quarta-feira, abril 09, 2008

PORTUMAL


Atirei as folhas ao ar.
Não me apetece ler, nem avaliar.
Não quero ter o mesmo sentimento de dias passados.
Só problemas causados por parvalhões,
Que depois pedem soluções?
É uma paranóia que entrego a outro.
Talvez não entregue,
Ninguém merece.
Isto não está a rolar.
Mas vai!
Nem que tenha de empurrar.

5 comentários:

Helena disse...

O que tiver que ser, que seja.
(Nem que tenha que empurrar!)
:))
bjs

Olá!! disse...

Eu ajudo :)))
Beijossssssssss

Blue Velvet disse...

Será que vai?:(((
Beijinhos e veludinhos

Bernardo Moura disse...

Tem que ir!
Bjs para as três
:)

Anónimo disse...

Se calhar estavas esperando o Mini-Tornádo.
touaqui42