terça-feira, novembro 15, 2005



Tinha que ser na Irlanda!

Um hospital irlandês abriu um "pub" para os seus pacientes e têm tido uma grande afluência, pois ajuda a esquecer as dores e a passar as terriveis horas, que se arrastam a passo de caracol, quando se está numa unidade hospitalar. É um exemplo a seguir. Se em Portugal os hospitais deixarem independentes abrirem bares será positivo, mas terá alguns pontos negativos, em vez do pessoal dizer:" vou ao hospital, estou cheio de dores!", passam a dizer:"vou ao hospital, estou cheio de sede!" e são capazes de por lá ficar com grandes problemas no fígado!

1 comentário:

Cájó disse...

Se abrirem bares nos hospitais portugueses, estarei lá! Que sede!