quinta-feira, outubro 02, 2008

Mando!!!


Mando, posso e quero!

Quem manda
Manda o mandato
Que diz que manda
Pois quem mandar manda
Por enquanto
Quem manda sou eu
Porque
Quero
Posso
E mando!

Só peço uma coisa
Que não me mandem
À........... merda! Okis?


Armando Sabão
( In Cógnito Veritas)

2 comentários:

Anónimo disse...

Com poemas destes, o teu blog não vai longe! Até digo mais, tem os dias contados! :(((((

Bernardo Moura disse...

Caro anónimo,
o poema não é meu.
De qualquer forma nem todos gostamos dos mesmo poemas, dos mesmos livros, da mesma música e por ai fora. Dai a dizer que o blog não vai longe.. não sei..