sexta-feira, fevereiro 13, 2009

POST ABERTO


ESPAÇO ABERTO!

VALE TUDO!

MENOS PONTAPÉS NOS T..! :)

31 comentários:

António Sabão disse...

Um gajo vai a uma pizzaria agarrado a duas gajas e pede duas pizzas.
Empregado: Sao familiares?
- Não, sao putas, mas têm fome...

António Sabão disse...

Uma pulga está tomando sol na praia, toda bronzeada, debaixo de um guarda-sol.
Nisto, chega outra pulga, branca e morta de frio. A primeira pergunta-lhe:
- O que aconteceu?
- É que eu quis vir à praia, tomar um solzinho e entao subi no bigode de um motociclista que vinha pra cá. Acontece que o cara veio a 200 km/h e eu quase congelei de frio!
A pulga bronzeada responde:
- Pô, você tem que fazer como eu: esconda-se no banheiro feminino e quando entrar uma garota, esconda-se na calcinha dela. Naqueles pelinhos macios,
você viaja quentinha e segura!
No fim de semana seguinte, voltam a encontrar-se na praia: a primeira, bronzeadíssima e a segunda novamente branca e morta de frio.
- E agora, o que aconteceu? Nao fez como eu disse?
- Claro que fiz. Me escondi no banheiro e quando a garota entrou e baixou a calcinha, eu me acomodei ali muitíssimo bem e dormi.
- Entao, por que você está assim?
- Nao faço a menor idéia: quando acordei estava de novo a 200km/h no bigode do motociclista!

António Sabão disse...

Aí vai um pontapé nos T..! hheheheh
Doeu?

Artur Gonçalves Dias disse...

Mete-os de fora :D

Saudações com molho de tomate

tronxa disse...

A mulher vai à igreja se confessar com o padre:

-Padre, o meu marido é um filho da puta!!

-Não diga isso minha filha, afinal ele é seu marido.

-Mas padre, ontem , ele me beijou!

-Eu também estou te beijando agora e eu não sou filho da puta. (O padre era safado)

-Mas padre, depois ele colocou a mão de baixo da minha saia!

-Eu estou colocando a mão debaixo da sua saia e eu não sou filho da puta!

-Mas padre depois ele tirou a minha calcinha!!

-Ué eu também estou tirando a sua calcinha neste momento e eu não sou filho da puta!

-Mas padre depois ele começou a me comer!

-Eu também estou te comendo ah ah ah.... e eu não sou filho da puta!!

-Mas padre, depois de me comer, ele veio me falar que estava com SIDA!!!

-AI O FIIIIIILHO DA PUTA!!!!!

tronxa disse...

EMENDA: no comentário anterior, onde está escrito filho da puta, leia-se filho da prostiputa!!

tronxa disse...

Um amigo pergunta ao outro:
- Tens alguma fotografia da tua namorada nua?
O outro responde-lhe indignado:
- Não!
- Então toma lá uma que eu tenho duas...

Bernardo Moura disse...

A melhor frase de sempre, de Alberto João Jardim:


- O que pensa sobre o aborto?

- Considero-o um péssimo 1º ministro e está a governar muito mal o País.

tronxa disse...

O Joãozinho estava na sala de aula muito quieto e concentrado, coisa muito rara de acontecer.

A professora observou que ele levantava o dedo indicador e uma mosca rodava, rodava e acabava por pousar no dedo. Aquilo repetiu-se por umas três ou quatro vezes, sempre sob o olhar curioso da professora que pensava:

- este miúdo tem com cada uma...

- mas como é que ele consegue fazer aquilo???

A curiosidade da professora foi tanta que ela também levantou o indicador para ver se a mosca poisava no dedo.

Tentou uma vez e nada.

Tentou uma segunda vez e nada.

Na terceira vez o Joãozinho olha para ela e diz-lhe:

- professora... se a senhora não enfiar o dedo no cu, não adianta!!!

tronxa disse...

Uma mulher muito jeitosa e atraente que está num bar, gesticula graciosamente para o barman que imediatamente se aproxima.

Quando ele chega, ela, muito sedutora, faz sinal para que ele se aproxime.

Ela começa a acariciar-lhe o cabelo e barba, passando e repassando os dedos carinhosamente, e pergunta-lhe:

* Você é o proprietário? passando vagarosamente as mãos pelo seu rosto.

* Não! responde ele.

* Você podia chamá-lo? Preciso falar com ele! Diz ela afagando o cabelo ao barman.

* Acho que não poderei ajudá-la, pois ele não está cá hoje. Diz o barman já profundamente excitado com a situação.

Posso fazer algo por si? Pergunta ele.

* Claro que pode! Preciso que lhe dê um recado.

- Diz ela, massajando-lhe a barba e enfiando dois dedos na boca do barman, deixando que ele os chupe levemente.

Diga-lhe que não há papel higiénico, nem sabonete para lavar as mãos, na casa de banho das senhoras!

Bernardo Moura disse...

ehehehehehehehhheheheheh

tronxa disse...

“Guia Prático da Ciência Moderna” que tem circulado pela Internet:

Lei da Distinção das Ciências:

1. Se mexer, pertence à BIOLOGIA.

2. Se cheirar mal, pertence à QUÍMICA.

3. Se não funcionar, pertence à FÍSICA.

4. Se ninguém entende, pertence à MATEMÁTICA.

5. Se não faz sentido, pertence à ECONOMIA ou à PSICOLOGIA.

6. Se mexer, cheirar mal, não funcionar, ninguém entender e não fizer sentido é INFORMÁTICA.

Lei da Procura Indirecta:

1. O modo mais rápido de se encontrar uma coisa é procurar outra.

2. Encontramos sempre o que não estamos a procurar.

Lei do Telefone

1. Quando te ligam:

- se tens caneta, não tens papel;

- se tens papel, não tens caneta;

- se tens papel e caneta ninguém te liga;

2. Quando ligas para um número errado, esse número nunca está ocupado.

Parágrafo único: Todo o corpo mergulhado numa banheira ou que se encontre debaixo de um chuveiro faz tocar o telefone.

Lei das Unidades de Medida:

Se estiver escrito “Tamanho Único” é porque não serve a ninguém, muito menos a ti.

Lei da Gravidade:

Se conseguires manter a frieza quando todos à tua volta estão a perder a cabeça, provavelmente é porque não estás a perceber a gravidade da situação.

Lei dos Cursos, Provas e Afins:

80% da prova final será baseada na única aula a que não foste e no único livro que não leste.

Lei da Queda Livre:

1. Qualquer esforço para se agarrar um objecto em queda provoca mais destruição do que se o deixássemos cair naturalmente.

2. A probabilidade de o pão cair com o lado da manteiga virado para baixo é proporcional ao valor da carpete.

Lei das Filas e dos Engarrafamentos:

A fila do lado anda sempre mais rápido.

Parágrafo único: Não adianta mudar de fila. A outra é sempre mais rápida

Lei da Relatividade Documentada:

Nada é tão fácil quanto parece, nem tão difícil quanto a explicação do manual de instruções.

Lei da Vida:

1. Uma pessoa saudável é aquela que não foi suficientemente examinada.

2. Tudo o que é bom na vida é ilegal, imoral ou engorda.

Lei da Atracção de Partículas:

Toda a partícula que voa encontra sempre um olho aberto

tronxa disse...

Na aula de Biologia, diz a professora à turma:

-A hiena é um animal que vive no centro de África, é necrófaga, reproduz-se uma vez ao ano e emite uma vocalização similar ao som do homem ao rir-se.

E agora vamos lá ver... Pedrinho, percebeste a explicação?

- Oh, sim senhora professora, a hiena é um animal que vive no centro De África, é necrófaga, faz amor uma vez ao ano e emite uma vocalização similar ao som do homem ao rir-se.

- Muito bem, Pedrinho. Vamos lá ver tu, Carlitos.

- A hiena vive longe, algures em África, come carne podre, curte uma vez ao ano e ri-se como o homem.

- Está bem Carlitos... Mal ou bem mas entendeste a lição. Vamos lá ver tu, Joãozinho...

- Stôra, há uma cena que não entendo... a hiena, vive longe pra c*r*lho, só come m*rda, f*de sabe Deus quando... e ainda se ri?!?!?
Do quê, c*r*lho?

tronxa disse...

"Estou louca para ir a Nova Iorque. Sempre quis conhecer a Europa..."

««««Carla Perez (loira do Tchan)»»»»

"Adoro Beethoven, principalmente os poemas."

««««Ringo Star»»»»

"Sempre que vejo TV e aparecem aquelas crianças a morrer de fome, não consigo evitar de chorar. Quer dizer, adorava ser assim magra, mas sem aquelas moscas, mortes e essas coisas..."

««««Mariah Carey»»»»

"Fumar mata. Quando se morre, perde-se uma parte muito importante da vida."

««««Brooke Shields»»»»

"Temos que analisar os pós e os contras."

««««Zé Maria (BB1)»»»»

"Minha vida deu uma volta de 360 graus"

««««Adriane Galisteu»»»»

"Os sete artistas compõem um trio de talento."

««««Manuela Moura Guedes»»»»

"A nova terapia traz esperanças a todos os que morrem de cancro a cada ano."

««««Manuela Moura Guedes»»»»

"Um morreu e o outro está morto."

««««Manuela Moura Guedes»»»»

"É trágico! Está a arder uma vasta área de pinhal de eucaliptos!"

««««Jornalista da RTP»»»»

"O assassino matou 30 mortos."

««««Rodapé do Telejornal da SIC»»»»

"Foi assassinado, mas não se sabe se está morto."

««««Jornalista da TVI»»»»

"Estão zero graus negativos."

««««Jornalista da TVI»»»»

"A grande maioria das nossas importações vem de fora do país."

««««George W. Bush»»»»

"Vejam como Paulinho Santos não deixa Sá Pinto penetrar!"

««««Gabriel Alves »»»»

"Juskowiak tem a vantagem de ter duas pernas!"

««««Gabriel Alves»»»»

"Lá vai Paneira no seu estilo inconfundível...(pausa)... mas não, é Veloso."

««««Gabriel Alves»»»»

"A China é um país muito grande, habitado por muitos chineses..."

««««Charles de Gaulle»»»»

"Inácio fechou os olhos e olhou para o céu!"

««««Nuno Luz (SIC)»»»»

"Quem corre agora é o Fonseca, mas está parado."

««««Jorge Perestrelo»»»»

tronxa disse...

Sguedno um etsduo da Uinvesriadde de Cmabgirde, a oderm das lertas nas pavralas não tem ipmortnacia qsuae nnhuema. O que ipmrtoa é que a prmiiera e a utlima lreta etsajem no lcoal cetro. De rseto, pdoe ler tduo sem gardnes dfiilcuddaes... Itso é prouqe o crebéro lê as pavralas cmoo um tdoo e nao lreta por lerta.

tronxa disse...

Um fulano vivia sozinho e decidiu que a sua vida seria melhor se tivesse um animalzinho de estimação como companhia.

Assim, foi a uma loja de animais e disse ao dono da loja que queria um bichinho que fosse fora do vulgar. Depois de algum tempo de discussão, chegaram à conclusão que ele deveria ficar com uma centopeia. Centopeia seria mesmo um bichinho de estimação fora do vulgar...

Um bichinho tão pequeno, com 100 pés... é realmente fora do vulgar!!!

A centopeia veio dentro de uma caixinha branca, para ser usada como casinha...

Bom... ele levou a caixinha para casa, arranjou um bom lugar para colocar a casinha, e achou que o melhor para a sua nova companhia seria levá-la a tomar uma cervejinha... Assim, perguntou à centopeia, que estava dentro da caixinha:

- Gostavas de ir comigo ao Franks tomar uma cerveja?

Não houve resposta da sua nova amiguinha.... Meio chateado com isso, ele esperou um pouco e perguntou de novo:

- Que tal ir comigo ao bar tomar uma cervejinha, hein?

De novo, nada de resposta da nova amiguinha... Ele esperou mais um pouco, pensou e pensou sobre o que estava acontecer... e decidiu perguntar de novo.

Mas desta vez, chegou bem perto da caixinha e gritou:

- EI, Ó SURDA!!! QUERES IR OU NÃO COMIGO AO FRANKS TOMAR UMA CERVEJA?

Então, uma vozinha veio lá de dentro da caixinha:




- FOOOOODDDDDDAAAAASSSSSEEEEEEEEE!!!!!!!!!!! JÁ OUVI!!!!! ESTOU A CALÇAR OS SAPATOS!!!!!!!!

tronxa disse...

Um bravo indiozinho, filho do chefe Grande Cabeça Negra e Grossa (?), aproximou-se do pai numa manhã de radioso Sol e perguntou-lhe:

- Meu pai: porque é que os nomes dos índios são tão compridos e não são como os dos rostos-pálidos que se chamam Bill, Tex ou Sam?

- Meu filho: os nossos nomes são um símbolo da beleza natural de tudo o que acontece e representam a riqueza da nossa cultura na sua forma de expressão.

- Como assim?!...

- Por exemplo, a tua irmã chama-se Lua Cheia no Grande Lago porque foi feita numa noite em que eu e a tua mãe andávamos a passear à beira dele, numa noite de luar. Abraçámo-nos, beijámo-nos e o amor gerou a vida dela.

- Humm...

- Olha, o teu irmão chama-se Grande Corcel das Pradarias Imensas, porque, um dia, vinha a tua mãe a regressar pela pradaria, lá fora estava muito Sol, resolvemos descansar, abraçámo-nos, beijámo-nos e ele foi gerado.

- Ah!...

- O que queres tu saber mais, meu pequeno Camisinha de Merda Furada Vinda da China?

tronxa disse...

Um homem levou o seu pai velhinho para um asilo de idosos. Depois de lá chegar, sentou o velhinho num sofá na sala de espera, e foi à recepção falar com os médicos.

De repente, o velhinho começou a pender vagarosamente para a esquerda. Um médico passou por perto e disse:

- Deixe-me ajudá-lo.

O médico empilhou várias almofadas no lado esquerdo do velhinho para ajudá-lo a manter-se direito.

O velhinho começou a pender vagarosamente para a direita. Um funcionário percebeu e empilhou mais umas quantas almofadas no lado direito dele.

O velhinho começou a pender para frente. Então, passou por ali uma enfermeira que empilhou várias almofadas na frente dele.

A essa altura, o filho volta:

- E então, pai, este parece um lugar agradável, não?

O velhinho respondeu:

- Penso que sim, filho, mas eles não me deixam dar um peido...

tronxa disse...

Um agente da Brigada de Trânsito manda parar um condutor por excesso e

velocidade.

- Posso ver a sua carta de condução?

- Não tenho. Foi suspensa na minha última contra-ordenação.

- Posso então ver o registo de propriedade do veículo?

- O carro não é meu. Roubei-o.

- O carro é roubado?

- Sim, é verdade. Mas agora que penso nisso, acho que vi o registo de Propriedade no porta-luvas quando lá meti a minha pistola...

- Está uma arma no porta-luvas?

- Sim. Coloquei-a lá depois de matar a dona do carro e ter metido o corpo dela no porta-bagagem.

- Está um CORPO na BAGAGEIRA???

- Sim senhor.

Ao ouvir isto, o agente chama imediatamente o seu superior. O carro foi rapidamente cercado por um cordão policial e o capitão aproximou-se do veículo para controlar a situação.

- Senhor, posso ver a sua carta de condução?, diz o superior.

- Claro, aqui está ela. (A carta é válida).

- A quem pertence este veículo?

- É meu, seu guarda. Aqui tem o registo de propriedade. (O carro é, de facto, do condutor).

- Fazia-me o favor de abrir o seu porta-luvas lentamente para eu verificar se lá se encontra uma arma dentro?

- Sim senhor. (O porta-luvas está vazio)

- Podia abrir o porta-bagagem do seu veículo, por favor?

- Sim senhor. (Não tem corpo nenhum)

- Não compreendo. O agente que o mandou parar disse que você afirmou não ter carta de condução, ter roubado o carro, ter uma arma no porta-luvas e um corpo no porta-bagagens.

- Ah, claro. E aposto que o mentiroso também lhe disse que eu ia em excesso de velocidade, certo?

tronxa disse...

Afinal o Castelo Branco não é rabiló!!!

Eis a explicação:

- Olá! Conta-me...Como correu o teu encontro na outra noite?

- Horrível! Não sei o que se passou!

- Porquê?... Não te deu nem um beijo?

- Sim!!!...Beijou-me tão forte! E mordeu-me os lábios com tanta força que pensei que me ia saltar o implante de colagénio!... Depois começou a acariciar-me o cabelo e soltaram-se algumas extensões que tinha.

- Não me digas que terminou aí?

- Nãooo...!! Depois agarrou-me a cara entre as mãos, até que tive que lhe pedir para parar porque estava a espalhar o botox! Além disso, as minhas pestanas postiças ficaram coladas no seu nariz.

- E não tentou mais nada?

- Sim... começou a fazer-me festas nas pernas. Tive que o travar porque me lembrei que não tinha tido tempo de fazer a depilação, e ao tentar pará-lo, saltaram-me duas unhas postiças. Depois deu-lhe um ataque de luxúria arrebatador e abraçou-me com tanta força que quase mudou a forma dos meus implantes de silicone.

- E depois o que aconteceu?

- Põs-se a beber champanhe do meu sapato!

- Ai... que romântico!!!

- Romântico?... quase que morre ali mesmo!

- Porquê?

- Porque engoliu o corrector de joanetes e quase que sufocou!

- E depois, o que aconteceu?

- Acreditas que se foi embora???

- Cá para mim, era maricas!...

tronxa disse...

Adoro esta!!

Um Presidente de Câmara queria construir uma ponte e, para esse efeito, foi aberto um concurso público. Concorreram três empreiteiros: um Espanhol, um Americano e um Português:

Proposta do Espanhol: 3 milhões de euros.

- 1 milhão pela mão-de-obra;

- 1 milhão pelo material;

- 1 milhão para lucro.

Proposta do Americano: 6 milhões de euros:

- 2 milhões pela mão-de-obra;

- 2 milhões pelo material;

- 2 milhões para lucro, mas o serviço é de primeira.

Proposta do Português: 9 milhões de euros:

-"Nove milhões?", admirou-se o Presidente de Câmara. "É demais! Porquê tanto?"

Respondeu o empreiteiro Português:

"É simples":

- 3 milhões para mim;

- 3 milhões para si;

- 3 milhões para o Espanhol fazer a obra...

E assim vão as obras públicas em Portugal!

tronxa disse...

Foi um homem ao médico com uma dor no braço direito. Quando lá chegou, ia-se queixar mas o médico disse:

- Não diga nada, mije para dentro deste frasco que eu ponho na minha máquina (última invenção) e ela diz logo o que tem.

- Não acredito!!!

- A sério!

O homem lá mijou, incrédulo, mas ficou espantado com a impressão que saía da máquina:

"Manuel Gomes, 35 anos, empregado de balcão, 1m76, luxação no braço direito".

- Não pode ser! - diz o doente.

... Experimentou mais 3 vezes e a máquina repetia o mesmo.

- Amanhã já o lixo - pensou.

Foi para casa e mijou ele, a mulher, a filha, o filho, põs óleo do carro e esperma seu.

Mexeu tudo e levou ao médico. Qual o seu espanto quando da máquina saiu um papel que dizia:

"Manuel Gomes, 35 anos, empregado balcão, 1m76, corno, filha grávida de 3 meses, filho maricas, carro a precisar de mudança de óleo,... da próxima vez que bater à punheta, bata com a mão esquerda pois tem uma luxação no braço direito".

tronxa disse...

Marido e mulher estão a jantar num belo restaurante quando entra uma rapariga absolutamente fantástica, que se dirige à mesa deles, dá um beijo apaixonado ao marido, diz "Vemo-nos mais tarde" e vai-se embora.

A mulher fita o marido, e furiosa pergunta:

- Quem diabo era aquela?

- Oh - responde o marido, - é a minha amante.

- Ah é? Pois esta foi a última gota de água! Para mim chega! Quero o divórcio!

- Compreendo - responde o marido, - mas lembra-te, se nos divorciarmos acabam-se as compras em Paris, os Invernos na República Dominicana, os Verões em Itália, os Porsches e Ferraris na garagem e o iate. Mas a decisão é tua.

Nesse momento entra um amigo comum no restaurante com uma loura estonteante pelo braço.

- Quem é aquela mulher que entrou com o Bernardo? -pergunta ela.

- É a amante dele - responde o marido.

- A nossa é mais bonita - responde a mulher.

tronxa disse...

Vai um velhote na auto-estrada quando a mulher lhe liga.

- Sim?

- Olha, querido, tem cuidado! Deu agora nas notícias que vai um carro em sentido contrário!

- Um? Eles são às dezenas!

tronxa disse...

O polícia bateu à porta.

O piano deixou de tocar e uma rapariga apareceu e perguntou:

- O que deseja?

- Pois... recebemos uma denúncia por telefone a dizer que se estava aqui a assassinar um tal de Chopin...

tronxa disse...

DIFERENÇA ENTRE CAES E GATOS!

Um cão olha em redor e pensa:

- Hum... Estas pessoas dão-me de comer, abrigam-me, fazem-me festas, tratam de mim... Hum... Devem ser deuses...

Um gato olha em redor e pensa:

- Hum... Estas pessoas dão-me de comer, abrigam-me, fazem-me festas, tratam de mim... Hum... Eu devo ser um deus...

tronxa disse...

- Ó Mãe, ó Mãe! Lá na escola chamam-me mafioso...

- Deixa lá, meu filho. Amanhã eu vou lá e trato do assunto.

- Ó Mãe... mas faz com que pareça um acidente!

**********

- Ó Mãe, ó Mãe! Lá na escola chamam-me peludo...

Ao que a Mãe grita:

- Queriiidooo! O cão está outra vez a falar comigo!


**********

- Ó Mãe, ó Mãe! Lá na escola chamam-me cabeçudo...

- Ó, meu filho... Mas porque é que tu não vais atrás deles?

- Ó Mãe, mas eles metem-se por ruas muito estreitinhas...

**************

- Ó Mãe, ó Mãe! Lá na escola chamam-me mentiroso!

- Está calado que tu nem andas na escola!

*********


- Ó Mãe, ó Mãe! Lá na escola estão-me sempre a chamar extraterrestre!

- Deixa lá, meu filho. Vá, agora fecha os três olhinhos e dorme.

tronxa disse...

Era uma mulher tão feia, tão feia, tão feia... Que quando chupava um limão, era o limão que fazia caretas!

Era um homem tão baixinho, tão baixinho, que para se deitar numa esteira precisava de escadas.

Era um rádio tão pequenino, tão pequenino, que nem apanhava estações, só apanhava apeadeiros!

Era uma mulher tão pequena, mas tão pequena, mas tão pequena, que em vez de dar à luz, dava faíscas.

Havia uma mulher que tinha os dentes tão amarelos, tão amarelos, que sempre que sorria o trânsito abrandava.

Era uma mulher tão beata, tão beata, tão beata que o padre fumou-a.

Era um homem tão pequeno, tão pequeno, tão pequeno... Que a cabeça dele tinha chulé!

Era uma vez um homem tão pequeno, tão pequeno que um dia cuspiu para o ar e morreu afogado!

Era um tipo tão vegetariano, tão vegetariano... que levou um miúda para trás da moita e comeu... a moita!

Era uma vez um miúdo tão alto, tão alto, tão alto, que quando comia um iogurte chegava à barriga fora de validade.

Era um homem tão gordo, tão gordo, que para apertar a camisa tinha que dar um passo em frente.

Era uma vaca que levava uma vida tão agitada, tão agitada, que em vez de dar leite, dava manteiga.

Era um homem tão gordo, tão gordo, tão gordo que quando caía da cama caía para os dois lados.

Era um homem tão velho, tão velho, tão velho... Que a primeira vez que viu o arco-íris ainda foi a preto e branco!

tronxa disse...

e prontes!! ja está mais k dada a minha contribuiçaõ!!

hehehehehe

bom fds

bjnhs

Alexandre Fernandes disse...

já tenho acompanhado este blog, mas acho que vai ser a primeira vez que é a primeira vez que vou comentar.
Pelo que percebi deste post "POST ABERTO" penso que podemos publicar tudo.
Do meu lado esquerdo estou a ver anedotas, o que é bastante interessante, LOL.
Ah parabéns a todos pelo blog.

Bernardo Moura disse...

Amigo Alexandre Fernandes,
o "post aberto" é mesmo para as pessoas colocarem o que quiserem.
Muito obrigado pelas simpáticas palavras.

Ab