sexta-feira, junho 02, 2006

Maneiras de desencorajar os homens....



















ELE: Posso pagar-lhe uma bebida?
ELA: A bem dizer, prefiro que me dê o dinheiro.
ELE: Viva. Não nos encontrámos já uma ou duas vezes?

ELA: Só pode ter sido uma. Eu nunca cometo o mesmo erro duas vezes.
ELE: Onde é que foi buscar tanta beleza?

ELA: Devem-me ter dado a sua parte.
ELE: Quer sair comigo no próximo sábado?
ELA: Lamento. Vou estar com dores de cabeça.
ELE: Essa carinha deve dar a volta a muitas cabeças.
ELA: E essa deve dar a volta a muitos estômagos.
ELE: Vá, não seja tímida. Peça-me para dar uma volta.

ELA: Está bem: vá dar uma volta.
ELE: Acho que eu a podia fazer muito feliz.

ELA: Como? Vai-se embora?
ELE: Que me diria se eu lhe pedisse para casar comigo?

ELA: Nada. Não consigo falar e rir ao mesmo tempo.
ELE: Pode dar-me o seu nome?

ELA: Porquê? Não lhe deram já um?
ELE: Por onde tem andado, que só agora a conheci?

ELA: A esconder-me de si.
ELE: Não nos encontrámos já num lugar qualquer?

ELA: Já. É por isso que nunca mais lá fui.
ELE: Esse lugar está vago?

ELA: Está. E se você se sentar, este também.
ELE: O seu corpo é como um templo.

ELA: Lamento, hoje não há missa.
ELE: Se eu pudesse vê-la nua, morria de felicidade.

ELA: Se eu o visse nu, morria de riso.

2 comentários:

js disse...

... bem que o titulo do post poderia ser "Os Prazesres Desmanchados" ...
(mais ou menos como s hospitais nos dão cabo da saúde)
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt e ...

Bernardo Moura disse...

É!:)
Ab.