sexta-feira, abril 06, 2007

POEMA



Olho a pele.
Quero tocar-lhe.
Não posso.
Mas quero.
Toquei.
O meu dedo escorrega suavemente.
O pensamento bloqueia, é só a pele suave.
Suave e quente.
Paro.
Respiro.
Volto a tocar e deixo a mão deslizar.
Estou bloqueado.
Quero navegar com a minha mão pela pele morna e suave.
Deliciosa.
Não posso.
Deixo de deslizar a mão.
Coloco o dedo e escorrega a pele está ligeiramente molhada, mas suave.
Morna.
Os meus dedos passeiam-se.
Estou extasiado.
Controlo-me, retiro a mão.
Fica para uma próxima.

12 comentários:

GMaciel disse...

Parabéns por mais este poema muito bem conseguido. Como já disse, és um grande aldrabão quando dizes que não tens jeito para escrever!
;)
Uma santa Páscoa para ti e para os teus, são os votos aqui da manguelas
jocas grandes da reserva especial.

Sofiaformozem disse...

O poema está lindo!Sente-se o desejo..o respeito, a ternura, o saborear, a arte, a química....o amor!
Beijos,
Sofiaformozem

Ferreira dos Santos disse...

Andas a fazer concorrência à manguelas da Graça? Força!
abraço

Alberto Moura disse...

Sei que não tens colocado nada porque só hoje vais novamente ter acesso a um computador.Ricas mini férias.
Gostei muito do que li.
Continua

Paulo disse...

Como "fica para a próxima"?!?
*brincadeira*
Muito bom mesmo!
Tens de partilhar mais destes ;)

Bernardo Moura disse...

Querida Graça,
muito obrigado!
Espero que tenhas uma excelênte Páscoa junto dos teus.
Grande Beijo

Bernardo Moura disse...

Querida Sofiaformozem,
muito obrigado!
Beijos

Bernardo Moura disse...

Caro António,
Eu a fazer concorrência à Graça? AHAHAHAH!!!! É mesmo para rir!
Grande abraço

Bernardo Moura disse...

Caro Alberto Moura,
muito obrigado!
As mini-férias já foram:(. Que se lixe, gozei-as bem!:)
Abraço

Bernardo Moura disse...

Caro Paulo,
muito obrigado!
Grande abraço

Anónimo disse...

Fiquei bloqueádo no poema.
Boa Pascoa
touaqui42

Bernardo Moura disse...

Caro Touaqui42,
muito obrigado!
Uma excelente Páscoa!
Abraço