sexta-feira, abril 13, 2007

POST ABERTO


ESPAÇO ABERTO!
VALE TUDO!

MENOS PONTAPÉS NOS...!:)

7 comentários:

Bernardo Moura disse...

VELHOS PROVéRBIOS....NOVAS VERDADES

-QUEM RI POR úLTIMO...é DE COMPREENSãO LENTA.

-OS úLTIMOS SãO SEMPRE... DESCLASSIFICADOS.

-QUEM O FEIO AMA...TEM QUE IR AO OCULISTA.

-DEITAR CEDO E CEDO ERGUER...Dá MUITO SONO!

-FILHO DE PEIXE ...é TãO FEIO COMO O PAI.

-QUEM NãO ARRISCA...NãO SE
LIXA.

-O PIOR CEGO...é O QUE NãO QUER CãO NEM BENGALA.

-QUEM Dá AOS POBRES...FICA MAIS
TESO.

-Há MALES QUE VêM...E
FICAM.

-GATO ESCALDADO...GERALMENTE ESTá MORTO.

-MAIS VALE TARDE...QUE MUITO MAIS
TARDE.

-CADA MACACO...COM A SUA MACACA.

-ÁGUAS PASSADAS...Já
PASSARAM.

-DEPOIS DA TEMPESTADE...VEM A
GRIPE.

-VALE MAIS UM PáSSARO NA MãO...QUE UMA CAGADELA NA CABEçA.

Anónimo disse...

Bom para falar PORTUGUÊS teria que ser mesmo PORTUGUÊS.
Estou numa do CARAÇAS.
Por acaso sei as respostas destes PROVERBIOS.
Mas estou cá com uma aquele SENHOR ENG. que só me dá vontáde de VOMITAR para cima.
Afinal os que COMEM do mesmo TACHO estão na FOTOGRAFIA.
PORTUGUESES SEM TOMÁTES.
touaqui42

Paulo disse...

Uma anedota javardona:

Dois alentejanos deitados na mesma cama:
- Ó Compadre, você tá batendo uma punheta?
- Pois tou!
- Mas a pila é minha!
- Ó porra, por isso é que nã me vinha!

lino disse...

PLANO PARA SALVAR PORTUGAL

Passo 1:
Trocamos a Madeira pela Galiza, mas os espanhóis têm que levar o Alberto João.

Passo 2:
Os galegos são boa onda, não dão chatices e ainda ficamos com o dinheiro gerado pela Zara (é só a 3ª maior empresa de vestuário do mundo). A indústria têxtil portuguesa é revitalizada. A Espanha fica encurralada pelos Bascos e Alberto João.

Passo 3:
Desesperados, os espanhois tentam devolver a Madeira (e Alberto João). A malta não aceita.

Passo 4:
Oferecem também o Pais Basco. A malta mantem-se firme e não aceita.

Passo 5:
A Catalunha aproveita a confusão para pedir a independência. Cada vez mais desesperados, os espanhois oferecem-nos: a Madeira, Pais Basco e Catalunha. A contrapartida é termos que ficar com o Alberto João e os Etarras.
A malta arma-se em difícil mas aceita.

Passo 6:
Dá-se a indepêndencia ao País Basco, a contrapartida é eles ficarem com o Alberto João. A malta da Eta pensa que pode bem com ele e aceita sem hesitar. Sem o Alberto João a Madeira torna-se um paraíso. A Catalunha não causa problemas (no fundo no fundo são mansos).

Passo 7:
Afinal a Eta não aguenta com o Alberto João, que entretanto assume o poder. O País Basco pede para se tornar território português. A malta aceita (apesar de estar lá o Alberto João).

Passo 8:
No País Basco não há carnaval. O Alberto João emigra para o Brasil...

Passo 9:
O Governo brasileiro pede para voltar a ser território português. A malta aceita e manda o Alberto João para a Madeira.

Passo 10:
Com os jogadores brasileiros mais os portugueses (e apesar do Alberto
João), Portugal torna-se campeão do mundo de futebol! Alberto João enfraquecido pelos festejos do carnaval na Madeira e Brasil, não aguenta a emoção, e morre na miséria, esquecido de todos.

Passo 11:
Os espanhóis, desmoralizados económica e territorialmente, não oferecem resistência quando mandamos os poucos que restam para as Canárias.

Passo 12:
Unificamos finalmente a Península Ibérica sob a bandeira portuguesa.

Passo 13:
A dimensão extraordinária adquirida por um país que une a Península e o Brasil, torna-nos verdadeiros senhores do Atlântico, de uma costa à outra e de norte a sul. Colocamos portagens no mar, principalmente para os barcos americanos, que são sujeitos a uma pesada sobretaxa por termos de trocar os dólares em euros, constituindo assim um verdadeiro bloqueio naval que os leva à
asfixia.

Passo 14:
Eles querem-nos aterrorizar com o Bin Laden, mas a malta ameaça enviar-lhes o Alberto João ( que eles não sabem que já morreu ).
Perante tal prova de força, os americanos capitulam e nós tornamo-nos na primeira potência mundial.

É FÁCIL !

Bernardo Moura disse...

MULTA POR ALTA VELOCIDADE

Um advogado andava em alta velocidade pela cidade com seu BMW, quando
foi parado pelo guarda de trânsito.

Guarda:
- O senhor estava além da velocidade permitida, por favor a sua habilitação.

Advogado:
- Está vencida.

Guarda:
- O documento do carro.

Advogado:
- O carro não é meu.

Guarda:
- O senhor, por favor, abra o porta luvas.

Advogado:
- Não posso, tem um revólver aí que usei para roubar este carro..

Guarda (já bastante preocupado):
- Abra o porta malas!

Advogado:
- Nem pensar! Na mala está o corpo da dona deste carro, que eu matei no assalto.

O guarda , vendo-se diante das circunstâncias , resolve chamar seu superior.
Chegando ao local o superior dirige-se ao advogado:

Superior:
- Habilitação e documento do carro por favor!

Advogado:
- Está aqui senhor agente. Como vê o carro está no meu nome e a
habilitação está regular.

Superior:
- Abra o porta luvas!

Advogado (tranqüilamente...):
- Como vê só tem alguns papéis.

Superior:
- Abra o porta malas!

Advogado:
- Certo, aqui está... como vê está vazio.

Superior (constrangido):
- Deve estar acontecendo algum equívoco, o meu subordinado disse-me
que o senhor não tinha habilitação, que não era o dono do carro, pois
o tinha roubado, com um revólver que estava no porta luvas, de uma
mulher cujo corpo estava no porta malas.

Advogado:
- Só falta agora esse sacana dizer que eu estava em alta velocidade!

Bernardo Moura disse...

Gostaria de partilhar algo que me está a deixar indignado.
O meu irmão mais novo está no 7ºano. Na disciplina de Português ele está a aprender gramática com a TLEBS e no próximo ano, ou seja no 8ºano ele vai ter lições de português em que vão utilizar o sistema antigo porque a TLEBS do 8º ano não está bem formulada.
Como é que o meu irmão vai poder aprender a gramática de 8º ano se as bases do 7º são diferentes?

Bernardo Moura disse...

No semanário Sol vem uma entrevista com o individuo do PNR. Estão a dar-lhes uma propaganda que me irrita profundamente.
Cada vez se fala mais neles e é o objectivo deles.
Por favor, parem de lhes dar atenção.