segunda-feira, janeiro 26, 2009

CÉLULAS ESTAMINAIS


Tenho andado a enfarinhar-me no processo de recolha de células estaminais e deparei-me com milhares de factores positivos e com um muito negativo.

O negativo é o facto de o nosso estado não dar nem um pintelho de ajuda no que toca a comparticipações. O valor de recolha fica única e exclusivamente a cargo dos pais.

Um casal que tenha um filho, paga à empresa que escolha um valor que varia entre os 950 e os 1300 euros, para que as células fiquem guardadas durante 20 anos.

Agora imaginem quem é que neste pais tem capacidades monetárias para o fazer. Vou dar o exemplo dos meus cunhados. Tiveram gémeos falsos. Têm dificuldades monetárias, como todos os portugueses, e onde é que eles podem ter disponíveis à volta de 2000 euros para a recolha?

Enfim, poderia exemplificar com muitos outros casos.

O nosso Primeiro-Ministro veio a público informar que os custos, relacionados com a recolha das células estaminais seriam suportados pelo estado, por inteiro, no espaço de dois anos. Nós já sabemos como funcionam as promessas, não sabemos?

Os factores positivos são múltiplos. Por exemplo, as aplicações terapêuticas já feitas com sucesso são em alguns casos, como:

- Osteoporose

- Doenças de fígado

- Doenças cardíacas

- Esclerose múltipla

- Doença de Alzheimer

- Doença de Parkinson

- Artrite Reumatóide

- Diabetes

- Síndrome de Evans

- Displasia timica

- Deficiências imunitárias combinadas severas

- Sindroma de Hunter

- Anemia aplástica adquirida

- Traumatismo cerebral e anoxia cerebral

- Leucemia linfóide aguda

- Leucemia mielóide aguda

- Leucemia mielóide crónica

- Leucemia mielóide crónica juvenil

- Leucemia de Burkitt

- Anemia de células falciformes

E muitas outras. Ainda estão em fase experimental um sem fim de possíveis aplicações terapêuticas com através do recurso às células estaminais.

É espantoso como as próprias células de um ser humano o podem regenerar.

Aliás, o ser humano é espantoso.

E ainda está tanto por descobrir.



7 comentários:

tronxa disse...

kd se fizer recolha de celulas estaminais e as entregarmos ao estado, realmente nao pagamos nada, mas nao temos exclusividade sobre as nossas celulas!

o k para mim, acho k é optimo, pois em 20 anos, geralmente, ninguem sofre da maior parte das doenças acima mencionadas...

espero k o estado comece o programa de recolha de celulas estaminais, o mais brevemente possivel!

bom tema, este!

bjnhs

Bernardo Moura disse...

Amiga Tronxa,
"..mas nao temos exclusividade sobre as nossas celulas!". Não sabia dessa. Então ainda pior é.

Claro que algumas das doenças em cima mencionadas não surgem nos primeiros 20 anos de vida, mas muitas outras podem surgir. No entanto, ao fim dos primeiros 20 anos volta-se a pagar um valor para que as células sejam mantidas. É muito simpático, não é? (!?)

Bj

tronxa disse...

SIMPATIQUÍSSIMO, Bernardo...

Eu também só soube ontem, quando respondi a um inquérito sobre este tema...

Espero que uma parte fique guardada para o "dono" dessas mesmas células, mas acho muito bem que, se puderem, salvem outras vidas com as células de outrem. É para isso que cá andamos, para podermos ajudar e sermos ajudados!!

Bjnhs

Bernardo Moura disse...

Amiga Tronxa,
"É para isso que cá andamos, para podermos ajudar e sermos ajudados!!".

Sem dúvida!

:)

Bjs

Andreia Vilhena disse...

"Gostaria de aproveitar aqui para anunciar, faxavor, que isto aqui, que isto aqui, é uma data de gatunos, uma data de ladrões, e uma data de chupistas."


Gato Fedorento dixit.
E munto bem dixito.

Andreia Vilhena disse...

Quanto ás células estaminais, pois, lá vamos nós ter que pagar isso tudo!
Que remédio.

Bernardo Moura disse...

Pois é.

Que remédio.

Bj