domingo, setembro 30, 2007

UM PENSAMENTO COMO OUTRO QUALQUER!













Jamais podemos viver dependentes do tempo.

Temos que aproveitar a vida, independentemente se chove ou se está sol.

Claro que os dias de sol são muito mais agradaveis que os de chuva. Mas podemos tirar bom partido dos dias chovosos. Estar em casa sentado, deitado com um cobertor sobre o corpo e ver um bom filme, ler um bom livro, "passar pelas brasas" e disfrutar do nosso acolhido espaço!

A vida é preenchida destes momentos. Eles é que nos equilibram. Há quanto tempo se lembraram ou até afirmaram: "Humm, apetecia-me estar embrulhado/a nos cobertores a ouvir a chuva em vez de estar a suar por causa deste calor!".

Vivam!

Viva a VIDA!

*não considero este post uma "chacha", porque sei que muita gente se queixa do tempo. Ou porque está muito calor ou porque chove ou porque isto e aquilo. E a mensagem base é:

RELAXEM!

16 comentários:

António Sabão disse...

É isso amigo, há que relaxar quer chova quer faça sol! :)

Tongzhi disse...

Tens toda a razão.
Ainda ontem dei comigo a pensar:
Está de chuva... acho que afinal não vou a lisboa!!
Que estupidez!!!! Eu vou de carro, não vou a pé!!!

Sofia Loureiro dos Santos disse...

Exactamente!

RIC disse...

Inteiramente de acordo! Tudo na vida tem verso e reverso. Há que saber tirar o devido proveito!
Bom domingo!
Abraço!

GMaciel disse...

Os dias cinzentos convidam à introspecção, de preferência no nosso porto de abrigo, com ou sem lareira - muito mais romântica do que o impessoal ar-condicionado - em suma, ao aconchego do nosso ninho. Mas... sinceramente, e num registo mais prosaico, eu só lá vou à paulada com a chuva. Depois de tudo o que me "assombra" diariamente - sim, porque isto de ser mulher, mãe, dona-de-casa e as restantes mil e uma facetas, não é fácil - olho para lá das vidraças e só me apetece mergulhar nas águas cristalinas de uma qualquer praia de areias douradas e palmeiras a perder de vista.
:(
Como vês, gostaria muito de concordar, mas ao fim de meia hora de chuva já só me apetece fugir.
:)

Bernardo Moura disse...

Querida Graça,
não digo que gosto mais da chuva do que o sol, longe disso. Mas como digo no texto, temos de viver com a chuva bem!
bjs

Bernardo Moura disse...

Bom Domingo para todos!
:)

António Sabão disse...

Obrigado pela parte que me toca! Bom Domingo!??

GMaciel disse...

Um bom Domingo, também, mas... já agora, entrei, sentei-me e estou à espera do cardápio dos pratos do dia. Ou será que me enganei e entrei na optivisão???
Ora, deixa-me lá pôr os óculos... hummm... nah, isto é mesmo o Cuaoléu.
:(
;)

Bernardo Moura disse...

Caro António,
eu desejei-te um bom Domingo!
:)

Bernardo Moura disse...

Querida Graça,
de há uns tempos para cá não tenho conseguido colocar os "pratos do dia" ao Sábado e Domingo. Vou tentar colocá-los mas não é certo.
Bj

Bia disse...

Quem me dera relaxar.. é coisa para a qual não fui feita...

Anónimo disse...

Pensamento...

Um gajo, de um sítio qualquer, entra numa loja de animais e pergunta ao empregado:
- Tem 265 baratas, 8 bichos-de-conta, 4 ratos, 20 aranhas e 2 ratazanas?
- Só os ratos, o resto é difícil. Mas para que é que quer essa bicharada toda?
- É que vou abandonar o quarto onde vivo e como o senhorio disse para o deixar como o encontrei...

Aconteceu-me!

Bernardo Moura disse...

Querida Bia,
foste, foste!
Depende de nós!
Relaxa!
Bj

Bernardo Moura disse...

Caro anónimo,
são cousas que acontecem!

Anónimo disse...

Adoro chuva.
Desde puto, quando chovia viráva a boca para o ar e lambia as pingas.
Que saudades.
Gostei do calor de África, um calor de arrebenta mas que se aguenta e bem.
Mas como alguém o disse á o reverso da medalha.
touaqui42