Parecia bom de mais para ser verdade e mudou o aviso: "Frigorífico à venda por 50,00 €. No dia seguinte, tinha sido roubado!

tronxa disse...

Um Tripeiro da Constituição abre uma loja na baixa de Lisboa, em pleno Rossio e põe na montra o seguinte reclame: 'LOJA DO TEM TUDO'.
Um Alfacinha que passava pela rua, ao lêr o que estava escrito no reclame, resolve entrar na loja, chega-se ao balcão e pede:
- Dê-me uma garrafa de vinho do Porto Vintage, de 1930.
O Tripeiro procura nas prateleiras, vai ao armazém e traz a garrafa pretendida.
No dia seguinte, o Lisboeta resolve voltar à loja para tramar o Portuense.
- Bom dia, dê-me 1/2 dúzia de ovos de avestruz.
O Tripeiro vai ao armazém e traz-lhe os seis ovos de avestruz.
O Lisboeta paga, e sai da loja dizendo para si mesmo: Amanhã é que vou tramar este gajo, palavra de Alfacinha.
No dia seguinte lá voltou à loja.
- Bom dia amigo, hoje preciso de 1/2 litro de esperma.
O Tripeiro pensa com os seus botões, **olha, olha este Morcom** e sem se desmanchar, pergunta-lhe:
- O amigo trouxe o Basilhame ou Bai levar no cú...?

minda disse...

O director da prisão chamou o preso e a sua advogada e disse-lhe:
-Vejo aqui,na sua ficha,k você foi operado várias vezes desde k está preso.
Tiraram-lhe um dedo por causa de um acidente,também lhe traram 4 dentes,e ultimamente tiraram-lhe o apêndice.
Foi assim?
-Foi,sim,senhor Director.
-Pois bem,não pense que me ilude! Se pensa em saír desta instituicão aos bocadinhos,tire daí a ideia! Daqui ninguém sai,senão no fim da pena!

tronxa disse...

Sabia que:

Que durante a Guerra de Sucessão, quando as tropas voltavam para o quartel após uma batalha sem nenhuma baixa, escreviam numa placa imensa: "0 Killed" (zero mortos)? Daí surgiu a expressão O.K. para indicar que tudo está bem.

Que quando os conquistadores ingleses chegaram a Austrália, se assustaram ver uns estranhos animais que davam saltos incríveis? Imediatamente chamaram um nativo (os aborígines australianos eram extremamente pacíficos) e perguntaram qual nome do bicho. O índio sempre repetia "Kan Ghu Ru", e portanto o adaptaram a inglês, Kanguroo"(canguru). Depois, os lingüistas determinaram o significado, que era muito claro: os indígenas queriam dizer: "não te entendo".

Que a parte do México conhecida como Yucatan vem da Época da conquista,quando um espanhol perguntou a um indígena como eles chamavam esse lugar? O índio respondeu: "Yucatan". Mas o espanhol não sabia que ele estava informando: "não sou daqui".

Que na antiguidade, quando ao casais se casavam e iam Para casa para a noite de núpcias os vizinhos e parentes desenhavam uma lua com mel na porta da casa para dar sorte. Dai a expressão "lua de mel".

minda disse...

Um sujeito de barba grisalha dá ordem ao barbeiro para que lhe rape a barba.
-Dizem todos que pareço um velho. Sempre quero ver se depois de deitada a baixo a barba,ainda dizem o mesmo.
Acabada a operação,pergunta ele ao barbeiro:
-Então,ainda pareço velho?
-Nada,não senhor,agora parece uma velha.

tronxa disse...

Um sujeito foi cortar o cabelo no barbeiro que frequentava há mais de vinte anos.
- Eh pá, estou entusiamado, amanhã vou para Itália.
- Itália? - perguntou o barbeiro. - Com tanto lugar bom para ir, tu vais para Itália?
- É, eu vou pela Alitalia.
- Minha nossa, na pior companhia de aviação do mundo. Vais para que cidade?
- Roma.
- Que cena! Que cidade feia! Vai-te hospedar onde?
- No Hilton.
- Que... Aquilo é uma espelunca! Vais ver o papa?
- Claro!
- Roteiro típico... Milhões de pessoas acotovelando-se só pra ver o papa.
O sujeito saiu do barbeiro chateado. No dia seguinte viajou, adorou a viagem, que foi optima. Logo que voltou fez questão de voltar à
barbearia.
- E então como foi a viagem? - perguntou o barbeiro.
- Nem sabes o que me aconteceu. Eu estava lá no Vaticano tentando ver o papa. Logo que o papa chegou na escada ele olhou para multidão e
desceu. Saiu e começou a andar na minha direção. Foi-se aproximando cada vez mais de mim. Quando o papa chegou bem perto de mim, falou-me
ao meu ouvido. Só pra mim!
- E o que o papa disse?
- Cabelo mal cortado o seu! Que porcaria de barbeiro o teu...

tronxa disse...

João, surdo como uma porta, sai do ginecologista acompanhando da mulher e, muito preocupado, diz:
- Não sei se ouvi bem o que o médico disse: se tu estás fodida dos ovários, ou se tu fodes com vários.

tronxa disse...

Era uma vez um marreco, muito marreco, que uma vez foi ao cemitério à meia-noite. Levanta-se um morto e diz:
- "Quem vem lá?"
- "Sou eu, o marreco", diz o homem assustado.
- "O que trazes nas costas?"
- "Uma marreca", continua ele apavorado.
- "Então a tua marreca vai desaparecer", disse o morto, que, com um passe de magia, faz desaparecer a marreca do homem.
O marreco, todo feliz da vida, vai a correr a contar o que se tinha passado ao seu melhor amigo, que era coxo. O amigo, todo guloso, corre para o cemitério, para ver se tinha igual sorte. Levanta-se o morto e diz:
- "Quem vem lá?"
- "Sou eu, o coxo".
- "O que trazes nas costas?"
- "Não trago nada", diz o coxo confuso.
- "Então... toma lá uma marreca!"

tronxa disse...

O mecânico para a cliente:
- "Não consegui afinar os travões, por isso aumentei o som da buzina!"

tronxa disse...

Teste #1:

De aorcdo com uma peqsiusa de uma uinrvesriddae ignlsea, não ipomtra em qaul odrem as Lteras de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e útmlia Lteras etejasm no lgaur crteo. O rseto pdoe ser uma bçguana ttaol, que vcoê anida pdoe ler sem pobrlmea. Itso é poqrue nós não lmeos cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa cmoo um tdoo.

Teste #2:

Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua mente leia corretamente o que está escrito.

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!

tronxa disse...

Há uns dias li um livro sobre culturas orientais que dizia:
"O caminho para conseguir a paz interior reside em acabar as coisas que começamos".
Depois e um longo período de reflexão pensei:
"Pode ser que seja verdade..."
Olhei em meu redor vi todas as coisas que tinha iniciado e continuavam inacabadas...
.... Assim, hoje pus mãos à obra e terminei: uma garrafa de Bailey's, uma de vinho tinto, uma de Chivas Regal, 4 Heineken, 3 chocolates e uma caixa de preservativos.

Nem imaginam como me sinto melhor!

tronxa disse...

Um político, que estava em plena campanha, chegou a uma pequena cidade, subiu num caixote e começou o seu discurso:
- Compatriotas, companheiros, amigos! Encontramo-nos aqui, convocados, reunidos ou ajuntados, para debater, tratar ou discutir um tópico, tema ou assunto, o qual é transcendente, importante ou de vida ou de morte. O tópico, tema ou assunto que hoje nos convoca, reúne ou ajunta, é a minha postulação, aspiração ou candidatura a Presidente da Câmara deste Município.
De repente, uma pessoa do público pergunta:
- Ouça lá, porque é que o senhor utiliza sempre três palavras, para dizer a mesma coisa?
O candidato respondeu:
- Pois veja, meu senhor: A primeira palavra é para pessoas com nível cultural muito alto, como poetas, escritores, filósofos, etc.. A segunda é para pessoas com um nível cultural médio, como o senhor e a maioria dos que estão aqui. E a terceira palavra é para pessoas que têm um nível cultural muito baixo, pelo chão, digamos, como aquele bêbado, ali jogado na esquina.
De imediato, o bêbado se levantou, cambaleando, e respondeu:
- Senhor postulante, aspirante ou candidato! (hic) O facto, circunstância ou razão pelo qual me encontro (hic) num estado etílico, bêbado ou mamado (hic), não implica, significa, ou quer dizer que o meu nível (hic) cultural seja ínfimo, baixo ou, mesmo, ralé hic). E com todo o respeito, estima ou carinho que o Sr. me merece (hic) pode ir agrupando, reunindo ou ajuntando (hic) os seus pertences, coisas ou bagulhos (hic) e encaminhar-se, dirigir-se ou ir diretinho (hic) à leviana da sua genitora, à mundana da sua mãe biológica ou à puta que o pariu!

tronxa disse...

Morre Sócrates e o funeral é no Palácio de S. Bento.
Ao lado do caixão está uma guarda de soldados.
Nisto aparece uma velhinha com uma sacola de comida e começa a pôr dentro do caixão cenouras, tomates, alfaces, etc., enquanto os soldados olham para ela surpresos.
A velha continua a colocar alimentos no caixão e um dos soldados educadamente interrompe-a:
- Minha senhora, por favor, não pode fazer isso!
A velha, enquanto continua a colocar a comida responde:
- O que é que você quer, filho? Que os coitados dos vermes comam só merda ?

tronxa disse...

Um homem entra num bar com uma avestruz atrás dele.
Ambos se aproximam do balcão e o homem diz:
- Queria um hamburguer com batatas fritas e uma coca-cola.
Diz a avestruz:
- Eu também.
O empregado serve-os e diz:
- São 8 euros e 30 cêntimos.
O homem leva a mão ao bolso e tira de lá o dinheiro certo para pagar.
Finda a refeição, o homem e a avestruz saem.
No dia seguinte regressam outra vez.
O homem diz:
- Queria um cachorro quente e uma 7up.
Diz a avestruz:
- Para mim é o mesmo.
O empregado serve-os e diz:
- São 5 euros e 60.
O homem mete a mão ao bolso e tira de lá o dinheiro certo, novamente.
O empregado pergunta-lhe:
- Desculpe, mas... Há aqui qualquer coisa de muito estranho... Uma avestruz que fala e que pede sempre o mesmo que você... Você nunca precisa de troco, tem sempre o dinheiro certo... Como é que faz isso?
- Bem... Há uns anos atrás encontrei uma lâmpada mágica. Esfreguei-a e de lá saíu um génio que me concedeu dois desejos. O meu primeiro desejo foi ter sempre a quantia certa para pagar o que quer que fosse no meu bolso.
- Ena, mas isso foi uma excelente escolha... Outra pessoa provavelmente teria pedido uma quantia certa, mas assim o senhor tem dinheiro para sempre!
- Exacto. Não importa se vou pagar um cachorro quente, um hamburguer ou um mercedes. Tenho sempre dinheiro certo.
- Sim senhor... Mas então e a avestruz?
- Bem, foi o meu segundo desejo... Pedi uma miúda com um rabo grande, pernas grandes, que me seguisse para todo o lado e que concordasse em tudo comigo.

tronxa disse...

Eu não costumo ligar este tipo de avisos por serem alarmistas e muitas vezes infundados, mas este parece-me verdadeiramente genuíno e grave, por isso cá vai:

Tenham muito cuidado ao parar nos semáforos onde estão aqueles malabaristas com fogo. Enquanto o condutor está a assistir ao espectáculo, outro malabarista vem por trás e atira um cocktail molotov para dentro do carro! O motorista, assustado e com o carro em chamas, sai desesperado. Nesse momento, surge um terceiro malabarista, que vem pela direita e manda um chimpanzé amestrado para dentro do carro, com um fato com isolante térmico. Este chimpanzé, treinado na cidade do Cairo e alimentado com damascos gigantes da Nova Guiné, rouba-lhe o auto-rádio e tudo o que houver dentro do automóvel. Enquanto isso, dois falcões peruanos de caça fazem voos rasantes sobre a cabeça do condutor, lançando bostas volumosas e compactas que acabam por distrair o condutor do que está a acontecer dentro do carro! Quando o chimpanzé volta, eles fogem numa trotinete motorizada verde musgo, fazendo uma pirâmide humana e cantando "Eu tenho 2 amores" do Marco Paulo, rumo a outro sinal...

O marido da prima da vizinha da cunhada da tia de um amigo de um amigo meu passou por isso e eu então resolvi dar o alerta.

Passa a todos os teus contactos de e-mail este aviso! Se não o fizeres, dentro de 5 minutos cai-te um braço, apanhas herpes por baixo das unhas dos pés, nos dentes e o teu telemóvel deixa de funcionar!!!!

E a polícia sem nada fazer...

tronxa disse...

Viajavam num comboio um português, um brasileiro, um francês e um cubano. Passado um pouco...
O brasileiro abriu a mala, tirou um belo pedaço de picanha, mordeu uma pequena parte e mandou o resto pela janela... Todos observaram aquilo com um certo espanto e o brasileiro justificou:
- Ue! Esta merda é o que há mais na minha terra!
Passado algum tempo, o francês abriu a mala, tirou o belo de um queijo e repetiu o acto do brasileiro. Todos os outros olharam para ele espantados e o francês disse:
- Oui! Esta merda é o que há mais na minha terra!
Mais algum tempo passou e foi a vez do cubano. Abriu a mala, tirou um tremendo charuto cubano, de uns 20 centímetros, deu uma fumaça, apagou e mandou o resto todo pela janela... O espanto era geral e o cubano disse:
- Pues que si! Esta mierda e o que há mais na minha terra!
Passaram uns vinte minutos, o silêncio reinava na carruagem, quando de repente, o português, sem nada dizer, levantou-se e mandou o brasileiro pela janela.

tronxa disse...

O Exército decide dar prémios aos seus soldados.
Cada militar tem que escolher dois pontos no corpo e recebe 100 euros por cada centímetro de distância entre eles.
O primeiro pede para ser medido da ponta dos pés até ao topo da cabeça.
1m80, 18,000 euros.
O segundo pede para ser medido da ponta dos pés até às pontas das mãos.
Estica-se todo, 2m10, 21,000 euros.
O terceiro, um soldado já velhote, diz:
- Da ponta da gaita até aos testículos!
- Ora... Guarde lá as graçolas para as raparigas. Diga lá de onde a onde é que vai ser.
- Já disse! Da ponta da gaita até aos testículos! Toca a medir!
- Pronto, está bem. Se é assim que quer, seja!
O soldado baixa as calças, o médico começa a desenrolar a fita e diz:
- Ui... Onde é que estão os seus testículos?
- Em Angola! Vá, vai desenrolando!

tronxa disse...

Iam duas dúvidas num barco, mas o barco virou e elas caíram à água.
As dúvidas nadaram, nadaram, mas acabaram por se afogar.
Sabem porquê?
Porque não há margem para dúvidas.

tronxa disse...

- Se uma pessoa comprar um terreno, ela possui o terreno todo até ao centro da terra?

- Porque é que se chama 'Alcoólicos Anónimos' quando a primeira coisa que fazemos é dizer ' O meu nome é Zé e sou alcoólico '?

- Porque é que há luz no frigorífico e não há no congelador?

- Porque é que a água mineral que corre pelas montanhas durante séculos tem uma 'data para consumo'?

- Porque é que as torradeiras têm sempre uma opção para uma temperatura tão alta que queima as torradas todas?

- Porque é que os pilotos kamikaze usam capacete?

- Quem foi a primeira pessoa que olhou para uma vaca e disse ' Acho que vou espremer estas coisas compridas e beber o que quer que saia de lá '?

- Porque é que quando o Incrível Hulk se transforma, rebenta toda a roupa menos as cuecas?

- Porque é que quando uma pessoa pergunta as horas aponta para o pulso e quando pergunta onde é a casa de banho não aponta para as partes?

- Porque é que o Pateta anda em pé e o Pluto anda de quatro? São ambos cães!

- As pessoas cegas conseguem ver os seus sonhos?

- Se o óleo de milho é feito de milho, e o óleo vegetal é feito de vegetais, do que é feito o óleo de bebé?

- Porque é que quando uma pessoa te diz que há um bilião de estrelas no céu tu acreditas e quando te diz que tens as cuecas molhadas tu precisas de apalpar para ter a certeza?

- Será que os analfabetos sentem o mesmo efeito ao comer sopa de letras?

- Porque é que as agulhas para injecções letais dos condenados à morte são esterilizadas?

tronxa disse...

George W. Bush foi visitar uma escola americana. Entrou numa sala de aula ao calha, sempre acompanhado pelos seus seguranças. Começou então a fazer um discurso sobre a América, e orgulho de se ser americano, etc. No final
perguntou:
- Quem tem dúvidas?
Lá do fundo um rapaz levantou:
- Eu! Olá, eu sou o Jimmy e gostaria de fazer 3 perguntas:
1ª Porque é que falsificou as eleições?
2ª Porque é que não evitou o 11 de Setembro?
3ª Porque é que está a tentar provocar uma guerra contra o Irão?
TTTTRRRRRRRRRIIIIIIIMMMMM! Toca para fora e saiem todos para o intervalo.
Depois de voltarem do intervalo, George W. Bush continua:
- Ora bom, quem é que tem mais dúvidas?
- Eu! - diz outro rapaz lá do fundo e levanta-se - Olá, eu sou o Tommy e gostaria de colocar 5 perguntas:
1ª Porque é que falsificou as eleições?
2ª Porque é que não evitou o 11 de Setembro?
3ª Porque é que está a tentar provocar uma guerra contra o Irão?
4ª Porque é que tocou 20 minutos mais cedo para o intervalo?
5ª Onde é que está o Jimmy?

tronxa disse...

Uma senhora de meia-idade teve um ataque de coração e foi parar ao hospital.
Na mesa de operações, quase às portas da morte, vê Deus e pergunta:
- Já está na minha altura?
Deus responde:
- Ainda não. Tens mais 43 anos, 2 meses e 8 dias de vida.
Depois de recuperar, a senhora decide ficar no Hospital e fazer uma lipo-aspiração, algumas cirurgias plásticas, um facelift,... Como tinha ainda alguns anos de vida, achou que poderia ficar ainda bonita e gozar o resto dos seus dias.
Quando saiu do Hospital, ao atravessar a rua, foi atropelada por uma ambulância e morreu.
A senhora, furiosa, ao encontrar-se com Deus, pergunta-lhe:
- Então eu não tinha mais 40 anos de vida ? Porque que é que não me desviaste do caminho da ambulância ?
Deus responde:
- Porra! Eras tu? Nem te conheci!!!

Bernardo Moura disse...

Certa vez, um padre e uma freira regressavam
para o convento.

Ao cair da noite, avistaram uma cabana a meio do caminho, e
decidiram entrar para pernoitar e prosseguir viagem no dia seguinte.


Ao entrarem na cabana, viram que havia apenas uma cama de casal.


O padre e a freira entreolharam-se e, depois de alguns segundos
de silêncio, o padre disse:

Irmã, pode dormir na cama que eu durmo aqui no chão.
E assim fizeram. No entanto, a meio da madrugada a irmã acordou o padre:

Padre! O senhor está acordado?

O padre, bêbado de sono:

Sim, irmã, precisa de alguma coisa?

Tenho frio...pode dar-me um cobertor?

Sim, irmã, com certeza! O padre levantou-se, foi buscar um cobertor
ao armário e cobriu a irmã com muita ternura.

Uma hora depois, a irmã acorda o padre novamente: Padre! Ainda está
acordado?

O padre: AH? Irmã ... O que foi agora?


É que ainda estou com frio. Pode dar-me outro cobertor?
Claro irmã, com certeza!
Mais uma vez, o padre levantou-se cheio de amor e boa vontade para
atender o pedido da irmã.


Outra hora passou e, mais uma vez, a irmã chamou pelo padre:
Padre. O senhor ainda está acordado?
O padre: Sim, irmã! O que foi agora?!


É que eu não estou a conseguir dormir. Ainda estou com muito frio.

Finalmente, entendendo as intenções da irmã, o padre então disse:
Irmã, só estamos aqui nós dois, certo?

Certo!
O que acontecer aqui, ou deixar de acontecer, só nós saberemos e mais
ninguém, certo?


Certo!
Então tenho uma sugestão ... Que tal se fingirmos ser marido e mulher ?
A freira então pula de alegria na cama e diz :

SIM! SIM !!!


Então o padre muda o tom de voz e grita :
ENTÃO, PORRA ! LEVANTA-TE E VAI BUSCAR A MERDA DO COBERTOR !