segunda-feira, novembro 10, 2008

BOTA SENTIDO



Ó cu que estás ao léu
Tem cuidado cu vento
Pois peido de cagaréu
Poderá ficar ao relento

Sendo assim tem cuidado
Não faças nenhuma asneira
Pois se fizeres muita força
Ainda sai caganeira!

Assim sentadito
Tenho dito!!!

6 comentários:

Bernardo Moura disse...

Muito bem dito!
És um pu eta, cu rbalhu.

;)

Ab

stériuéré disse...

Ganda Ode ao c*u! E tenho dito!

heheheh tb gostei do Bernardo Moura, LOL

Anónimo disse...

O qu'eu me riu cum bossemecês...
é duma pessoa se distrair e soltar um cu
Ai!

Estrela

cassamia disse...

ahahah
manel antónio este poema foi dedicado ao CUaoleu por teres sido tão mauzinho com o birnardo por causa da prosa marabilhosa dele??

eheheeh

miriamdomar disse...

Ó Sabão,bota sentido, á bontade !Nós ,só não queremos que fiques entupido!ehehehehehhe:))

Anónimo disse...

Conto Rural:

Um homem entra em casa com uma ovelha nos braços. A mulher, deitada na
cama, está a ler um livro.

Diz o homem:

- Olha amor esta é a vaca a que me atiro quando te doi a cabeça.

Diz a mulher:

- Se não fosses parvo verias que isso é uma ovelha não uma vaca.

O homem sorri e responde:

- E tu se não fosses tão bruta verias que estou a falar com a ovelha e
não contigo.

touaqui42