domingo, janeiro 21, 2007

Uns trabalham outros..../Uns têm preços normais outros....




"Quase metade dos portugueses tem como principal fonte de rendimento o Orçamento de Estado, alimentado pelos impostos e contribuições de trabalhadores e empresas. Entre reformados do sector público e privado, funcionários do Governo central, regiões autónomas ou autarquias e beneficiários de subsídios e complementos, são perto de 4,7 milhões os portugueses que vivem (ou sobrevivem) à mercê do Estado."(Fonte:J.N.)

E os restantes lorpas a sustentá-los. Claro que excluo os reformados ditos "normais", mas não os que recebem várias reformas e de valores altissimos.

Como é que este país vaí andar para a frente?

-Outro assunto-


"Gasolina de 98 octanas custa em Espanha menos 23 cêntimos por litro.
A gasolina em Espanha está de tal forma mais barata que compensa guiar 125 quilómetros e voltar para abastecer do outro lado da fronteira."
(Fonte:siconline)

Cá em Portugal a gasolina é diferente em quê? É alguma reserva especial de 1875? F*******

2 comentários:

Tongzhi disse...

Portugal no seu melhor!
Quanto às reformas apenas acrescento que a haver alguma correcção na situação, serão os que têm reformas mais baixas que vão pagar a "crise", olá se é!

Bernardo Moura disse...

São os que recebem as reformas mais baixas e são os que recebem ordenados mais baixos, porque os que recebem ordenados altos declaram o ordenado minimo e por aí fora!
Infelizmente este país só tem tendência a afundar-se mas o nosso governo, desgovernado está convicto que não.