sexta-feira, abril 06, 2007

POEMA



Olho a pele.
Quero tocar-lhe.
Não posso.
Mas quero.
Toquei.
O meu dedo escorrega suavemente.
O pensamento bloqueia, é só a pele suave.
Suave e quente.
Paro.
Respiro.
Volto a tocar e deixo a mão deslizar.
Estou bloqueado.
Quero navegar com a minha mão pela pele morna e suave.
Deliciosa.
Não posso.
Deixo de deslizar a mão.
Coloco o dedo e escorrega a pele está ligeiramente molhada, mas suave.
Morna.
Os meus dedos passeiam-se.
Estou extasiado.
Controlo-me, retiro a mão.
Fica para uma próxima.

12 comentários:

GMaciel disse...

Parabéns por mais este poema muito bem conseguido. Como já disse, és um grande aldrabão quando dizes que não tens jeito para escrever!
;)
Uma santa Páscoa para ti e para os teus, são os votos aqui da manguelas
jocas grandes da reserva especial.

Sofiaformozem disse...

O poema está lindo!Sente-se o desejo..o respeito, a ternura, o saborear, a arte, a química....o amor!
Beijos,
Sofiaformozem

Ferreira dos Santos disse...

Andas a fazer concorrência à manguelas da Graça? Força!
abraço

Alberto Moura disse...

Sei que não tens colocado nada porque só hoje vais novamente ter acesso a um computador.Ricas mini férias.
Gostei muito do que li.
Continua

Paulo disse...

Como "fica para a próxima"?!?
*brincadeira*
Muito bom mesmo!
Tens de partilhar mais destes ;)

Anónimo disse...

Querida Graça,
muito obrigado!
Espero que tenhas uma excelênte Páscoa junto dos teus.
Grande Beijo

Anónimo disse...

Querida Sofiaformozem,
muito obrigado!
Beijos

Anónimo disse...

Caro António,
Eu a fazer concorrência à Graça? AHAHAHAH!!!! É mesmo para rir!
Grande abraço

Anónimo disse...

Caro Alberto Moura,
muito obrigado!
As mini-férias já foram:(. Que se lixe, gozei-as bem!:)
Abraço

Anónimo disse...

Caro Paulo,
muito obrigado!
Grande abraço

Anónimo disse...

Fiquei bloqueádo no poema.
Boa Pascoa
touaqui42

Anónimo disse...

Caro Touaqui42,
muito obrigado!
Uma excelente Páscoa!
Abraço