sexta-feira, novembro 11, 2005



Nestes últimos tempos tenho reparado que a violência, gratuita, têm aumentado e muito, principalmente nas estradas. Durante uns anos o meu trabalho exigia que eu fizesse muitos quilómetros e assisti a cenas inimaginaveis. Sinto que neste momento, essas cenas, de violência, estão a ganhar uma magnitude impressionante. Provocam-me constantemente no trânsito, por tudo e por nada e o que faço é ignorar, por vezes com algum sacrificio, pois são de um extremo brutal! Li, no J.N., que anteontem um policia foi baleado por um sujeito que tinha sido apanhado por conduzir alcoolizado, infelizmente estas noticias vão-se tornando "vulgares" e já pouca gente presta atenção, mas não custa relembrar que existem muitos anormais ai a circular!

1 comentário:

mm disse...

A violência está num crescendo. O mal-estar social faz aumentar a irritabilidade e a revolta.Não é so nas estradas que o fenómeno é claro. A família e a escola não escapam. É extremamente doloroso verificar o que se passa e, sobretudo, é dolorosa a sensação de impotência perante o que assistimos. Neste estado de coisas não vejo luz ao fundo do túnel