terça-feira, abril 14, 2009

UM DIA COMO NENHUM OUTRO QUALQUER - I





Um jovem, dos seus 45 anos, passeava junto ao Rio Trancoso.
Deliciado com a patanisca que ia mordiscando, pensava como era um sujeito com sorte.
Com a mochila às costas, cheia de carnes frias e quentes, desceu até ao rio.
Olhou.. olhou e pensou. Pensou e olhou..
ÓH! Exclamou!
Mas que raio faz um camião TIR enfiado na água?

..

1 comentário:

Andreia Vilhena disse...

Pois, mas será que a máquina a vapor funciona..?