sexta-feira, outubro 30, 2009

POST ABERTO


ESPAÇO ABERTO!

VALE TUDO!

MENOS PONTAPÉS NOS T..!:)

41 comentários:

BERNARDO MOURA disse...

Altas horas da madrugada, um casal acorda ao som insistente da
campainha da porta.
O dono da casa levanta-se e, pela janela, pergunta:
- O que é que você quer?
- Olá. Eu sei que é tarde. Mas preciso que alguém me empurre. A sua
casa é a única nesta região. Só você me pode empurrar!
Louco de todo, o recém-acordado replica:
- Eu não o conheço. São 4 horas da madrugada e pede-me para o ajudar?
Ah!, Vá é cagar! Você está bêbado.
E volta para a cama. A mulher, que também acordara, não gostou da
atitude do marido:
- Exageraste! Já ficaste sem bateria aqui há pouco tempo. Bem podias
ter ajudado o indivíduo.
- Empurrá-lo? Ele está é bêbado - desculpa-se o marido.
- Mais um motivo para o ajudares - insiste a mulher. - Ele não vai
conseguir andar sozinho. Logo tu, que sempre és tão prestável...
Mordido pelos remorsos, o marido veste-se e vai para a rua:
- Hei, eu vou te ajudar! Onde é que estás?
E o bêbado, gritando do fundo do jardim:
- Aqui, no baloiço! .....

BERNARDO MOURA disse...

Um adepto do PORTO chega a uma loja de material desportivo e depara-se com uma infinidade de camisolas de clubes de futebol.
Só não via a do seu clube. Meio acanhado, pergunta ao vendedor:
- Quanto custa a camisola do Real Madrid?
- 40€
- E a do Manchester?
- Essa custa 50€
- E a do BENFICA?

- Oh meu amigo... Essa é a mais cara da loja por se tratar do melhor e MAIOR clube do mundo, e custa 100€ .


Aí, o pobre arrisca:
- Você não tem aí a camisola do PORTO?
- Tenho sim.. Está do outro lado, na prateleira das liquidações e custa 9,50€ .
- Irra!!! Só 9,50€ ???!!!
- Sim, Sim...é uma promoção para liquidação de stocks, essas porcarias não se vendem...
- Então dê-me uma. - e estendeu uma nota de 10€ .
O vendedor vai à caixa registadora, coça a cabeça e meio atrapalhado diz:
- Desculpe, mas não tenho trocos.
Quer levar uma camisola do SPORTING para completar os 10€??

BERNARDO MOURA disse...

FRASES QUE GANHARAM IMORTALIDADE...
Estar vivo é o contrário de estar morto - Lili Caneças
Nós somos humanos como as pessoas - Nuno Gomes - SLB
Quem corre agora é o Fonseca, mas está parado.- Jorge Perestrelo
Inácio fechou os olhos e olhou para o céu! - Nuno Luz (SIC)
O meu coração só tem uma cor: azul e branco - João Pinto (Antigo Capitão do FCP)
A China é um país muito grande, habitado por muitos chineses...' - Charles de Gaulle
Lá vai Paneira no seu estilo inconfundível... (pausa) ...mas não, é Veloso.' - Gabriel Alves
Juskowiak tem a vantagem de ter duas pernas ! - Gabriel Alves
É trágico! Está a arder uma vasta área de pinhal de eucaliptos - Jornalista da RTP
Um morreu e o outro está morto - Manuela Moura Guedes
Prognósticos só depois do jogo - João Pinto (FCP)
Antes de apertar o pescoço da mulher até à morte, o velho reformado suicidou-se. - João Cunha - testemunha de crime
Quatro hectares de trigo foram queimados. Em princípio trata-se de incêndio. - Lídia Moreno - Rádio Voz de Arganil
O acidente foi no tristemente célebre Rectângulo das bermudas. - Paulo Aguiar - TV Globo
O acidente fez um total de um morto e três desaparecidos. Teme-se que não haja vítimas. - Juliana Faria - TV Globo
Os antigos prisioneiros terão assim a alegria do reencontro para reviver os anos de sofrimento. - Maria do Céu Carmo - Psiquiatra
À chegada da polícia, o cadáver encontrava-se rigorosamente imóvel. - Ribeiro de Jesus - PSP de Faro
O acidente provocou forte comoção em toda a região, onde o veículo era bem conhecido. - António Bravo - SIC
Ela contraíu a doença em vida - Dr. Joaquim Infante - Hospital de Santa Maria
Há muitos redactores que, para quem veio do nada, são muito fieis às suas origens - António Tadeia - Crónicas do "CORREIO da MANHÃ"
A vítima foi estrangulada a golpes de facão - Ângelo Bálsamo - JORNAL do INCRÍVEL
A polícia encontrou no esgoto um tronco que provém, seguramente, de um corpo cortado em pedaços. E tudo indica que este tronco faça parte das pernas encontradas na semana passada. - Agente PAULO CASTRO - Relações Públicas da P.J.
Os sete artistas compõem um trio de talento - Manuela Moura Guedes - TVI
Esta nova terapia traz esperanças a todos aqueles que morrem de cancro em cada ano - Dr. Alves Macedo - ONCOLOGIA
QUANDO O JOGO ESTÁ A MIL, MINHA NAFTALINA SOBE - Jardel, ex-jogador do Sporting Clube Portugal
QUEREM FAZER DO BOAVISTA O BODE RESPIRATÓRIO - Jaime Pacheco, treinador do Boavista FC
NÃO TEM OUTRA, TEMOS QUE JOGAR COM ESSA MESMA - Jaime Pacheco,treinador do Boavista FC, ao responder pergunta do repórter, se eles iriam jogar com aquela chuva
SE ENTRA NA CHUVA é PARA SE QUEIMAR - Denilson - Jogador da Selecção do Brasil
HAJA O QUE HAJAR, O PORTO VAI SER CAMPEÃO - Deco, Ex-jogador do FC Porto
O DIFÍCIL, COMO VOCÊS SABEM, NÃO É FÁCIL - Jardel
JOGADOR TEM QUE SER COMPLETO COMO O PATO, QUE É UM BICHO AQUÁTICO GRAMÁTICO - César Prates, Ex-jogador do Sporting FC
NO PORTO É TODO MUNDO MUITO SIMPÁTICO. É UM POVO MUITO HOSPITALAR - Deco, Ex-Jogador do FC Porto, a comentar a hospitalidade do povo da invicta
EU DISCONCORDO COM O QUE VOCÊS DISSE - Derlei, do F. C. PORTO, em entrevista ao Jornal Record
EM PORTUGAL É QUE É BOM. LÁ, A GENTE RECEBE SEMANALMENTE DE 15 EM 15 DIAS - ARGEL, jogador do BENFICA
NEM QUE EU TIVESSE DOIS PULMÕES ALCANÇAVA ESSA BOLA - Roger, jogador do Benfica emprestado a um clube brasileiro
TENHO O MAIOR ORGULHO DE JOGAR NA TERRA ONDE CRISTO NASCEU - Djair, jogador do Belenenses ao chegar a Belém/Restelo no dia que assinou contrato com este clube
Finalmente, a água corrente foi instalada no cemitério, para satisfação dos habitantes - Presidente da Junta da Freguesia do Fundão

BERNARDO MOURA disse...

Romantismo ao mais alto nível....

O marido chega a casa e diz à mulher:
- Querida, hoje vou amar-te.

Resposta da mulher:
- Por mim podes ir a Marte, a Júpiter e até à merda... desde que me deixes dormir em paz!!!

BERNARDO MOURA disse...

Uma avó é uma mulher que não tem filhos; por isso gosta dos filhos dos outros.

As avós não têm nada que fazer, é só estarem ali.

Quando nos levam a passear, andam devagar e não pisam as folhas bonitas nem as lagartas.

Nunca dizem: despacha-te.

Normalmente são gordas, mas mesmo assim conseguem atar-nos os sapatos.

Sabem sempre que a gente quer mais uma fatia de bolo ou uma fatia maior.

Uma avó de verdade nunca bate numa criança: zanga-se, mas a rir.

As avós usam óculos e às vezes até conseguem tirar os dentes.

Quando nos lêem histórias nunca saltam bocados e não se importam de contar a mesma história várias vezes.

As avós são as únicas pessoas grandes que têm sempre tempo.

Não são tão fracas como elas dizem, apesar de morrerem mais vezes do que nós.

Toda a gente deve fazer o possível por ter uma avó, sobretudo se não tiver televisão.

BERNARDO MOURA disse...

Um burro morreu em frente de uma Igreja e como uma
semana depois o corpo ainda estava lá, o padre resolveu
reclamar ao Presidente da Junta.

- Presidente, está um burro morto á frente da Igreja há
quase uma semana!

E o Presidente, grande adversário político do padre,
alfinetou:
- Mas Padre, não é o senhor que tem a obrigação de
cuidar dos mortos?
- Sim, sou eu! Mas também é minha obrigação avisar os familiares!

BERNARDO MOURA disse...

O fiscal grita ao advogado:
- 'Você é um ladrão!'

Ao que o advogado replica:
- 'E você é um bandido!'

E diz o juiz:
-'Bem...Agora que as partes se identificaram corretamente, podemos
prosseguir com a audiência...

BERNARDO MOURA disse...

Estavam dois alentejanos sentados e diz um para o outro:
- Ei compadre, tem a mão inchada!

Responde o outro:
- Mais vale uma mão inchada do que uma enxada na mão!

BERNARDO MOURA disse...

'Redassão'


'O mano'

Quando eu tiver um mano,
vai-se chamar Herrar, porque
Herrar é o mano.

BERNARDO MOURA disse...

O rapaz está preso na esquadra da PSP, todo rebentado...
Aparece o advogado nomeado para o defender, e pergunta-lhe o que sucedeu.
O cliente começa a explicar:
-Bem, eu ía a passar na rua e de repente, vi um monte de gente correndo.
Estavam a socorrer uma prostituta, que tinha acabado de dar à luz um lindo menino. Solidário, fui à farmácia comprar um pacote de fraldas para dar de presente à mulherzinha.
Então, um Polícia de Intervenção, com 2 metros de largura, aproximou-se e vendo o pacote de fraldas nas minhas mãos, perguntou:
- Para onde vai isso?
E eu respondi:
- Vai p' rá puta que pariu...
Depois disso não me lembro de mais nada...

BERNARDO MOURA disse...

Um sujeito entra num bar e diz para o barman:
- Eu queria que o senhor me pagasse uma bebida!

O barman, muito admirado, responde que não. Diz que o bar dele não é a
Santa Casa de Misericórdia.
- Ah! Eu tenho aqui uma coisa impressionante e, se eu lhe mostrar,
você vai-me pagar uma bebida!

O barman, intrigado, pede que ele mostre. Então o cliente tira do
casaco um baralho de cartas, com cerca de 30 cm de tamanho.
O barman fica perplexo e, como nunca tinha visto um jogo de Cartas tão
grande, resolve pagar uma bebida ao homem.

Alguns jogos e copos depois, o barman resolve perguntar ao homem onde
é que ele tinha arranjado tão estranho baralho.
- É que encontrei um geniozinho que concede desejos!

O barman, todo empolgado, pede logo ao homem que lhe mostre o
geniozinho, para pedir alguma coisa.

O homem dá uma lâmpada ao barman, que a esfrega, e, realmente, aparece
o tal génio, dizendo o seguinte:
- Vou conceder-te um único desejo, mas rápido, que eu quero voltar a dormir!

O barman então, sem pensar muito, pede a primeira coisa que lhe vem à cabeça
- Quero um milhão! Um milhão em notas!

O geniozinho estala os dedos e, de repente, o bar fica entulhado de botas.
- Botas??? Eu pedi um milhão em notas e não em botas!!!

E, virando-se para o homem:
- Esse génio é um bocado surdo, não acha??

O homem responde:
- Claro! Ou você acredita que alguma vez eu pedi um "baralho" de 30 cm???

BERNARDO MOURA disse...

Num Leilão de antiguidades o leiloeiro diz:

"Temos aqui um broche de 1869, feito à mão e a base de licitação é de
600 eur. Quem dá mais?

De repente levanta-se uma loira e grita:
" É faaalso!!! Faaalllsssso!!! Se é feito à mão não é broche, é punheta."

BERNARDO MOURA disse...

Um alentejano está estendido debaixo de uma figueira de barriga para o ar e de boca aberta.
Cai-lhe um figo na boca e ele fica na mesma posição.
- Por que é que não comes o figo? - Pergunta-lhe o companheiro.
- Estou à espera que caia outro, para me empurrar este para baixo.

BERNARDO MOURA disse...

O Jaiminho passa diante da janela do padre, com um pão numa das mãos,
a outra no bolso e diz:
- Boa tarde, senhor padre!
- Boa tarde, meu filho! Vejo que tens a semente da vida numa das mãos.
E o que é que tens na outra mão?
- É um pão, senhor padre!

BERNARDO MOURA disse...

Joãozinho não só cresceu como se tornou um rapaz muito fino. Na aula de Relações Humanas da firma, a professora perguntou aos alunos:


- Alfredo, se você estivesse jantando com uma mulher, e daí você sentisse vontade de ir ao toalete, como diria?
- Eu diria "espera um segundo, vou urinar."



- Que horror, Alfredo! Isso seria muito grosseiro e de má educação!

Vamos ver... Marcelo e você, o que diria?

- Eu diria "desculpa, tenho de ir ao banheiro, mas volto já."


- Está bem melhor, mas é um tanto desagradável mencionar a palavra "banheiro" quando se está jantando! E você Joãozinho? O que diria?

- Eu diria "querida, peço que me desculpe... tenho de ausentar-me um momento. Vou dar um aperto de mão em um amigo íntimo, que espero poder apresentar a você depois do jantar!..."

BERNARDO MOURA disse...

Quarenta anos, executivo, senta-se na poltrona do avião
com destino a New York e, maravilha-se com uma deusa
sentada junto à janela.

Após 15 minutos de vôo ele não se contém:
- É a 1ª vez que vai a New York?
- Não, é uma viagem habitual.
- Trabalha com moda?
- Não, viajo em função de minhas pesquisas. Sou sexóloga.
- Suas pesquisas dedicam-se, a quê?
- No momento, pesquiso as características do membro
masculino.
- A que conclusão chegou?
- Que os Índios são os portadores de membros com as
dimensões mais avantajadas e os Árabes são os que
permanecem mais tempo no coito. Logo, são eles que
proporcionam mais prazer às suas parceiras.
Desculpe-me Senhor, eu estou aqui falando mas não
sei o seu nome...
- Mohammed Pena Grande!

BERNARDO MOURA disse...

Dizia uma comadre para outra:
- Ò comadre eu sou extremamente asseada, mudo de roupa interior três vezes por dia.

Diz-lhe então a outra:
- eu também fui assim até aos dois anos, mas depois nunca mais foi necessário.

BERNARDO MOURA disse...

A Idade das Trevas

Como o meu filho ia ter um teste de História, estive a estudar com ele e a fazer-lhe perguntas. A matéria era relativa à Idade Média. As classes sociais, o modo de vida de cada uma delas, pronto, esse tipo de coisas. Foi uma experiência muito engraçada, sobretudo para quem acompanha jornais e telejornais.
Estava eu a estudar os privilégios da nobreza e dei logo comigo a pensar que, em Portugal, ainda não saímos bem da Idade Média. Na Idade Média, a mobilidade social era praticamente nula. A nobreza vivia fechada sobre si própria usufruindo dos seus próprios privilégios.
Relacionavam-se entre si, casavam-se entre si, frequentavam os mesmos castelos, participavam nas mesmas festas e banquetes, olhando para o povo do alto dos seus privilégios sociais e económicos.
Ora, se virmos o que se passa em Portugal, temos de chegar à conclusão que, no Estado, há décadas dominado pelo PS e pelo PSD, existe cada vez mais uma feudalização da sociedade assim como uma organização social cada vez mais endogâmica.
Um bom símbolo da nossa miséria é o casamento entre a filha de Dias Loureiro, amigo íntimo de Jorge Coelho, e o filho de Ferro Rodrigues, amigo íntimo de Paulo Pedroso,irmão do advogado que realizou a estúpida e milionária investigação para o Ministério de Educação e amigo de Edite Estrela que é prima direita de António José Morais, o professor de José Sócrates, na Independente, cuja biografia foi apresentada por Dias Loureiro, e que foi assessor de Armando Vara, licenciado pela Independente, administrador da Caixa Geral de Depósitos e do BCP, que é amigo íntimo de José Sócrates, líder do partido ao qual está ligada a magistrada Cândida Almeida, directora do Departamento Central de Investigação e Acção Penal, que está a investigar o caso Freeport.
Talvez isto ajude a explicar muito do que se passa com a Justiça, a Economia, a Educação. Sobre a Educação, a minha área, vale a pena pensar um bocadinho. Haverá gente em Portugal a beneficiar com a degradação da escola pública? Outra vez: haverá gente em Portugal a beneficiar com a degradação da escola pública? Há. Claro que há.
Ora bem, quer entender porquê? E quem são? Quer mesmo? É fácil. Experimente a sentar-se um pouco com o seu filho a estudar História.

BERNARDO MOURA disse...

Fascinado com as tarefas domésticas, o meu marido resolveu lavar uma camisola dele.
Um bom bocado depois de ter chegado ao pé da máquina de lavar, gritou-me de lá:
- Que programa de lavagem é que devo usar na máquina?
- Isso depende - respondi-lhe - o que é que diz na camisola?

Ele gritou outra vez, muito feliz com a resposta:
- Oh filha, aqui diz Rui Costa!!!

E ainda falam das loiras . Ser benfiquista é bem pior!...
(ok, ok, bem vistas as coisas, podem mudar o clube que o r

BERNARDO MOURA disse...

A primeira vez do índio...

Um índio foi ao bordel e disse:
- Índio qué mulhé. Índio tem dinheiro!

A dona do bordel perguntou:
- Índio tem experiência? Já fez antes?

Indio respondeu:
- Índio primeira vez.

A dona do bordel ponderou:
- Então, índio vai no mato, procura um buraco numa árvore, aprende
como se faz e depois volta aqui.

Uma semana depois, o índio voltou ao bordel:
- Índio qué mulhé. Índio tem dinheiro. Índio já aprendeu.

A dona do bordel, então, mandou o índio subir para um quarto no qual já
havia uma moça esperando por ele
O índio subiu, entrou no tal quarto e mandou a mocinha tirar a roupa e ficar de quatro.
Depois, pegou um pedaço de pau e começou a bater na bunda dela.

Aos gritos, a dita cuja pergunta:
- Índio está maluco? O que você está fazendo?

Ele responde:
- Índio tá vendo primeiro se tem abelha no buraco!

BERNARDO MOURA disse...

Bacalhau considerado pela U.E., o peixe mais erotico


P: Qual o peixe mais erótico do mundo?
R: O Bacalhau, obviamente!

Porquê?!!!

A cabeça chupa-se,
O rabo come-se
e do corpo fazemos umas belas punhetas!

E então as línguas

BERNARDO MOURA disse...

Um homem tinha verdadeira paixão por feijão, mas provocava-lhe muitos
gases, criando situações embaraçosas.





Um dia conheceu uma garota e apaixonou-se.
Mas pensou:
Ela nunca vai se casar comigo se eu continuar deste jeito.
'Então fez um sacrifí­cio enorme e deixou de comer feijão.
Pouco depois casaram-se.
Passados alguns meses, quando voltava para casa, o carro avariou.
Ele telefonou para a Mulher e avisou que ia chegar mais tarde, pois voltaria
a pé.
No caminho de volta para casa, passou por um restaurante e o aroma
maravilhoso do feijão atingiu-lhe em cheio.
Como ainda estava distante de casa, pensou que qualquer efeito negativo
passaria antes de chegar.
Então entrou e comeu três pratos fundos de feijão.
Durante todo o caminho, foi para casa peidando, feliz da vida.
E quando chegou já se sentia bem melhor.
A esposa encontrou-o na porta e parecia bastante excitada.
Ela disse:
'Querido, o jantar hoje é uma surpresa. ‘Então ela colocou-lhe uma venda nos
olhos e levou-o até a mesa, fazendo-o sentar-se na cabeceira.
Nesse momento, aflito, pressentiu que havia um novo peido a caminho.
Quando a esposa estava prestes a remover-lhe a venda, o telefone tocou e ela
foi atender, mas antes fez-lhe prometer que não tiraria a venda enquanto ela não
voltasse.
Ele, claro, aproveitou a oportunidade.
E, assim que ficou sozinho, jogando seu peso para apenas uma perna, soltou
um senhor peido.
Não foi apenas alto, mas também longo e picotado.
Parecia um ovo fritando.
Com dificuldade para respirar, devido à venda apertada, ele tateou na mesa
procurando um guardanapo e começou a abanar o ar em volta de si, para
espantar o cheiro.
Mas, logo em seguida, teve vontade de soltar outro.
Levantou a perna e...
RRRRRRRRRRRROOOOOOOOOOOOUUUUUUUUUUMMMMMMM!!...
Esse, então, soou como um motor a diesel e cheirou ainda pior!...
Esperando que o odor se dissipasse, ele voltou a sacudir os braços e o
guardanapo, frenéticamente, numa animada e ridí­cula coreografia.
E quando pensou que tudo voltaria ao normal, lá veio a vontade outra vez.
Como ouvia a mulher, lá dentro, a falar ao telefone, não teve
dúvidas: jogou o peso sobre a outra perna e deu outro.
Desta vez merecia medalha de ouro na categoria.
Enxofre puro.
As janelas vibraram, a louça na mesa sacudiu, e em dez segundos as flores no
vaso sobre a mesa estavam mortas.
Ouvido atento a conversa da mulher ao telefone, e mantendo a promessa de
não tirar a venda, continuou peidando e abanando os braços por mais uns
três minutos.
Quando ouviu a mulher despedir-se ao telefone, já estava totalmente aliviado.
Colocou o guardanapo suavemente no colo, cruzou as mãos nele e chegou a
sorrir vitorioso, estampando no rosto a inocencia de um anjo.
Então a esposa voltou à sala, pedindo desculpas por ter demorado tanto ao
telefone, e perguntou-lhe se ele havia tirado a venda e olhado a mesa de
jantar.
Quando teve a certeza de que isso não havia acontecido, ela própria
removeu-lhe a venda e gritou:
'SURPRESAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! '



"E ele, finalmente, deu de cara com os doze convidados sentados a mesa
para comemorar seu aniversário de casamento!!!!!!!!!!!!!!!!

BERNARDO MOURA disse...

A fábula do Executivo

Esta é a fábula de um alto executivo que, "stressado", foi um dia ao psiquiatra.
Relatou ao médico o seu caso. O psiquiatra, experiente, logo diagnosticou:
- O Sr. precisa de se afastar, por duas semanas, da sua actividade profissional.
O conveniente é que vá para o interior, isole-se do dia-a-dia e procure algumas
actividades que o relaxem.

Então, o nosso executivo procurou seguir as orientações recebidas. Munido de
vários livros, CDs e "laptop", mas sem o telemóvel, partiu para
a quinta de um amigo.

Passados os dois primeiros dias, o nosso executivo já havia lido dois livros e
ouvido quase todos os CDs.

Porém, continuava inquieto. Pensou, então, que alguma atividade física seria
um bom antídoto para a ansiedade que ainda o dominava.

Procurou o capataz da quinta e pediu-lhe trabalho para fazer.

O capataz ficou pensativo e, vendo um monte de esterco que havia acabado de
chegar, disse ao nosso executivo:
- O Senhor Doutor pode ir espalhando aquele esterco em toda aquela área que
será preparada para o cultivo.

Pensou o capataz para consigo próprio:
"Ele deverá demorar uma semana com esta tarefa".

Puro engano!

No dia seguinte já o nosso executivo tinha distribuído todo o esterco por toda
a área.

O capataz deu-lhe então a seguinte tarefa: abater 500 galinhas com uma faca.
Tarefa que se revelou muito fácil para o executivo ansioso: em menos de 3 horas
já estavam todos os galináceos prontos para serem depenados!

Pediu logo nova tarefa.
O capataz disse-lhe então:
- Estamos a iniciar a colheita de laranjas. O Senhor Doutor vá, por favor,
ao laranjal e leve consigo três cestos para distribuir as laranjas por tamanhos:
pequenas, médias e grandes.

Passou o dia e o executivo não regressou com a tarefa cumprida.

Preocupado, o capataz dirigiu-se ao laranjal.
Viu o nosso executivo, com uma laranja na mão, os cestos totalmente vazios,
e a falar sózinho:
- Esta é grande. Não, é média. Ou será pequena???
- Esta é pequena. Não, é grande. Ou será média???
- Esta é média. Não, é pequena. Ou será grande???

Moral da história:

Espalhar merda e cortar cabeças é fácil. O difícil é tomar decisões.

BERNARDO MOURA disse...

Joãozinho, muito curioso, pergunta ao avô:
- Avô, você ainda faz sexo com a avó?
- Sim, mas apenas oral.

Joãozinho pergunta:
- O que é sexo oral?

O avô responde:
- Eu digo "Foda-se", e ela responde "Vai-te foder também."

BERNARDO MOURA disse...

A secretária de Sócrates estava apaixonada por ele, mas este nem percebia...

Um dia, depois do expediente, entrou na sala dele com um vestido provocante,
bastante decotado, fechou a porta atrás de si, caminhou languidamente até à
mesa, com ares de Mónica Lewinski e propôs-lhe:
-Sr. Primeiro-Ministro, vamos fazer uma sacanice?
- Vamos! Onde é que eu assino?

BERNARDO MOURA disse...

Quarenta anos, executivo, senta-se na poltrona do avião
com destino a New York e, maravilha-se com uma deusa
sentada junto à janela.

Após 15 minutos de vôo ele não se contém:
- É a 1ª vez que vai a New York?
- Não, é uma viagem habitual.
- Trabalha com moda?
- Não, viajo em função de minhas pesquisas. Sou sexóloga.
- Suas pesquisas dedicam-se, a quê?
- No momento, pesquiso as características do membro
masculino.
- A que conclusão chegou?
- Que os Índios são os portadores de membros com as
dimensões mais avantajadas e os Árabes são os que
permanecem mais tempo no coito. Logo, são eles que
proporcionam mais prazer às suas parceiras.
Desculpe-me Senhor, eu estou aqui falando mas não
sei o seu nome...
- Mohammed Pena Grande!

BERNARDO MOURA disse...

Estavam dois alentejanos sentados e diz um para o outro:
-Ei compadre, tem a mão inchada!

Responde o outro:
-Mais vale uma mão inchada do que uma enxada na mão!

BERNARDO MOURA disse...

Diz a massa para o queijo:
- Que maçada!

Responde o queijo:
- E eu ralado!

BERNARDO MOURA disse...

Um muçulmano durante o período do Ramadão senta-se junto a um
alentejano no voo Lisboa - Funchal.


Quando o avião descola começam a
servir as bebidas aos passageiros.


O alentejano pede um tinto de
Borba.


A hospedeira pergunta ao muçulmano se quer beber alguma coisa.
Responde o muçulmano com ar ofendido:


'Prefiro ser raptado e violado
selvaticamente por uma dezena de prostitutas da Babilónia antes que uma gota
de álcool toque os meus lábios'.

O alentejano engasgando-se, devolve o
copo de tinto à hospedeira e diz:


'Eu também, eu também. Não sabia que
se podia escolher!!!

BERNARDO MOURA disse...

Uma senhora inglesa bem idosa estava no convés de

um navio de cruzeiro segurando seu chapéu firmemente

com as duas mãos para não ser levado pelo
vento. Um tripulante aproxima-se e diz:
- Perdoe-me, lady...não pretendo incomodar,

mas já notou que o
vento está levantando bem alto o seu vestido?

- Já, sim, mas é que eu preciso de ambas as mãos para

segurar o chapéu.

- Mas, lady.... deve saber que suas partes íntimas

estão sendo expostas! - disse o tripulante.


A senhora olhou para baixo, depois para cima, e respondeu:

- Gentleman, qualquer coisa que esteja

vendo aqui em baixo tem 85 anos.

O chapéu comprei-o ontem!

BERNARDO MOURA disse...

Como vivemos numa Era Digital, foi feita uma revisão aos antigos ditados populares para adapta-los à actualidade:


01. A pressa é inimiga da ligação.
02. Amigos, amigos, passwords à parte.
03. Antes só, do que em chats aborrecidos.
04. A ficheiro grátis não se olha o formato.
05. Diz-me que chat frequentas e dir-te-ei quem és.
06. Para bom fornecedor uma password basta.
07. Não adianta chorar sobre ficheiro apagado.
08. Em briga de namorados virtuais não se mete o mouse.
09. Em terra off-line, quem tem um 486 é rei.
10. Hacker que ladra, não morde.
11. Mais vale um ficheiro no HD do que dois a descarregar.
12. Rato sujo limpa-se em casa.
13. Melhor prevenir do que formatar.
14. O barato sai caro. E lento.
15. Quando a esmola é muita, o santo desconfia que tem um vírus anexado.
16. Quando um não quer, dois não teclam.
17. Quem ama um 486, Pentium 5 lhe parece.
18. Quem clica os seus males multiplica.
19. Quem com vírus infecta, com vírus será infectado.
20. Quem envia o que quer, recebe o que não quer.
21. Quem não tem banda larga, caça com modem.
22. Quem nunca errou, que clique na primeira tecla.
23. Quem semeia e-mails, colhe spams.
24. Quem tem dedo vai a Roma.com.
25. Um é pouco, dois é bom, três é chat ou lista virtual.
26. Vão-se os ficheiros, ficam os backups.
27. Diz-me que computador tens e dir-te-ei quem és.
28. Há dois tipos de pessoas na informática. Os que perderam o HD e os que ainda vão perder...
29. Uma impressora disse para outra: Essa folha é tua ou é impressão minha.
30. Aluno de informática não cola, faz backup.
31. O problema do computador é o USB (Utilizador Super Burro).
32. Na informática nada se perde, nada se cria. Tudo se copia... e s

BERNARDO MOURA disse...

Um homem ia a passar junto à porta do Plenário da Assembleia da República
e ouve uma gritaria que saía lá de dentro:

- "Filho da Puta, Ladrão, Bandido, Assassino, Traficante, Mentiroso, Pedófilo,
Cabrão, Trafulha, Preguiçoso de Merda, Vendido, Foragido à Justiça,
Oportunista, Engana Incautos, Assaltante do Povo..."

Assustado, o homem pergunta ao segurança, parado na porta:
- "O que está a acontecer ai dentro? Estão a brigar ?!
- "Não", responde o segurança. "Estão a fazer a chamada aos deputados
para saber se falta alguém"!!!

BERNARDO MOURA disse...

A velhinha, com mais de 80 anos, mas toda eléctrica, entra na farmácia.
- Vocês têm analgésicos?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm remédio contra reumatismo?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm Viagra?
- Temos sim senhora.
- Vocês tem vaselina?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm pomada anti-ruga?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm gel para hemorróidas?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm bicarbonato?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm antidepressivos?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm soníferos?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm remédio para a memória?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm fraldas para adultos?
- Temos sim senhooooora.
- Vocês têm...
- Minha senhora, aqui é uma farmácia, nós temos isso tudo. Qual é o
seu problema?
- É que vou casar no fim do mês. Meu noivo tem 95 anos e nós
gostaríamos de saber se podemos deixar nossa Lista de Casamento aqui
com vocês...???

BERNARDO MOURA disse...

Infelizmente para lá caminhamos.

A ministra da educação foi convidada para participar num piquenique em sua honra, oferecido pelos alunos que passaram o 9º ano.
Quando chegou ao local, estranhou ver um monte enorme de sacos cheios de um pó branco. Dirigiu-se ao rapaz que estava a preparar o churrasco e perguntou:
- O que é que está dentro daqueles sacos?
- É cal, senhora ministra.
- Cal? Mas para quê?
- Eu também não percebi, senhora ministra mas as ordens que recebi foi de comprar 102 sacos de cal!

Intrigada, Maria de Lurdes Rodrigues dirigiu-se ao responsável pelo piquenique (um antigo aluno seu que conseguiu evoluir tirando uma especialização no programa das novas oportunidades) e perguntou-lhe o que é que pretendia fazer com tanta cal.

Esse seu antigo aluno, espantadíssimo, comentou que não tinha encomendado cal nenhuma. Foram os dois ter com o rapaz que fizera as compras para esclarecerem o assunto.
- Olha lá, quem é que te mandou comprar estes sacos de cal?
- Foste tu, pá! Agora não te lembras? Ainda tenho aqui o papel que escreveste.

E exibiu a lista enorme de compras que lhe tinha sido dada.
O antigo aluno mirou, tornou a mirar e disse:
- Eh pá... mas tu és mesmo burro! Não vês que me esqueci de pôr a cedilha?
O que eu queria dizer era Çal! E não eram 102 sacos mas sim 1 ó 2 !

BERNARDO MOURA disse...

Uma empresa entendeu que estava na hora de mudar o estilo de gestão e contratou um novo Director.
Este veio determinado a agitar as bases e tornar a empresa mais produtiva.
No primeiro dia, acompanhado dos principais directores e coordenadores, fez uma inspecção a toda a empresa. No armazém todos estavam a trabalhar, mas um rapaz novo estava encostado à parede com as mãos nos bolsos.

Vendo uma boa oportunidade de demonstrar a sua nova filosofia de trabalho, o novo director geral perguntou ao rapaz:
- Quanto é que ganha por mês?
- Trezentos euros, porquê? - respondeu o rapaz sem saber do que se tratava.
O administrador tirou os EUR 300,00 do bolso e deu ao rapaz, dizendo:

- Aqui está o seu salário deste mês. Agora desapareça e não volte nunca mais! Esta empresa não tem lugar para si!

O rapaz guardou o dinheiro e saiu conforme as ordens recebidas.

O administrador, então, encheu o peito e, orgulhoso da atitude que serviria de exemplo, pergunta ao grupo de operários:

- Algum de vocês sabe o que este sujeito fazia aqui?
- Sim Senhor - responderam admirados os operários - Veio entregar uma pizza...


"Há pessoas que desejam tanto mandar, que se esquecem de pensar"

BERNARDO MOURA disse...

O Jaiminho passa diante da janela do
padre, com um pão numa das mãos, a outra no bolso e
diz:
- Boa tarde, senhor padre!
- Boa tarde, meu filho! Vejo que tens
a semente da vida numa das mãos.
E o que é que tens na outra mão?
- É um pão, senhor padre!

BERNARDO MOURA disse...

O que é que um tubarão diz para o outro?
-Tubaralhas-me

BERNARDO MOURA disse...

O médico estava tendo um caso com a enfermeira. Após um tempo, ela lhe disse que estava grávida. Não querendo que sua mulher soubesse, ele deu dinheiro à enfermeira, mandou que ela fosse para a Itália e tivesse o bebê por lá.
- Mas como vou avisar você quando o bebê nascer? ela perguntou.
- Apenas mande um postal e escreva ''espaguete'', cuidarei de todas as despesas da criança.
Sem alternativa, ela pegou o dinheiro e voou para a Itália..
Alguns meses se passaram e uma noite, quando o médico chegou em casa, a esposa disse :
- Querido, você recebeu um cartão-postal da Europa pelo correio hoje, e eu não consigo entender o significado
da mensagem.
O médico leu o cartão, caiu no chão com um violento ataque cardíaco, e foi transportado imediatamente à
emergência do hospital.
O chefe do plantão perguntou à esposa:
- Aconteceu algo que possa ter causado o ataque cardíaco?
- Ele apenas leu este cartão postal onde está escrito:
'Espaguete, espaguete, espaguete, espaguete e espaguete, três com lingüiça, e dois sem..'

BERNARDO MOURA disse...

Um programador informático vive no 12º andar.

Entra no elevador, toca nos botões «1» e «2» e desata a carregar
freneticamente no botão de entrar.

BERNARDO MOURA disse...

O fiscal grita ao advogado:
- 'Você é um ladrão!'
Ao que o advogado replica:
- 'E você é um bandido!'
E diz o juiz:
-'Bem...Agora que as partes se identificaram corretamente, podemos
prosseguir com a audiência...

BERNARDO MOURA disse...

Um alentejano está estendido debaixo de uma figueira de barriga para o ar e de boca aberta.
Cai-lhe um figo na boca e ele fica na mesma posição.
- Por que é que não comes o figo? - Pergunta-lhe o companheiro.
- Estou à espera que caia outro, para me empurrar este para baixo.