quarta-feira, julho 23, 2008

TEMPO PARA MÚSICA

MARK KNOPFLER - " BROTHERS IN ARMS " (LIVE)




METALLICA - " BROTHERS IN ARMS "

A versão original de "BROTHERS IN ARMS" é de Mark knopfler.

O primeiro video é uma versão de Mark Knopfler com orquestra, ao vivo.

A segunda é dos Metallica, também ao vivo.

Qual a melhor?

12 comentários:

D.Antónia Ferreirinha disse...

Adorei.
:-))))))
BEIJINHO.

Bernardo Moura disse...

Ainda bem!
:)
Bj

miriamdomar disse...

Gosto dos dois!
Só que o bideo do Knopfler, não se consegue oubir bem !
E o bideo dos Metallica, ouve-se mas não se mexe !
Carago!O que se passa cos bideos?
Bjs

xico man disse...

Eu gostei mais o do Mark Knopfler!
Ab

Bernardo Moura disse...

Querida Miriamdomar,
o do Knopfler tem que se deixar carregar bem. O dos Metallica é mesmo uma imagem fixa!
:)
Bj

Bernardo Moura disse...

Caro XicoMan,
eu também. Mas a versão dos Metallica está curiosa, não os imaginava a tocar esta música.
Ab

Bia disse...

Grande música!! Ambas as versões são geniais..

António Sabão disse...

Acho este post ESPECTACULAR!!! Pena não conseguir ver nem ouvir um caralho! :(

Bernardo Moura disse...

Querida Bia,
é de facto uma excelente música!
Bj

Bernardo Moura disse...

Ó Sabão,
eu não te vou explicar novamente o que tens de fazer para ver os videos, meu. Tens de esperar que eles carreguem, foda-se! Merda.. expliquei.

BlueVelvet disse...

O tema é tão bom que é difícil estragá-lo.
O Mark é o Mark, ponto.
Mas não imaginava os Mettalica a tocar isto e gostei muito.
Já agora sabe porque foi escrito este tema?
Beijinhos

Bernardo Moura disse...

Querida Blue,
não sei porque foi escrito. Mas aqui fica a tradução:

IRMÃOS DE ARMAS
Estas montanhas enevoadas
São agora um lar para mim
Mas meu lar é a planície
E sempre será
Algum dia vocês retornarão para
Seus vales e suas fazendas
E vocês não mais queimarão
Para serem irmãos de armas

Através destes campos de destruição
Batismos de fogo
Tenho assistido todo o seu sofrimento
Enquanto as batalhas cada vez mais se alastram
E embora eles me ferissem tão gravemente
No medo e no susto
Vocês não me desertaram
Meus irmãos de armas

Há muitos mundos diferentes
Muitos sóis diferentes
E temos apenas um mundo
Mas vivemos em mundos diferentes

Agora que o Sol foi para o Inferno
E a Lua está no alto
Deixe-me lhe desejar adeus
Todo homem tem que morrer
Mas está escrito na luz das estrelas
E em cada linha da palma de sua mão
Que somos tolos por guerrearmos
Contra nossos irmãos de armas