sexta-feira, setembro 28, 2007

Humor do minuto


23 comentários:

António Sabão disse...

FOGO! Está fixe!!! Diria mais TÁ MESMO FIXE! :)

Anónimo disse...

FIXE!!! Mas kesta merda? Mobilidade? Dasssse...

António Sabão disse...

Ó anónimo quase que me calcavas! :(

Bernardo Moura disse...

Mobilidade é algo que jamais fará se continuar pelos blogues a passear numa tentativa de mal dizer. Apesar de deixar a minha alma mais quente, é sinal que aqui vem gente!

Bernardo Moura disse...

Ó António,
e tu a mim!
:)

RIC disse...

... Ou muito me engano ou há aqui uma estratégia de marketing bloguístico para atrair pessoal...
O anónimo é menos anónimo do que parece... Quer-me cá parecer...

Bernardo Moura disse...

Como assim?

Bernardo Moura disse...

Será que anda alguém que conheço a "comer-me a cabeça"?

GMaciel disse...

Eheheheheh... o que continua a espantar-me é a "mobilidade" da veia humorística portuguesa. Bem fisgada, esta!
:)

Bernardo Moura disse...

EHEHEHEH!!
:))

RIC disse...

... Admiras-te?! Os amigos fazem tudo pelos amigos! Rsrsrs!

Bernardo Moura disse...

LOL!!
:))

Anónimo disse...

Mobilidade.
Palavra que os seguidores devem cumprir quando o chefe os manda estar quiteos.
Porra, será isso que este GOVERNO/PS quer, que o POVO fique estático enquanto nos esmifram.
touaqui42

António Sabão disse...

Quem sabe? :(

Anónimo disse...

Na Ribeira:
- Ó Guida, logo à nuoite bais às Antas?
- Naue, bou ó cinema.
- Bais ber o quiê?
- Olha, bou ber os «Colhões do Nabarone».
- Ó Guida, naum é os «Colhões do Nabarone» é os «Canhões de Nabarone».
- Ó??? Foda-se!!! Atoun bou às Antas!!!

António Sabão disse...

DEMAIS! Só mesmo em Santo Tirso, desculpem, no Porto! :)))))

Bernardo Moura disse...

EHEHEHEH!!!
:)
Que conversa de doidos!
Continuem!
:))

António Sabão disse...

Ok! O chefe manda!

Dois miúdos discutem sobre a altura dos pais:
- O meu pai tem a altura de um coqueiro.
- A cabeça do meu pai toca o céu.
- E o teu pai não sente algo a tocar-lhe na cabeça?
- Sente!
- Pois! São os tomates do meu pai.

Bernardo Moura disse...

EHEHEHEH!!!
:)))

GMaciel disse...

O puto entra em casa com ar pensativo. A mãe, que desconfiava sempre deste ar compenetrado do seu filho, começa a ficar em ponto de caramelo quando o puto desata às voltas na cozinha:
- O que queres daqui, Joãozinho, não vês que a mãe está a preparar o almoço?
- Estou a pensar numa coisa que o Miguel me disse e tenho uma dúvida. Mãe, como é que eu nasci?
- Ora, vieste de Paris no bico de uma cegonha que te deixou à nossa porta, claro! - rematou apressadamente e intranquila.
O Joãozinho coça o queixo e prossegue:
- E o pai, como foi que nasceu?
- Ehh... o pai? Bem... o pai foi encontrado por baixo de uma couve pela tua avó - responde já num pé e noutro.
- Hummm... e o avô?
Histérica, a mãe vira-se para ele e grita-lhe:
- Veio num barco, João, veio num barco que o teu bisavô fretou, raios! Mas para que é que queres saber isto?
O joãozinho vira as costas e afasta-se na direcção da porta da cozinha.
- Hummm... nada de especial, apenas fiquei a saber que na minha família há um século que ninguém dá uma queca!

Bernardo Moura disse...

EHEHEHEHEHEHEH!!!!!!!!!!!
:))))))))))

GMaciel disse...

Várias, recebidas por e-mail:

CHURCHILL GENIAL

Quando Churchill fez 80 anos um repórter de menos de 30 foi fotografá-lo e
disse:
- Sir Winston, espero fotografá-lo novamente nos seus 90 anos.
Resposta de Churchill:
- Por que não? Você me parece bastante saudável.


*******************************************

Telegramas trocados entre Bernard Shaw ( maior dramaturgo inglês do
século 20 ) e Churchill ( maior líder inglês do século 20 ).

Convite de Bernard Shaw para Churchill:

"Tenho o prazer e a honra de convidar digno primeiro-ministro para primeira
apresentação minha peça Pigmaleão. Venha e traga um amigo, se tiver."
Bernard Shaw

Resposta de Churchill para Bernard Shaw:

"Agradeço ilustre escritor honroso convite. Infelizmente não poderei
comparecer primeira apresentação. Irei à segunda, se houver."
Winston Churchill


*********************************************

General Montgomery estava sendo homenageado, pois venceu Rommel na
batalha da África, na IIª Guerra Mundial.

Discurso do General Montgomery:

"Não fumo, não bebo, não prevarico e sou herói"

Churchill ouviu o discurso e com ciúmes, retrucou:

"Eu fumo, bebo, prevarico e sou chefe dele."


***********************************************
*
**Bate-boca no Parlamento inglês. Aconteceu num dos discursos de Churchill
em
que estava uma deputada oposicionista, do tipo Heloisa Helena, que pediu um
aparte. Todos sabiam que Churchill não gostava que interrompessem os seus
discursos. Mas foi dada a palavra a deputada e ela disse em alto e bom tom:
**

**-"Sr. Ministro, se V. Exa. Fosse o meu marido, colocava veneno em seu
café!"
**
**Churchill, com muita calma, tirou os óculos e, naquele silêncio em que
todos estavam aguardando a resposta, exclamou:**

**-"Se eu fosse o seu marido, eu tomava esse café." *



:))))

Bernardo Moura disse...

Querida Graça,
por acaso já conhecia. Estão muito fixes!
:)