quarta-feira, outubro 22, 2008

Sou assim

Gostava que alguém me procurasse.
Gostava muito.
Era sinal que eu tinha algo para dar a essa pessoa.
Penso que tenho algo para dar.
Nem que seja conforto, mas tenho.
É difícil, se calhar impossível de explicar mas eu gosto muito mais de dar que receber.
Muita gente não entende.
Se calhar nunca irá entender.
Sou assim.
E assim serei.

12 comentários:

António Sabão disse...

Quem disse que tu não és um gajo porreiro?

Bernardo Moura disse...

Ninguém me disse que eu era um gajo chato. Mas também ninguém me diz que sou um gajo porreiro. Enfim, cenas que me passam pela mona.

GMaciel disse...

E eu gostava de ter mais tempo para te procurar, amigo. A ti, ao António e ao Capitão, mas a vida e o desânimo não dão para muito mais do que eu já faço.

Talvez um dia... próximo... quem sabe?

Jocas bem gordas e continua como és porque és muito especial.
;)

Bernardo Moura disse...

Querida Graça,
eu também gostava muito de ter mais contacto contigo. Compreendo-te, a vida não é facil.
Obrigado pelas tuas palavras amigas.
Beijo grande

António Sabão disse...

Que cena de merda! :( Não estou a gostar nada!!!

Bernardo Moura disse...

"Que cena de merda!" porquê?
De vez enquando escrevo o que sinto e é o que sinto e o que sou.
Não te preocupes.

miriamdomar disse...

Querido Bernardo
Eu nunca te vi mais gordo, nem mais magro!
Mas sei que tu és um gajo porreiro!
Nem toda a gente, tem a coragem de assumir o que é ,ou o que sente!
Mas tu és o que és e pronto, está tudo dito!
Todos temos momentos desses!Em que precisamos de alguém que nos ouça ,ou que nos diga ,
aquilo que já sabemos!:)
Beijinhos

BlueVelvet disse...

Não te conheço mas acho que deves ser um tipo porreiro.
Não pelo que vejo no teu blog todo, mas por algumas coisas como estas, que escreves de vez em quando.
Beijinhos Bernanrdo

Bernardo Moura disse...

Querida Miriam,
eu escrevi este pequeno texto sobre mim porque .. porque precisava.
Obrigado pelas palavras simpaticas.
Também nunca te conheci mas tenho a certeza que és uma pessoa porreira.
Beijos

Bernardo Moura disse...

Querida Bluevelvet,
eu não tenho por habito escrever sobre mim, mas hoje apeteceu-me. Divirto-me mais a "entrar" pelo humor e outros temas do que falar de mim.
Obrigado pelas tuas queridas palavras!
Beijos

Mazé Silva disse...

Meu querido Bernardo Moura!

Gosto muito do seu Blog, mas quase não escrevo, apenas olho e te acho uma pessoa muito interessante, inteligente,bonito, carinhoso e pelo jeito que postas tuas matérias parece sempre estar feliz com a vida.

Estou sentindo nesse seu desabafo que estás precisando de alguém que pra lhe dar força no instante em que resolveu escrever sobre ti.

Observo mesmo que você sempre se doa e gosta de fazer com amor, mas o que será que aconteceu, pra hoje pensares assim. Estou do outro lado do Atlântico e estou depressiva, mas o que escreveste me tocou fundo, porque sei que és feliz, mas há momentos que refletimos e nos sentimos angustiados.

Se estiveres assim, não fique, pois te acho um apessoa fabulosa, pelo pouco que te conheço, mas pelas suas boas ações e pelo seu humor sempre fluente e irreverente.

Finalizo dizendo, que tiro o Chapeu para você, pois tudo que faz, demonstra fazer com dedicação, amor e tenta sempre agradar aos outros, e agradando você está contribuindo para a felicidade de muitos que gostam do ser humano que tu és.

Um beijo grande!!!

Mazé Silva/Fortaleza/Brasil

Bernardo Moura disse...

Querida Mazé,
não tenho palavras para agradecer a força que as suas me deram.
Um grande beijo