segunda-feira, junho 11, 2007

PRATOS DO DIA



- Televisão será superada em 5 anos pela Internet. Será que vai demorar tanto?

- Sampaio prefere descentralização a regionalização. Eu cá prefiro bacalhau com natas.

- Cavaco pede fiscalização da lei das incompatibilidades. Fiscalizem. Querem ajuda?

- 11 detidos em Lisboa por crimes sexuais. Deviam “engaiola-los” todos não apenas esses 11, o que já é alguma coisa.

- Equipamento para bombeiros comprado sem fiscalização. La republica de las bananas.

- Vitória justa de Lewis Hamilton faz já do estreante uma estrela. O jovem piloto inglês é o primeiro negro a vencer uma corrida de Fórmula 1. Este piloto é um fenómeno! BRAVO!

- Advogado da mãe de Joana tenta reabrir caso. Para quê?

- Cavaco quer "investimentos avultados" nas Forças Armadas. Eu quero um Ferrari, pode ser?

- OIT: 132 milhões de crianças trabalham no sector agrícola. Gravíssimo.

- Custo de passaportes nos consulados no estrangeiro sobe 63%. Só?

- Lisboa: Costa propõe criação de sistema de transportes escolares. Promessas, promessas e promessas…

- Clima: Índices ultravioleta elevados até 4.ª feira. Cuidado.

- Ciclistas pedalaram nus em todo o mundo a exigir corredores. Se foram ciclistas com corpos feios, a batalha está ganha, se não vão querer mais.

- Barrancos: Idosos e carenciados vão ter fármacos gratuitos. Boa!

- Mais de cem milhões de pessoas sofrerão de Alzheimer em 2050. É assustador.

- Espada de Napoleão vendida por 4,8 M€ em França. Pfff… Trocos.

- Lino: Novas taxas «roaming» beneficiam consumidores. Vai-te ….

- Sony lança novo VAIO Série TZ em fibra de carbono. Deve ser bem porreiro!

- Muftis egípcios utilizam e-mails e SMS para divulgar fatwas.

8 comentários:

Bia disse...

Ouvi esta notícia hoje, muito perturbador!!

Bernardo Moura disse...

Desculpa Bia, mas qual?
Bj

pinguim disse...

É realmente assustador esse item sobre o número de casos de Alzheimer dentro de alguns anos.
Não tenho um particular medo da morte, mas tenho um pavor em tormar-me dependente, e mais ainda em alto grau.
Abraço.

Bernardo Moura disse...

Caro pinguim,
também eu.
Abraço

Paulo disse...

"Advogado da mãe de Joana tenta reabrir caso"

Eu até concordo. Acho que neste caso há muita coisa por explicar. Nomeadamente o desaparecimento do corpo da criança. Então se a mãe é condenada por homicídio qualificado (e, para quem não sabe, este crime é muito mais gravasop que o homicídio simples, pois requer em alguns casos requintes de malvadez e outras situações que a lei define expressamente), onde estão as provas cabais e inequívocas? Ou seja, onde está o corpo?
Não acham no mínimo estranho?

Paulo disse...

desculpem, onde atrás se lê *gravasop, será: gravoso

Bernardo Moura disse...

É de certa forma.
Mas a ideia que tenho é que ela confessou e agora vai alegar que a vendeu, poupem-me.
Então faz uma queixa na polícia de "desaparecimento", fala nas televisões todas, vai a programas da tarde e depois diz que afinal a menina tinha sido morta pelo irmão depois pelos dois e agora isto.
Bolas.
Aguardemos.
Seria bem que ela a tivesse vendido, não estaria morta.
Abraço

Bernardo Moura disse...

Ou seja dentro de tanta maldade seria a melhor coisa. Espero que percebam.