sexta-feira, maio 25, 2007

POST ABERTO


ESPAÇO ABERTO!
VALE TUDO!
MENOS PONTAPÉS NOS..!:)

6 comentários:

GMaciel disse...

Era uma vez um camelo que chegou a ministro, tudo porque o país onde passeava as bossas era composto por alimárias do tempo do jurássico superior. Desconhecendo que tinham sido dado como extintos mas desconfiando que algo havia mudado, lembraram-se de procurar uma besta duma era posterior, alegadamente, portanto, desenvolvida e com alguns milhares de anos de evolução em cima.
Consta-se, porém, que o animal em questão, o tal camelo, não havia sofrido qualquer evolução, permanecendo incólume na sua bestialidade original.
O resultado? O camelo enganou-se no deserto, meteu-se com a aeronáutica civil e saiu depelado, sem bossas e com o carimbo de imbecil.
Entretanto, as alimárias que o tinham desencantado no oásis da pasmaceira, não tiveram outro remédio se não lamberem as feridas e darem-se como aquilo que eram há milhões de anos: EXTINTOS.

E venha de lá mais um copito!

Bernardo Moura disse...

Querida Graça,
excelente!
Beijos

Bernardo Moura disse...

Um fulano vivia sozinho e decidiu que a sua vida seria melhor se tivesse um animalzinho de estimação como companhia.
Assim, foi a uma loja de animais e disse ao dono da loja que queria um bichinho que fosse fora do comum.

Depois de algum tempo de discussão, chegaram à conclusão que ele deveria ficar com uma centopeia. Centopeia seria mesmo um bichinho de estimação fora do comum... Um bichinho tão pequeno, com 100pés... é realmente fora do comum!!!

A centopeia veio dentro de uma caixinha branca, para ser usada como casinha...
Bom... ele levou a caixinha para casa, arranjou um bom lugar para colocar a casinha, e achou que o melhor para a sua nova companhia seria levá-la a tomar uma cervejinha... Assim, perguntou à centopeia, que estava dentro da caixinha:

- Gostavas de ir comigo ao Frank's tomar uma cerveja?

Não houve resposta da sua nova amiguinha....

Meio chateado com isso, ele esperou um pouco e perguntou de novo:
- Que tal ir comigo ao bar tomar uma cervejinha, hein?


De novo, nada de resposta da nova amiguinha...


Ele esperou mais um pouco, pensando e pensando sobre o que estava a acontecer... e decidiu perguntar de novo.



Mas desta vez, chegou bem perto da caixinha e gritou:

- EI, Ó SURDA!!! QUERES IR OU NÃO COMIGO AO FRANK'S TOMAR UMA CERVEJA?

Uma vozinha veio lá de dentro da caixinha:

- DDDDDDAAAAASSSSSEEEEEEEEE!!!!!!!!!!! JÁ TINHA OUVIDO!!!!! ESTOU A CALÇAR OS SAPATOS!!!!!!!!

Anónimo disse...

óh gmaciel és demais carago.
Mas não BISTES que o MOP estava eufórico do almoço carago.
Olha a malta que está pretendendo entrar na CML´
É tudo TACHOS carago.
O amor á camisola á carago.
Não sei porque espera o PR para dar encerrádo a questão da DEMISSÃO DO GOVERNO com tanta PARVOICE.
Vai-te RENEGO
touaqui42

Bernardo Moura disse...

Certo dia o Felisberto resolveu comprar uma mota.
A sua escolha recaiu sobre uma Harley. Só havia um problema: os cromados.
O vendedor aconselhou-o a usar vaselina para os proteger sempre que chovesse, e assim foi: o Felisberto sempre que via chuva, lá ia ele besuntar a mota com vaselina.
À pala da mota, conheceu uma rapariga e começaram a andar. Ela, certo dia resolve convidá-lo para ir jantar lá a casa e conhecer os seus pais.
E assim foi. Chegada a hora da refeição, o pai diz:
-Cá em casa temos uma regra: quem falar primeiro depois da refeição acabada, lava a loiça.
Felisberto achou tudo muito estranho, mas assim fez. No final da refeição resolveu experimentar para ver se ninguém falava mesmo, e começa a beijar a namorada à descarada.Grande marmelada à mesa e ninguém se pronunciava. Resolveu ir mais longe e pegou na namorada, pô-la em cima da mesa e.... Pimba. E tudo continuava calado. Não contente, pega na futura sogra e.... Pimba.
E ninguém dizia nada.
Nisto começa a chover.
Felisberto dirige-se ao seu blusão de cabedal e saca da embalagem de vaselina.
O pai olha assustado para aquilo e diz muito rapidamente:
-OK, OK, eu lavo a loiça !!!!!...

Anónimo disse...

óh BERNARDO essa do FELISBERTO é do carago mesmo. chiça
touaqui42