sexta-feira, novembro 11, 2005



Proposta aos leitores deste, humilde, blog!

Gostariamos que colocassem, na zona de comentários, comentários ligados ao assunto postado ou apenas que colocassem opiniões, ideias sobre quaquer assunto, não necessitam de ser sobre o assunto postado, pode ser qualquer coisa, mesmo!

4 comentários:

mm disse...

Fiquei preocupada como que assisti ontem, sábado, na RTP1.
A transmissão directa de uma procissão em que a guarda de honra foi entregue à PSP e incluia, também, uma "força" da GNR. Como será possível num estado laico como o nosso esta participação?
Recuei no tempo, em que o Fado, Futebol e Fátima constituiam uma tríade, simbólica e não só, do Fascismo.
Não será de ter medo? Quando enroupado ainda é mais sinistro.

mm disse...

Fiquei preocupada como que assisti ontem, sábado, na RTP1.
A transmissão directa de uma procissão em que a guarda de honra foi entregue à PSP e incluia, também, uma "força" da GNR. Como será possível num estado laico como o nosso esta participação?
Recuei no tempo, em que o Fado, Futebol e Fátima constituiam uma tríade, simbólica e não só, do Fascismo.
Não será de ter medo? Quando enroupado ainda é mais sinistro.

Bernardo P. Medina Moura disse...

continuação de comentário postado por M.M.:aAcho que esta manifestação religiosa é mais um sintoma do
mal-estar do país e que as pessoas têm necessidade de se agarrar a algo não
natural para tentarem superar as dificuldades.
Já Marx diz " a religião é o ópio do Povo". Se reparares, as pessoas estão
sempre a meter cunhas aos santos e a agradecer as benesses recebidas. A
maior parte das vezes os empenhos são acompanhados de promessas que implicam
grande sofrimento.
A religião aparece sempre ligada à necessidade de obter algo que não parece
possível. Aparece com um carácter mágico muito vincado.
A semana passada no programa "Prós e Contras" esta ideia foi discutida e o
Barata Moura foi muito certeiro e obrigou o cardeal a falar sobre isto.
As forças políticas enquanto enrolam o "povinho" com estas manifestações
religiosas, mais o fado mais o futebol, conseguem fazer com que a sua
atenção se desvia dos problemas reais e concretos.
Para já é o que se me oferece dizer.

Bernardo Moura disse...

Cara M.M., agradecemos que tenha partilhado connosco as suas ideias, que são extremamente relevantes, dentro do contexto triste que vivemos. Onde a tentativa de desviar as atenções da população portuguesa de assuntos sérios para outros, é uma prática constante. Um abraço.