segunda-feira, maio 08, 2006

Recordando...


Este fim-de-semana estava a remexer em papeladas antigas e encontrei vários jornais “Avante” que pertencem ao meu pai.
O meu pai era militante do Partido Comunista Português e recebia o “Avante” às escondidas, como se calcula, pois se fosse apanhado com um a PIDE prendia-o nesse instante.
Eu não sou, nem nunca fui, simpatizante de nenhum partido político.
Contudo, acho que estes jornais que o meu pai tem guardados são documentos históricos e quis partilhar esta página, principalmente devido ao artigo intitulado “A galopante subida do custo de vida”.

(clicar sobre a imagem para ampliar)

7 comentários:

Bernardo Moura disse...

Como, mesmo clicando na imagem não se consegue ler o que está escrito, aqui fica:
"A galopante subida do custo de vida"
O governo de M. Caetano ao serviço dos monopólios tenta esconder que Portugal é o pais europeu onde as taxas inflacionistas são mais elevadas e maior a exploração dos trabalhadores.
Segundo os dados divulgados pela OCDE, os preços dos artigos de consumo, nos paises pertencentes à OCDE, tiveram nos 9 primeiros meses de 1973 um aumento médio de 8,6%, enquanto esse aumento foi em Portugal de 15%!
Mas toda a gente sabe e sentiu que nos últimos três meses do ano os aumentos foram galopantes, ultrapassando em muito os citados 15%. Havia quem pensasse que depois do Natal a situação se «estabilizaria», mas o que toda a gente vê é que a subida dos preços é cada vez maior.
Subiram e continuam a subir os artigos de alimentação, os combustiveis, o vestuário, as rendas de casa, os transportes, os adubos, o aço, as taxas e impostos. O mês de Fevereiro iniciou-se como novos e ainda mais escandalosos aumentos de preços. O Óleo, numa só rajada, passou de 20 para 30$00, isto é, aumentou 50%; o azeite já passou a barreira dos 50$00; o bacalhau já está a 82$50 e a carne está cada vez mais afastada da mesa dos trabalhadores; a gasolina tem um novo e brutal aumento de quase 50% e as garrafas de gás e de cerca de 36%; os jornais diários subiram 66%.
Outros aumentos se prevêm. Apesar dos Correios e Telecomunicações terem apresentado em 1972, um lucro de 140.313 contos, já foi anunciado que irão ser aumentadas as tarifas postais, telefónicas e telegráficas."
(Fevereiro de 1974)

Bernardo Moura disse...

Peço desculpa pelos erros ortográficos, mas como faço os "post´s" na minha loja, a correr, por vezes dá nisto!

Swatch disse...

Esses jornais são de facto uma reliquia - preserve-os Bernardo!
Abraço

Pai disse...

Onde estava este podes encontrar muitos mais que de certeza passaram muitas vezes, como muitas outras coisas, pelo congelador de casa de uma Tia minha, tua Tia Avó "Micó", pessoa pelo seu cargo insuspeita de os ter em casa. Isso sucedia quando A PIDE apertava.
Abraço

Swatch disse...

Riquissimas historias que o "pai" deve ter, a propósito!

Bernardo Moura disse...

Têm sim! Em breve colocarei aqui algumas!
Abraço

Swatch disse...

Aguardo :)